Institucional - Unijuí

COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Institucional

Preparem seus trabalhos: mais um Salão do Conhecimento está sendo preparado pela Unijuí

A Unijuí, por meio da Vice-reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, já iniciou os preparativos para o Salão do Conhecimento 2022 - um dos maiores eventos institucionais de divulgação da produção em pesquisa e extensão, que permite a socialização de experiências e a reflexão sobre ações desenvolvidas na Universidade e em demais instituições participantes. O evento apresenta produções nas diversas áreas de conhecimento, possibilitando aos autores, pesquisadores, extensionistas e acadêmicos um espaço de diálogo entre si e com a comunidade externa.

De acordo com a assessora da Vice-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, Claudia Didoné, pode-se esperar da próxima edição um grande evento. “A expectativa é pela retomada das atividades presenciais, depois de duas edições que foram totalmente online. Nesse sentido, a equipe organizadora está empenhada em estruturar uma programação diferenciada nos quatro campi - Ijuí, Panambi, Santa Rosa e Três Passos”, afirma.

Para este ano o evento acontecerá em formato híbrido, ou seja, com atividades tanto presenciais como online. Em relação à apresentação de trabalhos, a maior parte permanecerá virtual, mas serão realizadas sessões de exposição de trabalhos na forma de pôsteres. “Estas sessões poderão ser visitadas pelos participantes para conhecer os resultados da pesquisa e extensão produzida na Universidade. As palestras e outras atividades que serão organizadas pelos cursos de graduação também serão presenciais”, acrescenta.

Previsto para ocorrer entre os dias 24 e 28 de outubro, o Salão do Conhecimento 2022 possui como temática central o “Bicentenário da Independência: 200 anos de ciência, tecnologia e inovação no Brasil”, que converge diretamente com o tema abordado na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. 

“Além disso, pelo terceiro ano consecutivo, o Salão tematiza os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). No momento da submissão de trabalhos no evento, o participante indica a área de conhecimento e também o ODS. Com isso, as sessões de apresentação são organizadas a partir da convergência dos temas”, comenta.

Está ansioso para o Salão do Conhecimento 2022? Em breve as normas e templates serão divulgados no site da Unijuí. No dia 9 de junho, às 14h, será realizada uma formação sobre submissão de trabalhos e técnicas de redação científica, que pode ser acessada neste link. “Dessa forma, os participantes já podem organizar a produção dos seus trabalhos. As inscrições para o Salão do Conhecimento estarão disponíveis a partir do mês de junho e ficarão abertas até o início de agosto”, finaliza Cláudia.

Gabriel R. Jaskulski, acadêmico de Jornalismo da Unijuí




Dia das Línguas Estrangeiras: Unijuí sorteia 200 bolsas de estudos em Curso de Idiomas EaD

Na manhã desta sexta-feira, 20 de maio, foram sorteadas 200 bolsas de estudos no Curso de Idiomas EaD, ofertado pela Unijuí pela plataforma Altissia, entre as 508 pessoas que participaram de duas atividades no Dia das Línguas Estrangeiras, realizado no dia 11 de maio pela Universidade.

O evento, que contou com uma série de atividades nos quatro campi da Unijuí, buscou evidenciar a importância de aprender outro idioma, proporcionando a prática de diversas línguas em situações reais, em ambientes não formais, de forma espontânea, descontraída e divertida.

“Durante o evento, oportunizamos que a comunidade acadêmica realizasse um teste de nível linguístico em um dos três idiomas ofertados: inglês, alemão ou espanhol. Estudantes, professores e técnicos se engajaram e tivemos quase 300 participantes. A outra ação foi um quiz, que pôde ser acessado por meio do flyer entregue no dia. Ficamos muito felizes com a participação e, hoje, realizamos o sorteio das bolsas de estudos”, explicou a assessora da Vice-reitora de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, Cláudia Didoné.

De acordo com Cláudia, o setor fará o contato com os 200 contemplados, por meio do e-mail informado no momento da realização da atividade. “É importante lembrar que a Altissia é uma plataforma com 25 opções de idiomas. O usuário não fica restrito a apenas uma língua. É possível estudar dois idiomas, por exemplo, simultaneamente”, completou.

