COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Institucional

Estudantes de Especialização apresentam projetos para o Parque da Pedreira de Ijuí

              

Neste fim de semana, aconteceu a apresentação do Projeto Integrador do Módulo II, do curso de Especialização em Engenharia de Avaliações e Perícias. Na oportunidade, os estudantes do curso apresentaram trabalhos com a temática "Engenharia de Avaliações Aplicada ao Parque da Pedreira de Ijuí - Construção de um estudo e avaliação de um sistema". Foram apresentados os seguintes projetos, nos dias 26 e 27 de junho:

- Avaliação comparativa de valores de apartamento residencial em Ijuí/RS, pelo método comparativo de dados de mercado e o valor pelo custo da construção pelo Sistema PAC;

- Avaliação de lote no Parque da Pedreira - método comparativo de mercado;

- Avaliação de imóveis urbanos de acordo com a NBR 14653: Estudo de caso de uma praça de esportes e cultura em Ijuí-RS;

- Avaliação do valor de aluguel de um restaurante do Parque da Pedreira – Ijuí-RS;

- Aplicação do método da avaliação contingente através da técnica de disposição a pagar da área de lazer do Parque da Pedreira de Ijuí-RS;

- Análise dos métodos para avaliação das áreas de preservação permanente do Parque da Pedreira em Ijuí;

- Avaliação de Unidade Habitacional Unifamiliar do Parque da Pedreira pelo método de quantificação de custos;

- Avaliação de Imóvel pelo Método Evolutivo para efeito comparativo com o valor venal utilizado para cálculo de IPTU: Estudo de caso na Cidade de Ijuí;

- Avaliação de um imóvel destinado ao restaurante do lago do Parque da Pedreira.

A programação também contou com a palestra online do engenheiro químico Amarilio da Silva Mattos Junior, formado pela UFBa (1980), administrador de empresas UCSal (2006), pós-graduado em Avaliação e Perícia de Engenharia (2016) e com MBA em Administração de Empresas (1997), curso de Appraisal Basic Principles no Appraisal Institute (USA, 2009), presidente do IBAPE/BA (2016 a 2019). Perito, assistente técnico e avaliador na área de empreendimentos, engenharia industrial, química, processos de produção, manutenção e montagem, portuária e maquinas & equipamentos industriais. Amarilio ainda teve participação na The Dow Chemical Company, uma corporação estadunidense de produtos químicos, plásticos e agropecuários com sede em Midland, Michigan, Estados Unidos.

A programação foi coordenada pela professora e coordenadora do curso, Caroline Raduns, contando com a participação dos professores do curso da pós-graduação e do professor Dr. Sérgio Luís Allebrandt, coordenador do Projeto de Extensão Gestão Social e Cidadania.


Fique atento aos prazos e ingresse na Unijuí com um bônus

             

O sistema de bônus desenvolvido pela Unijuí para o Vestibular e para quem ingressa por meio do ExtraVestibular encerra o prazo de inscrições nesta terça-feira, dia 30 de junho. Não perca o prazo. Confira:  

- Bônus de 18% , para pagamento da parcela do mês de julho, efetuado até o dia 10 de julho; 

- Bônus de 13% para pagamento da parcela do mês de agosto, efetuado até o dia 07 de agosto;

- Bônus 6%, para pagamento à vista do semestre, efetuado até o dia 10 do mês de julho. 

Vestibular

Todo o processo será online, incluindo a prova, uma novidade adotada para garantir segurança em razão da pandemia de Coronavírus. As inscrições encerram no dia 03 de agosto, na página do Vestibular. Acesse e confira os detalhes.

Para realizar a prova os candidatos devem se inscrever pelo site da Unijuí, e, após a sua inscrição, serão disponibilizadas 48 horas para a realização da prova, que será uma redação. O tema da redação será sorteado pelo próprio site, a partir de um banco de temas. 

