Institucional - Unijuí

COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Institucional

Preservando histórias: Museu recebe a visita da equipe do Jornal À Margem

Na última semana, o Museu Antropológico Diretor Pestana (Madp) recebeu a equipe responsável pela produção do jornal "À Margem", elaborado pelos usuários do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas - CAPS Ad II, serviço ligado ao Hospital Bom Pastor de Ijuí. A visita teve como objetivo conhecer o espaço e realizar uma entrevista com os responsáveis pela guarda do patrimônio local. A ideia surgiu após o lançamento da última edição, em fevereiro de 2024, onde a diretora do Museu, Iselda Sausen Feil, comprometeu-se institucionalmente a preservar as edições do jornal no arquivo do Museu.

A primeira edição do jornal foi lançada em 2023, como resultado do Projeto de Estágio em Psicologia e Processos Sociais da estudante Anna Berton. Desde então, o projeto tem continuado como um trabalho conjunto entre a equipe multiprofissional e os pacientes do CAPS Ad II.

Volnei Camargo dos Santos, um dos integrantes do grupo, ficou impressionado com o sistema de arquivamento do Museu. "Ficou muito claro que tudo é muito bem cuidado. O jornal estando no Museu estará seguro e bem guardado", afirmou.

Giordani Gelatti, um dos responsáveis pelo grupo, ressaltou a importância da integração dos pacientes com a sociedade através da valorização do trabalho. "A interação social mostra que há a possibilidade de integração local. É gratificante ver o reconhecimento do processo de construção coletiva".

Durante a visita, os representantes foram conduzidos pela arquivista do Museu, Amanda Higashi, para uma visita técnica ao arquivo, onde o material posteriormente produzido será doado e acondicionado de forma qualificada, garantindo a preservação do jornal produzido pelo grupo.


Desafio de Inovação Socioambiental reúne estudantes para pensar soluções

Iniciou nesta segunda-feira, 15 de abril, o Desafio de Inovação Socioambiental, promovido pela Incubadora de Empresas de Inovação Tecnológica da Unijuí (Criatec), em parceria com a Vice-reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão (VRPGPE) e as empresas Novatech Agro e 3 Tentos. O evento foi realizado no Espaço + Inovação Unijuí e tem seguimento no dia 22 de abril. 

Cerca de 60 pessoas, entre alunos do 3º ano do Ensino Médio e acadêmicos bolsistas de projetos da Unijuí, participam do Desafio que fomenta a criação de possíveis soluções que possam causar impacto socioambiental, além de proporcionar a experiência de desenvolvimento de um negócio. O primeiro dia do evento contou com oficinas e dinâmicas, além da apresentação dos desafios das empresas com base nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) para que os times pudessem estruturar as suas ideias com o apoio de diversos mentores conforme explica a coordenadora da Criatec, Maria Odete Palharini.

“O objetivo do Desafio é que os estudantes tenham uma experiência de inovação. Eles receberam desafios reais de empresas da cidade e, a partir disso, deverão propor soluções de mercado para estes desafios. Para isso, os participantes contaram com oficinas de Design Thinking para que pudessem entender os problemas, pensar em soluções criativas e validar as soluções, e uma oficina de Pitch treinando as apresentações”, destacou.

O vice-reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Unijuí, professor Daniel Baggio, participou da abertura do Desafio. Para ele, o evento busca despertar o espírito empreendedor nos estudantes. "Quanto antes nós conseguirmos estimular o empreendedorismo, melhor. O Desafio de Inovação Socioambiental faz com que os alunos possam aprender através da prática propondo soluções capazes de tornarem-se negócios".

O evento segue na próxima segunda-feira, 22 de abril. O desafio prevê ainda a premiação de R$ 1 mil para o primeiro lugar e de R$ 800 para o segundo colocado. Para mais informações ou dúvidas, entre em contato pelos telefones 55 3332 0212 ou 99128 - 6961.


Unijuí apresenta estrutura em reunião da Comissão Municipal de Emprego de Santa Rosa

A Unijuí recebeu, na última semana, no campus Santa Rosa, uma reunião da Comissão Municipal do Emprego. As reuniões acontecem de forma mensal e esta edição teve o intuito de apresentar a estrutura da Unijuí aos representantes da Comissão e o que vem sendo feito pela Universidade na cidade de Santa Rosa.

Os membros da comissão puderam conhecer laboratórios, cursos ofertados pela Unijuí em Santa Rosa, projetos desenvolvidos, como o Start Up Lab, além de toda a estrutura que o campus possui no município. A apresentação foi conduzida pela coordenadora do campus Santa Rosa, professora Taciana Enderle. 