Confira a lista de contemplados:

 

ALAIS

HICKMANN

ALBERTO

MACHADO

Alexander

Mallmann

Almeida

Maysa

Amanda

Neumann

Amanda

Stochero

Amanda Gabrielly

Costa Spengler

Amaral

Gabriela

Ana Caroline

Dutra da Luz

Ana Paula

Loureiro

ANGELO

COLLI MACIEL FILHO

Artur

Meneghini

Atissimo

Luisa Helena

Bandeira

Rafael Henrique

Barbosa

Lucas

Batista

Bruna

Battistelli Soares

Gabriel

Battisti

Gerson

Bellé

Rafaela

Bernardi

Janaina

Bertollo

Rahfaela

Betti Almeida

Amanda

Bianca

Stein

Bianchi

Vidica

Bobrzyk

Luana Giseli

Boff

Eva Teresinha de Oliveira

Borges Moura

Patricia

Bottega

Rubian

Brandt

Carolina

Bressan

Francisco

Bruna

Goetz

Bruna

Dourado Stieler

Bruno

Barcellos

Bárbara Aniely

Hübner

Campos

Mauricio

Campos

Gustavo

carol

caroline

Caroline

Martini

Carvalho

Fábio

Cassiano Radiuc

Keller

Cavallin Scheuer

João Elias

Cazarotto

Matheus

Clara

Lazzarin de S

Coelho Böing

Gisele

Costa de Oliveira

Vanessa

Cristian

dos Santos Siqueira

cruz de almeida

bruno

Cíntia

Sparenberger

Da Costa

Ana

da Rosa

Romeo

da Silva

Roberta

da Silva Hahn

Bruna

Dahmer

Felipe

de Aquino Goulart

Janete Teresinha

de Jesus

Juliana

Deves

Henrique

Dexheimer

Carlos

Dias da Silva

Tales

diemer

cristina

Dionatan

Belo

Dornelles

Gabriela

Edson

Junior

Eduarda

Dobler

Eduarda

Bordignon

emanueli

aguiar

Erikson

Barbosa

Ertel Thiele

Janaína

Fagundes

Caroline

Falk Nascimento

Alencar

Fernanda

Rebellato

Fernandes Pereira

Josei

FLORES

SANDRA

Fontana

Caroline

Francini

Favaretto

Francisconi Reimann

Eugênia

Frederico

Winkler

Freire

Brenda

Freitas

Liara

Friske

Henrique

Frosi

Pedro

Fuzzer

Bruna

Gabriel

Dobrachinski

Gabriel Woiciechovski Treter

Tiago

GELLER FARIA DA SILVA

LILIANE

Giordana

Andrighetti

Haacke

William

Harter

Munyke

Heinrichs

Luis

Hendges

Marco

Jaíne

Didoné

jesus

leonardo

João Vitor

Ferrari marques

Jocieli

Rocznieski

Joseane

Menegazzi

João Samuel

Gomes

Julia

Anna

Julia

Wiest Lemos

juliana

schindler

Juliana

Megier

Jéssica

Grünwald Leiner

Karen

Alves

Kerkhoff

Eduarda

Kippert

Nadiane

Klamt

Amanda

Klamt

Bárbara

Klidzio

Breenda

Klock

Edardo

Knod

Alícia

Kretschmer

Eduardo

Kurtz

Marcos

Larissa

Santos

Laura

Arnold

Lauren Melo de Abreu

Lauren

Leal Zambra

Andressa

Lemos Petter

João Pedro

Letícia

Ribeiro

Lima

Ginamara

Lima Palmeira

Eduarda

Lima Coelho

Clarice

Lipke

Evelin Laís

Lohmann

Fernanda

Londero

Rafaela

Lorenzoni

Samuel

Lucas

Bromberger Martins

Luccas

Althaus

Lucchese

Osório Antônio

Luciano

Rosskopp

Luigui

Rahmeier Silva

Luiz da Silva Buss

Anderson

Luiza

Menegazzo

Luiza

Zambon Baiotto

M Rodrigues

Vitória

machado

eduardo

maier

vania

Maira

Sanders

Maria Luísa

de Oliveira

Marta

Tremea

Mastella

Cíntia

Matte

Guilherme

Mello

wanderson

Milani

Lucas

Monique

Wagner Wieland

Monize

Beck

Moura

Edemires

Muriel

de Rosso Dias

Notarjacomo

Victor

Oliveira

Vinicios

oliveira da silva

eduarda

Pablo Ruan

Beerbaum

Palharini

Laura

Pedro

Etgeton

Pedro

Malheiros

Peralta

Jaíne

Pereira da Silva

Aline

Petrazzini Da Silva

Victório