Posteriormente, a matrícula também poderá ser realizada de forma online. Para aqueles que pretendem conhecer a estrutura da Universidade, ou que preferem dialogar pessoalmente, poderão realizar a matrícula de forma presencial, com agendamento. As dúvidas podem ser esclarecidas por meio de um chat que será disponibilizado no site da Unijuí, ou pelo telefone 0800 646 7100.

            

ExtraVestibular

Diplomados em curso superior: Estudantes diplomados em curso de Nível Superior.

Reingresso: Estudantes que interromperam seus estudos na UNIJUÍ e pretendem retornar para o mesmo curso, campus e modalidade.

Reingresso com transferência de curso: Estudantes que interromperam seus estudos na UNIJUÍ e pretendem retornar para outro curso, campus ou modalidade.

Transferência Externa: Estudantes de outras instituições de ensino superior que desejam se transferir para a UNIJUÍ.

Transferência Interna: Estudantes regularmente matriculados na UNIJUÍ que desejam transferência interna de curso, de modalidade ou de campus.

Ingresso Especial: Interessados em realizar uma ou mais disciplinas para antecipar estudos a serem aproveitados logo após a realização do concurso vestibular, para estudantes que já concluíram o Ensino Médio. Ou, ainda, para fins culturais ou de atualização profissional.

Confira todos os detalhes na página do ExtraVestibular.

 


Polos de Ensino a Distância da Unijuí em Palmeira das Missões e Tenente Portela atendem a comunidade

             

Com o objetivo de se aproximar ainda mais dos estudantes da região Noroeste, a Unijuí anuncia a instalação de um novo Polo para a oferta de Ensino a Distância em Palmeira das Missões. Da mesma forma, a Universidade retorna a Tenente Portela, também com um Polo EaD neste município. Ambos os polos estão constituídos por meio de parceiros e se somam aos Polos Ijuí, Santa Rosa Três Passos e Panambi. 

Segundo a Reitora da Unijuí, professora Cátia Nehring, a implantação dos polos é uma condição da expansão da modalidade EaD e a materialização do acesso aos estudos, em diferentes cidades, a milhares de jovens à educação superior. O projeto da Unijuí inclui, para os próximos cinco anos, a abertura de até 150 polos nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. “Este processo está definido como política e estratégia a partir do Plano de Desenvolvimento Institucional”, salienta.

De acordo com o coordenador de Ensino a Distância da Unijuí, professor Luciano Zamberlan, a Unijuí possui uma trajetória com mais de 60 de atuação e sempre vem renovando o ensino na região. “Temos um grande cuidado na criação dos nossos conteúdos, procurando fazer de um forma diferente e atrativa, sobretudo estimulando a autonomia dos estudantes”, complementa.

Polo Palmeira das Missões

(55) 3742-6207

(55) 98405-6862

poloead.pm@unijui.edu.br

Rua República, 414, Bairro Operário

Responsável: André Luis Brandão Amorim 

Polo Tenente Portela

(55) 3551-1989

(55) 99960-2678

poloead.portela@unijui.edu.br

Av. Itapiranga, 117, Centro

Responsável: Nadir Fleck Grassioli 

            

Novas turmas

A Unijuí está com ingresso aberto para novas turmas de Ensino a Distância até o dia 11 de setembro de 2020. São 15 cursos nas áreas de Gestão e Educação. Confira todos os detalhes e faça sua inscrição neste link

A organização do estudo ocorre em módulos. Cada módulo é composto por três disciplinas, duas de 80 horas e uma de 40 horas, no entanto, alguns módulos podem possuir quatro disciplinas, sendo três de 40 horas e uma de 80 horas, totalizando 200 horas a cada módulo concluído. Uma das disciplinas terá o objetivo de integrar todos os conhecimentos trabalhados a cada módulo. Esses Projetos Integradores trabalharão a pesquisa por meio da interdisciplinaridade, proporcionando ao estudante um perfil profissional conectado com a realidade.