Após visitar a estrutura da Universidade, esteve em pauta a discussão de questões internas da comissão. 


Domingo no Museu promove apresentações artísticas, exposições e feira do artesanato

O Museu Antropológico Diretor Pestana (Madp) promoveu mais uma edição do Domingo no Museu neste final de semana. O Madp esteve aberto ao público durante a tarde de domingo, 14 abril, com ações diferenciadas. A segunda edição de 2024, contou com apresentações artísticas da comunidade que encantaram os visitantes com canções e poesias. 

Já a Sala de Pesquisa do Museu recebeu a feira de artesanato, com a presença de artesãos locais e da Editora Unijuí. Para além disso, o Domingo no Museu contou com as exposições temporárias "Grafismo nas culturas indígenas brasileiras", localizada no Espaço Ijuí Hoje; "Por uma educação da não-violência dos corpos", em cartaz desde março na Sala de Exposições Temporárias; e a Exposição Itinerante “Mulheres e Poesia”, na recepção do Museu.

Segundo a diretora do Museu, Iselda Sausen Feil, o Madp tem a responsabilidade de preservar a história do passado e contribuir para a construção de um futuro melhor. " É importante dizer que o Museu não é o lugar de passado e sim, de futuro, pois aqui podemos refletir sobre a nossa história, perceber equívocos e potencializar o que é bom”, destacou.

Para o secretário de Cultura de Ijuí, José Fiorin, “o Madp é um dos espaços mais organizados do interior do Estado e do Brasil, com uma formatação de fonte de pesquisa e inspiração. O Domingo no Museu é uma excelente iniciativa para promover uma aproximação com a comunidade”, pontuou. 

O vice-reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Unijuí, professor Daniel Baggio, acompanhou o evento. De acordo com ele, o Domingo no Museu é muito importante e proporciona uma reflexão sobre a cultura. “As exposições que aqui estão fazem com que o Museu continue vivo. Sempre estamos com novas exposições, trazendo novidades para os visitantes e  além disso, proporcionando momentos como esse, em que estamos de portas abertas no domingo, com muitas ações culturais”, finalizou.


Reitoria da Unijuí reúne-se com membros do DCE do campus Santa Rosa

A reitoria da Unijuí esteve reunida, nesta semana, com os novos representantes do Diretório Central dos Estudantes (DCE) do campus Santa Rosa. O encontro contou com a presença da nova direção do DCE, bem como do reitor da Unijuí, professor Dieter Rugard Siedenberg, o vice-reitor de Administração, professor Edson Luiz Padoin, vice-reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, professor Daniel Baggio, a vice-reitora de Graduação, professora Bruna Comparsi, e a coordenadora do campus Santa Rosa, professora Taciana Enderle. 

“A proposta da reunião foi de apresentar a nova chapa eleita do DCE à reitoria, para que pudessem conversar, escutar, dar ideias e interagir. A intenção foi de aproximar as gestões para que pudesse haver uma troca e um alinhamento institucional, tanto do DCE quanto da Unijuí”, comenta Taciana. 

A diretoria do DCE do campus Santa Rosa está, agora, sob a coordenação da estudante Verônica Tewes Lunkes. A diretoria ainda conta com Mateus Alves Corrêa, como secretário geral; Julia Caroline Petry, como secretária de imprensa e divulgação; Amandha Leticia Guerin Hofferber, como suplente de imprensa e divulgação; Samara Antunes da Veiga, suplente geral; e Filipe Rodrigo Mallmann, segundo secretário de finanças e secretário de organização e planejamento. 


Espaço + Inovação Unijuí proporciona diferentes vivências para a comunidade

Com foco na inovação e tecnologia, o Espaço + Inovação Unijuí é um ambiente que proporciona diferentes vivências para toda a comunidade regional. Localizado junto à Sede Acadêmica da Unijuí, o Espaço + Inovação faz parte do projeto Cidades Inteligentes e tem como missão unir ciência, criatividade e empreendedorismo visando estruturar cidades sustentáveis. 

Neste sentido, o Espaço + Inovação Unijuí conta com cinco ambientes: o Laboratório de Desenvolvimento de IoT, voltado a desenvolver, experimentar, interagir, testar e entender a Internet das Coisas; o Laboratório Smart Grid, um ambiente maker com acesso às tecnologias e ferramentas que potencializam o conhecimento; o Espaço de Ideação, propício para o desenvolvimento de oficinas e voltado ao estímulo da criatividade, ao processo de inovação; o Espaço Coworking, para uso compartilhado de empresas e profissionais de diferentes áreas; e a Sala de Realidade Aumentada, para o desenvolvimento de novas aplicações/soluções e cursos de capacitação e aprendizagem. Além de um hall com espaço modular e monitor interativo e um auditório para eventos.