Petry

Julia

Piva

Claudia

Pizolotto

Maristela

Rafael

Kuhn

Rambo

Daniel

Ribas

Murilo

richter

eduarda

Rigoli

Bruna

Rocha

Giovanna

Roloff

Monique

Roque

Kamilly

Sabrina

Jurach

Samuel

Oliveira

Santos

Natalia

schimanowski

Maicon

Schreiber

Jonas

schulz

caroline

Schwickert

Camila

Soares

Marlon Régis

Souto

Luiza

Spengler

Amanda

Sperotto dos Santos

Ana Laura

Spohr

Aline

Stach

Miriam

Stefany

Kuhn

Stochero

Amanda

Tatim da Silva

Evandro

Ten Caten dos Santos

Arthur

Thajana

Marinho

Thalia

Cargnelutti

Tiago

Marder

Tiago

Simon

Tibulo steffen

Rayssa

Tolfo

Gabrielli

tomm

jho

Torquetti

fernanda

Treter

Dani

Viana

Maria Luísa

Vieira

Cleide

Vieira

Fernanda

Vinicius

Smaniotto Goulart

Wottrich

Joise

Zanuso

Carline

ZIMMERMANN

BRUNO

Ávila

Mendes da Silva Lima


Programa de Residência Médica da Unijuí forma especialistas para o acompanhamento em todos ciclos da vida

Foto autorizada pela paciente

O Programa de Residência em Medicina de Família e Comunidade, da Unijuí, ao longo de 16 anos, já formou 24 especialistas. Os primeiros estudantes ingressaram no ano de  2006, em parceria com a Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa (Fumssar) e em 2010, a Pós-Graduação foi expandida e incluiu também a prefeitura de Ijuí. Atualmente, o programa também conta com dois residentes em formação.

O objetivo da Universidade, além de incentivar que os profissionais permaneçam na região, é formar médicos para atuação no SUS, com foco nas características e problemas reais da região. “Boa parte dos médicos formados trabalha em nossa região. Além disso, no processo de formação, existe uma grande interação com os municípios e com as suas equipes de saúde, com os preceptores e com os professores da Unijuí. Desta forma, a Universidade contribui de maneira importante para a qualificação da Atenção Primária à Saúde na região”, destaca o professor doutor Luís Antônio Benvegnú, coordenador do Programa de Residência.

Uma das principais características desenvolvidas durante a formação é o saber ouvir os pacientes. Keli Cielo concluiu a Residência neste ano e atua profissionalmente no ESF Cruzeiro do Sul - FUMSSAR, em Santa Rosa. Para ela, a formação contribui com o cuidado das pessoas e da comunidade. “Somos especialistas no cuidado das pessoas ao longo da vida, independente do problema de saúde, do sexo, da idade, ou do órgão afetado pela doença. Nós, médicos da família,  proporcionamos ao paciente um cuidado integral, realizando medicina centrada na pessoa e não apenas na sua doença”, afirma a egressa.

Keli explica que os pacientes recebem um atendimento com qualidade técnica e humanizado, com foco na prevenção e promoção de saúde. “Com o que chamamos de cuidado longitudinal, benefício esse inerente a poucas especialidades médicas,  acompanhamos a pessoa ao longo da vida, ou seja, ao longo de ciclos importantes como: infância, adolescência, pré-natal, idade adulta e velhice. Na medicina de família atuamos também como o coordenador do cuidado, evitando que o paciente se submeta a exames, procedimentos ou consultas sem necessidade, a chamada prevenção quaternária”, destaca a especialista.