As avaliações são parte do processo de aprendizagem e acontecem ao final de cada módulo. A cada disciplina você irá construindo seu aprendizado por meio de materiais, fóruns e trabalhos até culminar na avaliação final. Suas provas são agendadas com antecedência e você precisará comparecer à sede ou a um polo da Universidade três vezes ao ano para realizá-las. Mas não se preocupe! É você quem escolhe a data e horário mais adequados, de acordo com a sua organização pessoal.

 


Sala de realidade aumentada: conheça mais uma meta do Projeto Cidade Criativa e Inteligente

Recentemente a Unijuí recebeu o repasse de R$ 2 milhões de emenda parlamentar para desenvolver o projeto “Centro de Inovação e Criatividade para uma Cidade Inteligente”. Este grande projeto tem, dentro dele, seis objetivos específicos, com o intuito de implantar, modernizar e melhorar a infraestrutura de ambientes inovadores na Universidade. Uma série de reportagens está mostrando mais detalhes de cada um destes seis itens. Confira agora a Metas 5 do Projeto,  a Estruturação da Sala de realidade aumentada.

            

A Sala de Realidade Aumentada (RA) pretende combinar elementos virtuais e reais, proporcionando interação em tempo real e é concebida em três dimensões. Será um espaço para o desenvolvimento e testes de novas aplicações, soluções, além de cursos de capacitação e aprendizagem.

Este tipo de laboratório propicia a simulação e a produção de protótipos em ambiente virtual para testes e treinamentos. Além disso, possibilita a correções de projeto antes da sua implementação física. Segundo professor Edson Padoin, coordenador do curso de Ciência da Computação, trata-se da criação de projetos interativos que simulam o mundo real com alto realismo, a simplificação das fases de elaboração de projetos e produtos, a simulação de etapas e suas ações durante a execução dos projetos em ambiente 3D para detecção de erros.

Além disso, neste espaço será permitido o desenvolvimento de protótipos para simular, exibir, configurar e detalhar o funcionamento de máquinas complexas em contextos semelhantes à realidade, mas em ambiente virtual, bem como o treinamento de profissionais, ampliando os métodos tradicionais com recursos visuais e interativos com realidade virtual aumentada, a ampliação da interface homem-máquina (IHM) por meio de protótipos e simulação. A sala de realidade aumentada será disponibilizada também para alunos, professores, pesquisadores e comunidade em geral e por fim, permitirá a qualificação de pessoas para atuarem em processos perigosos, atendendo normas de segurança.

“Estas qualificações ocorrerão através de oficinas de aprendizagem das possibilidades de uso da realidade aumentada, oficina de “Indústria Criativa - aulas para criação de vídeos e publicação de conteúdo nos meios digitais” e oficina “Aprendendo a criar vídeos e utilizar as redes sociais para a divulgação e publicação desses conteúdos”, complementa o professor.

Saiba mais sobre o Projeto “Centro de Inovação e Criatividade para uma Cidade Inteligente”

O Projeto Cidade Criativa e Inteligente é de grande importância, buscando a popularização da ciência, do empreendedorismo, da inovação, da criatividade e do uso intensivo de tecnologias de comunicação. O objetivo é o fomento à pesquisa e ao desenvolvimento voltados à inovação e ao processo produtivo. Será uma vitrine viva e um guia para os demandantes de tecnologias para as Cidades Inteligentes (municípios e parceiros), sendo um mecanismo de orientação para os demais projetos no RS, além de ser um espaço de ensino e estímulo ao desenvolvimento de soluções para “Cidades Inteligentes e Humanas”.

Pretende-se constituir, no prédio do DCEEng, (junto à Sede Acadêmica, local estratégico para a cidade, rodeado de área verde, hospital, escolas, concentração de pessoas, além de parte da estrutura da Universidade), um grande ambiente de demonstração de tecnologias, energia e internet das coisas. Estão projetados laboratório de internet das coisas e laboratório de eficiência energética, com espaços que a comunidade, escolas, e o meio empresarial possam utilizar. Simultaneamente, essa transformação trará também um novo espaço para a cidade, tendo o conhecimento, a tecnologia e a criatividade como elementos diferenciadores. 