“O grande objetivo do Espaço é ser esse ambiente vivo, criativo, com atividades que possibilitam a experimentação de tecnologias, atividades empreendedoras e criativas na área da inovação, e principalmente, conexão entre os sujeitos da nossa comunidade, onde há uma interação entre professores, empresários, pesquisadores, comunidade e alunos”, pontuou o coordenador do Espaço + Inovação Unijuí, professor Peterson Clayton Avi.

Para dar sequência ao processo de desenvolvimento de pesquisas na área de cidades inteligentes, o local conta também com um carro elétrico, que será objeto de estudo a partir da realização  de experimentos sobre formas de uso, análise de funcionamento, aproveitamento de energia, entre outros. Para isso, já foram instaladas placas de energia solar junto ao Espaço + Inovação, que terá uma espécie de "estacionamento inteligente", com placas solares e estrutura para carregar dois carros ao mesmo tempo, tornando o Espaço + Inovação um ponto de recarga para carros elétricos aberto à comunidade. 

Para o  professor, essa relação com a comunidade é muito positiva. “Eu vejo isso como um grande diferencial. Essa conexão já vem gerando bons resultados, onde temos experiências exitosas, a exemplo da intermediação entre o Bosque dos Capuchinhos e o curso de Arquitetura e Urbanismo que, por meio de uma disciplina fez uma proposta de remodelação do bosque, e está em vias de ser efetivada. Isso é significativo para os nossos estudantes, que veem que o seu projeto pode ser executado e isso é um grande diferencial, entregamos um resultado para a comunidade também. Os dois lados saem ganhando”, destacou.

O Espaço + Inovação Unijuí está aberto das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h20. As visitas podem ser agendadas pelo e-mail espacomaisinovacao@unijui.edu.br ou pelo telefone (55) 3332 - 0250 - Ramal 3420. Mais informações podem ser acessadas no site www.unijui.edu.br/cidades-inteligentes.


Madp promove neste fim de semana o Domingo no Museu com ações culturais

O Museu Antropológico Diretor Pestana (Madp) promoverá no dia 14 de abril mais uma edição do Domingo no Museu. O tradicional evento tem como objetivo aproximar o Museu da comunidade em um dia repleto de atividades artísticas e expositivas para diferentes públicos.

Com início previsto para às 14h30, o Domingo no Museu contará com apresentações e performances da comunidade, feira de artesanato com artesãos locais, na Sala de Pesquisa do Museu; e as exposições temporárias "Grafismo nas culturas indígenas brasileiras", localizada no Espaço Ijuí Hoje; "Por uma educação da não-violência dos corpos", em cartaz desde março na Sala de Exposições Temporárias; e a Exposição Itinerante “Mulheres e Poesia”, na recepção do Museu.


DCE da Unijuí vai promover a primeira edição das Olimpíadas Universitárias

O Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Unijuí vai promover, no dia 18 de maio, no Clube Atlético Tiarajú, as Olimpíadas Universitárias. O objetivo do evento é incentivar a integração entre os estudantes da Universidade, bem como promover a união entre os cursos e os acadêmicos, por meio de uma competição esportiva. 

Conforme explica a presidente do DCE da Unijuí, a acadêmica Ingrid Jung, é a primeira edição da competição após a pandemia e um desejo de muitos estudantes. “Sentíamos falta de uma atividade que pudesse aproximar os acadêmicos e o esporte é uma boa forma de integrar tudo isso, por isso tivemos a ideia de organizar a Olimpíada.”

O secretário geral do DCE, Fernando Brivio, complementa que a competição é voltada para que todos os cursos possam se unir e ter um momento diferente em meio ao semestre.  “Notamos que desde a nossa campanha sentíamos falta de integração, em especial com a nossa entidade. Além disso, muitos estudantes que ingressaram no ensino superior após a pandemia sentem falta de socialização com os demais cursos e turmas”, ressalta. 

Estarão em disputa cinco modalidades: Futebol 7, nas categorias feminina e masculina; Vôlei de Quadra misto; Truco, Canastra e Sinuca. Inscrições, taxa de inscrição e outras informações podem ser obtidas junto ao DCE por e-mail, ou pelas redes sociais do Diretório. 

Os vencedores de cada modalidade receberão troféus e medalhas. O destaque fica pela homenagem que o DCE fará a Brendon Ketzer Hermann, estudante do curso de Educação Física que faleceu no ano passado. Os pais do jovem vão fazer a entrega dos troféus aos vencedores. 