A Unijuí, enquanto Universidade Regional e comunitária, promove e incentiva inúmeras ações pelo desenvolvimento regional. A formação de médicos especialistas em Família e Comunidade reflete diretamente a curto, médio e longo prazo, nas comunidades em que os profissionais estão inseridos, na promoção da saúde, no início, na evolução, no tratamento ou reabilitação.


Museu recebe Exposição Arte & Poesia de escritores e artistas locais

Na tarde da última terça-feira, dia 17 de maio, o Museu Antropológico Diretor Pestana (Madp) promoveu a vernissage de lançamento da exposição “Arte & Poesia”, mostra organizada pela Associação de Artistas Visuais de Ijuí (AAVI ) com apoio do Círculo de Escritores de Ijuí - Letra Fora da Gaveta. O projeto busca unir artes plásticas e poemas criados por artistas e autores locais. 

Situada no espaço Ijuí Hoje, da Exposição de Longa Duração do Madp, a mostra busca apresentar à comunidade o trabalho dos integrantes de ambas as associações. Os artistas selecionaram poemas escritos pelos associados do Círculo, e a partir dos textos criaram obras que pudessem relacionar-se entre si. 

Essa será a primeira exposição coletiva semestral que a AAVI realizará em parceria com outra associação. Sendo também a primeira com uma temática generalizada, onde as poesias norteiam as criações de cada artista. 

A mostra ficará no Madp até 30 de junho. O ingresso à exposição de Longa Duração tem custo de R$ 8,00, com desconto de 50% para estudantes e isenção à terceira idade e crianças. O Museu tem funcionamento no horário comercial, exceto segunda-feira de manhã e sexta-feira à tarde. 

Livro - Em conjunto ao lançamento da mostra artística, Maria Beatriz da Ros lançou o livro “Contos Diversos”, que traz contos escritos por seu pai, o ijuiense major-aviador Cyrillo Da Ros. Os textos falam sobre a vida na década de 1940, época em que trabalhava no Correio Aéreo Nacional. 

Era ela, ainda na adolescência, quem datilografava os contos produzidos a partir de 1964, quando o militar entrou para a reserva. Em uma pequena cerimônia de fotos e autógrafos, a autora agradeceu ao Madp por ceder o espaço, e a todos que ali estavam presentes.


EFA e Unijuí participam de evento alusivo ao Mês da Enfermagem, em Três Passos

O Centro de Educação Básica Francisco de Assis (EFA), de Três Passos, participou nesta semana com os estudantes e professores do curso Técnico em Enfermagem, da Semana da Enfermagem, entre os dias 16 e 19. O evento foi realizado na Unijuí - campus Três Passos e realizado pela EFA, Secretaria Municipal de Saúde e pelo Hospital de Caridade do município. Um dos principais objetivos do evento é a valorização dos profissionais, que também ganhou uma nova e ampla perspectiva com a pandemia do Covid-19. As atividades comemoram o Dia do Enfermeiro e Dia do Auxiliar e Técnico de Enfermagem.

A abertura das três noites contou com um momento cultural, seguido de uma palestra. Na primeira noite, dia 16, “A qualidade de vida e bem-estar emocional/social” foi abordado pela enfermeira do Senar, Kátia Marx. Na quarta-feira, dia 18, a egressa da Unijuí, Francine de Oliveira Rodrigues, falou sobre a “Enfermagem em tempos de pandemia”. E na noite de hoje, quinta-feira, a psicoterapeuta Michele Baierle, abordou a temática “desdobrando a saúde mental pós-pandemia”.

A coordenadora do Técnico em Enfermagem da EFA, professora Sandra Letícia Righi Furini, destaca que a temática de cada noite foi pensada para o cuidado humano. “Falar de enfermagem é falar sobre o cuidado humano. Na essência de ser um profissional da saúde, que se doa, que ouve, que estende a mão e que organiza o ambiente da melhor forma para tratar daquele que busca o cuidado para estabelecer uma conexão entre a saúde física e mental, gerando tranquilidade e paz interior. Foram momentos de muita reflexão, troca de aprendizagem e experiências”, destaca a docente.