Confira todas as metas previstas:

- META 1: Estruturação do Laboratório de Desenvolvimento de Iot: clique no link e confira

- META 2: Estruturação do Laboratório de Smart Grid. Acesse aqui

- META 3: Estruturação do Espaço de Ideação. Acesse aqui. 

-  META 4: Estruturação do Espaço Coworking. Acesse aqui. 

-  META 5: Estruturação da Sala de realidade aumentada.

 - META 6: Infraestrutura de apoio aos ambientes de inovação.

 


Meio Ambiente e futuro pós-pandemia são temas do Concurso Literário lançado pela Unijuí FM e Unijuí

        

A Rádio Educativa UNIJUÍ FM e o Curso de Letras Português/Inglês, do Departamento de Humanidades e Educação da UNIJUÍ estão lançando oficialmente o Concurso Literário “Sustentabilidade e Vida Planetária: o futuro pós-pandemia”, atividade que integra a edição 2020 do projeto Ações Sustentáveis nas Escolas de Ijuí. 

A ideia é que os estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental escrevam um conto, transportando-se para o futuro, fabulando um enredo envolvendo as relações sociais, a humanidade e o meio ambiente. O autor poderá dar à pandemia um fim utópico, com a história num viés mais otimista, projetando seus sonhos e aquilo que anseia, ou um fim distópico, projetando seus pesadelos, inquietações e aquilo que teme. O texto deverá ter o meio ambiente como fio condutor da temática, com até duas páginas escrito à mão ou até 30 linhas fonte Arial 12, se digitalizado.

Neste ano, tendo em vista a suspensão das aulas presenciais devido à pandemia, os textos poderão ser enviados para o e-mail concursoliterario@unijui.edu.br até o dia 21 de agosto, ou entregues na secretária da UNIJUÍ FM, como em outras edições. O Concurso Literário 2020 tem apoio da Fonte da Ilha – Água Mineral NaturalUnimed Noroeste RSBem Seguro Corretora de SegurosYázigi Ijuí – Você Cidadão do Mundo e NetCopy – Gráfica Digital. O regulamento do Concurso Literário poderá ser conferido na íntegra clicando aqui.  

Premiações

A partir de critérios estabelecidos pela comissão de avaliação do Concurso Literário, serão selecionados os dez melhores contos, entre todos os inscritos do 6º ao 9º anos. Todos os alunos selecionados e seus professores orientadores receberão certificado de participação e terão suas redações transformadas em podcast (áudio) para serem veiculadas na programação e nas plataformas de streaming da emissora.

A novidade desta edição fica por conta da premiação para o aluno classificado em 1º lugar, que receberá uma bolsa de estudos 100% gratuita num curso de Inglês do Yázigi Ijuí, para um período de um ano.  

Site com informações

Neste ano, a UNIJUÍ FM também preparou um site para a edição 2020 do Concurso Literário: http://bit.ly/literatura2020. A comunidade escolar poderá usar este endereço eletrônico para ficar por dentro do regulamento, do gênero literário, das datas, critérios de seleção, premiações, etc.. Como a temática deste ano pede aos estudantes que se projetem ficcionalmente no tempo, num enredo utópico ou distópico, o site também apresenta uma aba com dicas de literatura e filmes que tem esta temática, para que sirvam de inspiração na hora da construção das redações. 

           


Extravestibular: Unijuí oferece sistema de bônus para quem deseja retornar ao ensino superior

Faça a sua inscrição na página do ExtraVestibular.