Unijuí firma parceria com a Cotrirosa para o desenvolvimento de pesquisa na área higroscópica de grãos

Com o objetivo de qualificar o desenvolvimento da agricultura na região, a Unijuí assinou nesta terça-feira, 9 de abril, um termo de parceria com a Cooperativa Tritícola Santa Rosa (Cotrirosa). A parceria prevê a cedência, em forma de comodato, de uma câmara climática e uma balança determinadora de umidade para a realização do estudo “Modelagem Matemática e Computacional de Equilíbrio Higroscópico de Soja”. 

Representando a Unijuí, estiveram presentes o vice-reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Unijuí, professor Daniel Baggio;  o coordenador da pesquisa, professor Manuel Binelo, o coordenador do Mestrado em Sistemas Ambientais, professor José Antônio Gonzalez, a coordenadora da Agência de Inovação e Tecnologia (Agit) da Unijuí, Fabiana Simon, o coordenador da área de Logística e Laboratórios, João Lucas e o técnico do Laboratório de Solos, Sementes e Bromatologia, Diovane Antonow.

A entrega dos equipamentos foi feita pelo presidente da Cotrirosa, Clenir Dalcin; o gerente da área de Grãos, Marcos Bogler; e o gestor de Inovação da Cooperativa, Nelinho Graef. O projeto está ligado ao Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Modelagem Matemática e Computacional da Unijuí e deve ter início nos próximos dias. Para o coordenador da pesquisa, professor Manuel Binelo, os equipamentos são fundamentais para o desenvolvimento deste estudo.

"Iremos utilizá-los para pesquisar a umidade de equilíbrio higroscópico de grãos. Isso porque quando os grãos são armazenados, as condições de temperatura e umidade influenciam diretamente na qualidade desse produto e, para evitar perdas devido a fungos e insetos que podem atacar o grão enquanto ele está armazenado, saber o comportamento do grão, ou seja, qual o conteúdo de umidade conforme as condições ambientais onde ele está armazenado é uma questão científica muito importante”, explicou o professor. 

Segundo o presidente da Cotrirosa, Clenir Dalcin, a Cooperativa busca a evolução do setor. “Queremos progredir e essa parceria com a Unijuí é muito importante pois através da pesquisa desenvolvida pela Universidade poderemos qualificar o fazer diário dos nossos cooperados”, destacou. 

O vice-reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Unijuí, professor Daniel Baggio, pontuou que a parceria é benéfica tanto para a Universidade quanto para a Cooperativa. “Assim poderemos envolver a pesquisa e a Pós-Graduação com o olhar da Cooperativa, proporcionando o desenvolvimento da região. Além disso, essa iniciativa pode servir  de exemplo para outras instituições”, frisou.


Gravação de documentário destaca ligação entre o Madp e a memória indígena

Na última sexta-feira, dia 5 de abril, o Museu Antropológico Diretor Pestana (Madp) foi um dos espaços da gravação do documentário “Das Missões ao Rio Grande: a Tekoa Y’yrembé e o Jeguatá”, financiado pelo Edital nº 10/2023 - Lei Paulo Gustavo - SMCEL do município. A equipe responsável escolheu o Museu devido à diversidade de objetos e informações históricas sobre os povos indígenas ali preservados.

O projeto conta com a colaboração do Cacique Mbya Guarani Eduardo Ortiz, da aldeia Tekoa Y'yrembé de Rio Grande. Durante as gravações, o Cacique Eduardo destacou sua trajetória e a migração de seu povo de São Miguel das Missões até o Rio Grande.

Leonardo Cunha, integrante do projeto, enfatizou que, ao conhecer o acervo e registrar junto ao Cacique Eduardo, é possível preservar materialmente essa memória para as próximas gerações. Ele ressaltou, também, como essa memória está viva no coração de cada Guarani. Além disso, Cunha destacou a importância de difundir a cultura indígena não apenas entre os Guarani, mas também entre os não indígenas, aproveitando a oportunidade proporcionada pelo Museu.

O Cacique Eduardo Ortiz salientou que conhecer os instrumentos preservados no Museu estabelece uma conexão com aqueles utilizados pelos grupos do passado. Ele enfatizou a importância do trabalho de preservação desses objetos, como uma forma de mostrá-los às próximas gerações, tanto indígenas quanto não indígenas.


Utilizamos cookies para garantir que será proporcionada a melhor experiência ao usuário enquanto visita o nosso site. Ao navegar pelo site, você autoriza a coleta destes dados e utilizá-los conforme descritos em nossa Política de Privacidade.