Na era do cigarro eletrônico, Rizoma levanta debate sobre consequências do tabagismo para as novas gerações

Associado à riqueza, poder e charme de algumas décadas, o hábito de fumar cigarros vem se modificando com o passar do tempo, mas os malefícios à saúde seguem inalterados. O Rizoma Temático desta quinta-feira, 19 de maio, debateu exatamente o mal causado pelo tabagismo entre os jovens, englobando também o uso de aparelhos eletrônicos que simulam o cigarro convencional. 

A temática “Cigarro: as consequências do uso para novas gerações” foi debatido pelo professor do curso de Medicina da Unijuí e médico pneumologista, Carlos Henrique François; a psicóloga, mestre em Atenção Integral à Saúde e professora do curso de Psicologia da Unijuí, Carolina Gross; e a coordenadora pedagógica da 36ª Coordenadoria Regional de Educação, Rosane Menezes.

De acordo com o professor Carlos François, é possível perceber que os cigarros eletrônicos são tão nocivos à saúde quanto os próprios cigarros clássicos. “Nesses novos aparelhos ou quaisquer dispositivos de inalação de nicotina, os malefícios se mantêm, acrescidos de novas situações. Então é possível concluir que eles são piores à saúde do que o cigarro tradicional”, afirmou o professor.

Apesar dos riscos, os adolescentes seguem utilizando-os, inclusive no ambiente escolar. Segundo a coordenadora pedagógica da 36ª CRE, Rosane Menezes, percebe-se no dia a dia das escolas um aumento significativo de alunos fumantes, tanto de cigarro quanto da sua versão eletrônica. “Apesar disso, a CRE sempre busca orientar e criar um canal de conversa sobre os efeitos maléficos do uso de cigarros eletrônicos com os alunos”, relatou.

A professora Carolina conta que o status social está fortemente ligado a esse uso crescente do cigarro eletrônico. “O cigarro é historicamente um objeto de afirmação social, porém, nos anos 80, 90 e 2000, a gente teve um discurso anti-tabaco, a partir de políticas públicas que visavam reduzir o consumo. Atualmente, me parece que voltou essa certificação social com o cigarro eletrônico”, disse. 

François completou que a versão eletrônica do cigarro era vendida como uma ponte para que os indivíduos parassem de fumar. “A gente observa o oposto disso, são jovens que, por meio do cigarro eletrônico, iniciam o uso de cigarro”, destacou o professor.

Gabriel R. Jaskulski, acadêmico de Jornalismo da Unijuí

Confira o Rizoma Temático na íntegra:


Qualificação sobre Planejamento e Aplicação de Toxina Botulínica está com inscrições abertas

Até o dia 22 de maio, estão abertas as inscrições para a qualificação profissional em Planejamento e Aplicação de Toxina Botulínica em Estética Avançada na Unijuí. O curso tem o intuito de apresentar de forma segura técnicas de aplicação da toxina botulínica (tipo-A), além de materiais e formas de aplicação da técnica.

O curso é destinado a profissionais da área da biomedicina, enfermagem, farmácia, medicina e odontologia. Dentre os assuntos abordados no curso estão a anatomia e fisiologia dos músculos da face, a diferença entre envelhecimento intrínseco e extrínseco, identificação de zonas faciais de risco e os tipos de toxina botulínica.

A toxina botulínica tipo-A, que será estudada pelos participantes, atua inibindo o neurotransmissor acetilcolina, que é o responsável por levar os estímulos elétricos do cérebro aos músculos. Dessa forma, a capacidade de contração dos músculos se torna limitada.

Por reduzir drasticamente a tensão nos músculos, o uso do tipo-A desta toxina é recomendado para tratamentos de espasticidade, desordens dolorosas musculoesqueléticas, dores de cabeça crônicas, bexiga hiperativa, entre outros tantos distúrbios. O uso também é recomendado para tratamento de bruxismo, correção de gengivas e dores de cabeça de origem dental.

As inscrições devem ser realizadas pela página unijui.edu.br/educacaocontinuada. Para mais informações sobre esta e outras capacitações ofertadas pela Unijuí, entre em contato pelo telefone (55) 3332-0553 ou pelo e-mail educacaocontinuada@unijui.edu.br.