           

A Unijuí abriu processo seletivo para candidatos que estão ou já estiveram no ensino superior, em cursos presenciais ou a distância, e buscam retornar à universidade, trocar de curso ou trocar de instituição. o Extravestibular Unijuí 2020 recebe inscrições até o dia 31 de julho.

Segundo a Vice-Reitora de Graduação, professora Fabiana Fachinetto, o Extravestibular é uma oportunidade de novos alunos virem para os cursos da Unijuí ou de alunos que trancaram o estudo pedirem o reingresso, seja no mesmo ou em outro curso. “O diferencial que temos nesse ano é que esse alunos, novos ou de reingresso, tem direito ao bônus que está sendo ofertado neste semestre”, observa.

Sistemas de bônus:

Matrícula até 30 de junho

- Bônus de 18% , para pagamento da parcela do mês de julho,  efetuado até o dia 10 de julho; 

- Bônus de 13% para pagamento da parcela do mês de agosto, efetuado até o dia 07 de agosto;

Bônus 6%, para pagamento à vista do semestre, efetuado até o dia 10 do mês de julho. 

Matrículas até 31 de julho

- Bônus de 11% para pagamento da parcela do mês de agosto, efetuado até o dia 07 do mês de agosto

- Bônus 4%, para pagamento à vista do semestre, efetuado até o dia 21 do mês de agosto. 

Confira todas as opções de ingresso Extravestibular:

Diplomados em curso superior: Estudantes diplomados em curso de Nível Superior.

Reingresso: Estudantes que interromperam seus estudos na UNIJUÍ e pretendem retornar para o mesmo curso, campus e modalidade.

Reingresso com transferência de curso: Estudantes que interromperam seus estudos na UNIJUÍ e pretendem retornar para outro curso, campus ou modalidade.

Transferência Externa: Estudantes de outras instituições de ensino superior que desejam se transferir para a UNIJUÍ.

Transferência Interna: Estudantes regularmente matriculados na UNIJUÍ que desejam transferência interna de curso, de modalidade ou de campus.

Ingresso Especial: Interessados em realizar uma ou mais disciplinas para antecipar estudos a serem aproveitados logo após a realização do concurso vestibular, para estudantes que já concluíram o Ensino Médio. Ou, ainda, para fins culturais ou de atualização profissional.

Confira todos os detalhes na página do ExtraVestibular.

 


Apresentação de Pitch e palestra marcam o encerramento do Programa Viver Empreendedor no primeiro semestre

           

O programa de qualificação de potenciais empreendedores, remodelado neste semestre, conduzido pela pós-doutoranda Gloria Charão Ferreira, teve seus encontros online e buscou habilitar os interessados em empreender a desenvolver a compreensão dos processos que sustentam a inovação, e a criatividade na proposição de soluções estratégicas e inovadoras nas suas áreas de atuação. 

Para finalizar a etapa de preparação, os participantes fizeram apresentação de Pitchs para os consultores Rodrigo Machado Fraga e Leonice Parnoff, momento em que receberam sugestões de melhoria e recomendações técnicas, objetivando à submissão da ideia ao edital de seleção para incubação, que ocorrerá em agosto e se encontra disponível no site da Criatec. Foram apresentados os Pitchs das seguintes ideias: Supimpa, B2@ marketing digital, Grook e Gunas. O programa é aberto aos interessados em empreender e tem duas edições anuais essa edição contou com 18 participantes. 

Para fazer o fechamento dos encontro também aconteceu uma palestra com tema Design Thinking, proferida por Rodrigo Romão, diretor do Parque Tecnológico Metrópole Digital da UFRN - Natal/RN, que, por meio de uma abordagem dinâmica e colaborativa, apresentou aos participantes os princípios da ferramenta e sua aplicabilidade no contexto do ambiente de negócios na atualidade.

Para a nova turma, as inscrições serão abertas em agosto. Mais informações  no site www.criatecunijui.com.br.

 


Unijuí recebe inscrições para o cadastro de prestadores de serviço do Sebraetec

               

A AGIT está com o Edital aberto para seleção de pessoas jurídicas e seus respectivos consultores para integrar o cadastro de prestadores de serviços de consultoria técnica e instrutória do Programa Sebraetec, que tem o objetivo de ampliar o acesso de micro e pequenas empresas à inovação e tecnologia. 

Os interessados devem efetuar a inscrição pelo e-mail sebraetec@unijui.edu.br, vinculado ao escritório de Relações Universidade-Comunidade da Agência de Inovação e Tecnologia - AGIT. Confira o edital na íntegra no site da Unijuí. Confira também as informações do Programa no site do Sebrae.

QUEM PODE SER ATENDIDO PELO SEBRAETEC:

Microempreendedor Individual - MEI: Para ser enquadrado como microempreendedor individual, é necessário faturar hoje até R$ 81.000,00 por ano ou R$ 6.750,00 por mês, não ter participação em outra empresa como sócio ou titular e ter no máximo um empregado contratado que receba o salário-mínimo ou o piso da categoria.

Microempresa - ME: categoria empresarial intermediária entre o MEI e a EPP (Empresa de Pequeno Porte), com possibilidade de faturamento anual acima de R$ 81.000,00 até R$ 360.000,00, número reduzido de empregados, entre outras características, também são recepcionadas pelo Sebrae com soluções adequadas ao seu nível de maturidade empresarial.

Empresa de Pequeno Porte – EPP: são empresas cujo faturamento excede o limite das microempresas, podendo chegar até R$ 4.800.000,00, normalmente estão em um nível de gestão já avançado, demandando soluções mais aprofundadas para atendê-las.

SETE ÁREAS DE CONHECIMENTO DA INOVAÇÃO

Por meio de serviços customizados e especializados, o Sebraetec promove o acesso de pequenos negócios a soluções em sete áreas de conhecimento da inovação: Design, Produtividades, Propriedade Intelectual, Qualidade, Inovação, Sustentabilidade e Serviços Digitais.

 

 


Recursos Humanos realiza doação para o Grupo de Mulheres Voluntárias do HCI

           

Nesta quarta-feira, dia 17 de junho, as funcionárias do Núcleo de Desenvolvimento de Recursos Humanos da Unijuí, Fabrina Faganello e Marcella Wolff Klatt, realizaram a doação dos uniformes usados e sem condições de reaproveitamento para o Grupo de Senhoras Voluntárias do HCI. Em função da situação atual, o grupo não está se encontrando, porém, as peças foram entregues para a arquiteta Raquel Radaelli, que vai encaminhar para as voluntárias realizarem as atividades de casa. Estas peças serão desmanchadas e transformadas em novas peças e mantas para doação.

Segundo o HCI, fundado em 1993, o grupo realiza trabalho comunitário, confeccionando roupas que são doadas para as crianças de baixa renda internadas na Pediatria, Maternidade UTI Neonatal e Pediátrica e Berçário do Hospital de Caridade de Ijuí. Elas fazem pequenos enxovais de bebês para as futuras mães que não possuem recursos de tê-los. Também preparam curativos para as unidades cirúrgicas. No estoque de roupas confeccionadas pelas voluntárias para doações, encontram-se camisetas, calças, bermudas, casacos, moletons, meias e sapatos de lã, calçados, fraldas, lençóis, mantos, cobertores e acolchoados.

 


Criatec Santa Rosa completa 10 anos de história buscando a criação de novos negócios e inovações

             

Localizada no Campus da Unijuí em Santa Rosa, a Incubadora de Empresas de Inovação Tecnológica - CRIATEC, completou, no dia 14 de junho deste ano, 10 anos de história na cidade. O grande objetivo do trabalho é fomentar ações e apoiar a formação e principalmente a consolidação de novas empresas, mirando nos setores tecnologicamente inovadores e capazes de promover o desenvolvimento da região, aumentando a renda e criando novas oportunidades de trabalho.

Nesses 10 anos já foram atendidos e acompanhados 31 projetos de negócios, com cinco empresas graduadas - Agroworks, Divtec, Gorila, Elede e Simbiozy. Atualmente estão incubadas outras seis empresas, sendo elas: Hex, Inventus, Químea, Aero, Solti e Avansee e mais duas em fase de pré-incubação - Ideal Engenharia e ImpacTech. Por fim, outros dois negócios estão instalados no Polo de Modernização Tecnológica, a Bel Vedere e a Serttec, que também recebem assessoria da Universidade.

Segundo Lucas Escher, analista de negócios e coordenador da Incubadora Santa Rosa, todas as empresas somadas, neste tempo, já atingiram um faturamento de R$ 5.391.244,99. Atualmente são gerados 16 empregos diretos pelas empresas incubadas e pré-incubadas, mais 3 estagiários remunerados. Já com relação às graduadas, são 23 empregos diretos gerados e mais seis 6 empregos diretos pelas empresas no Polo da Criatec. Ainda de acordo com ele, já foram realizadas mais de 800 horas de consultorias, treinamentos e mentorias para as empresas incubadas. Também foram captados, via editais de fomento à inovação e de apoio a startups, a soma de R$ 687.000,00. Além dos investimentos de fundos privados investidos diretamente nas startups.

Para Lucas Escher “nesses 10 anos da Incubadora, muitas pessoas participaram e continuam contribuindo nesse ambiente de inovação, que é uma das referências no Estado. Com persistência e um trabalho sério e comprometido, conseguimos alcançar grandes resultados, promovendo desenvolvimento para a região na área do empreendedorismo voltado a inovação e tecnologia, valorizando talentos existentes e agregando valor aos novos negócios. Ainda temos muito a fazer e aprimorar, mas com certeza somos referência e espelho para outras incubadoras e ambientes de empreendedorismo”, salienta. 

O Pró-reitor do Campus Santa Rosa, professor Marcos Paulo Scherer, considera que  “a incubadora Criatec da Unijuí é um ambiente que impulsiona idéias inovadoras e oportuniza a criação de novas startups de negócios”, complementa.

Registros do lançamento oficial da Criatec Santa Rosa, em 2010

Estrutura

A Criatec proporciona um ambiente de interação e conexão entre as startups, em espaço localizado no 3° andar do bloco A do Campus Santa Rosa, oferece 10 salas privadas e individualizadas para as empresas incubadas, sala de reunião e secretaria, espaço coworking, auditório de palestras e treinamentos e um Fab Lab (Laboratório de Prototipagem e Testes). Além desses espaços, os empreendedores têm a possibilidade de uso dos demais laboratórios e espaços compartilhados do campus.

Uma das últimas novidades e projetos da Criatec Santa Rosa é o uso da área  do antigo Polo de Modernização Tecnológica de Santa Rosa (PMT), transformando em um espaço de incubação externa, onde já se encontram em fase de instalação as 2 primeiras empresas ocupando respectivamente os prédios 01 e 02. Essas empresas receberão apoio, acompanhamento e mentorias da incubadora para o desenvolvimento e ampliação dos seus negócios. A expectativa é de que o local possa se tornar um centro de empreendimentos de base criativa e sustentável com desenvolvimento de pesquisas e interação com a Universidade.

Impacto social

São vários projetos em que as startups e a incubadora participam e se envolvem com a comunidade, desde ações sociais em entidades beneficentes, programas com a associação comercial e industrial, Agência de Desenvolvimento, programas de incentivo ao empreendedorismo e criatividade nas escolas, até a geração de oportunidades de emprego e renda para a região. Recentemente, com a chegada da covid-19, empreendedores das startups se envolveram com produção de equipamentos de EPI’s para a Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa (FUMSSAR), como máscaras descartáveis, protetores faciais (Face Shield) e o desenvolvimento em parceria com outras empresas privadas em um ventilador mecânico.