Gabriel R. Jaskulski, acadêmico de Jornalismo da Unijuí


Formação Geral com professores e funcionários debate o fortalecimento da democracia

Na manhã desta quinta-feira, dia 19 de maio, ocorreu a primeira Formação Geral para professores e funcionários da Unijuí, no Salão de Atos. O debate "O mundo pós-pandemia, (pré)guerra e a Política: as instituições e o fortalecimento da democracia" foi transmitido para os outros campi da Universidade.

O intuito das Formações Gerais é fazer com que cada professor, por exemplo, possa projetar seu trabalho dentro da temática, como o ensino e as metodologias aplicadas em sala de aula, convergindo com o mundo atual. 

A vice-reitora de Graduação da Unijuí, professora Fabiana Fachinetto, fez uma breve introdução antes do debate, explicando como ocorrerão as formações neste ano. “Essa atividade, juntamente com as outras que virão, foram pensadas para que possamos debater questões que são inerentes ao nosso fazer, que é discutir e pensar a sociedade, e como nós, Universidade, percebemos isso”, explicou.

Segundo o vice-reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, professor Fernando Jaime González, esses momentos são fundamentais para que os professores possam debater sobre as atualidades. “Grandes protagonistas que existem nos nossos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu vão realizar reflexões sobre esses assuntos e como eles se relacionam com a Universidade”, completou.

O primeiro bate-papo realizado no ano reuniu professores de diversos cursos da Instituição e foi intermediado pelos professores doutores do PPG em Educação nas Ciências, Sidinei Pithan da Silva e Vânia Lisa Fischer Cossetin, e pelos professores doutores do PPG em Direito, Gilmar Antonio Bedin e Matheus Fornasier. 

Gabriel R. Jaskulski, acadêmico de Jornalismo da Unijuí

  




Novas visitas a escolas com Educação Infantil são realizadas por acadêmicas

Na última segunda-feira, 16 de maio, acadêmicas dos cursos de Pedagogia, Matemática, Letras e Educação Física da Unijuí, coordenadas pela professora Eulália Beschorner Marin, a partir dos estudos de Currículo na Educação Infantil, realizaram uma segunda fase de visitas às escolas com Educação Infantil.

“Escolhemos a escola com mais idade, a cinquentona EFA - Centro de Educação Básica Francisco de Assis, e a recém-nascida Dona Coruja. Buscamos saber como a ousadia e a experiência materializam a organização curricular. As crianças não estavam de corpo presente nas instituições visitadas, mas lá nas paredes, mesas, painéis e instalações estavam seus registros, seus escritos, que certamente vão compor as suas histórias”, explicou a professora Eulália, lembrando que na segunda-feira a turma foi recebida pela coordenadora e professoras da Educação Infantil.

A Educação Infantil na EFA é especial, conforme lembraram as educadoras, porque lá nasceu a Educação Infantil em Ijuí, em 1968, com o Instituto Psicopedagógico Infantil - IPPI e Mario Osorio Marques. As professoras, em sua maioria formadas na Unijuí, neste momento dão continuidade ao trabalho iniciado há cinco décadas.

“Possibilitar que, hoje, as acadêmicas conheçam escolas de Educação Infantil é oportunizar que materializem uma possibilidade de docência frente aos desafios impostos pelo cuidar e educar crianças do berçário ao pré-escolar. Conhecer os espaços, materiais e o que falam as professoras desmistifica o que se diz que ‘no chão da escola a teoria é outra’. No chão da escola estão os sujeitos, já escritos por tantos”, reforçou Eulália, citando como exemplo alguns autores que acompanham os educadores sem descansar: Piaget, Vygotsky, Wallon, Montessori, Decroly, Freinet, Pikler, Malaguzzi, Formosinho, Sarmento, Falk, Barbosa, Fochi e Osteto.

 


Museu celebra aniversário e abre com entrada franca neste domingo

Na tarde do próximo domingo, 22, o Museu Antropológico Diretor Pestana (Madp) estará aberto. Em mais uma edição do  “Domingo no Museu”, a instituição vai comemorar 61 anos de existência com as portas abertas à comunidade e entrada franca.

Comemorando seis décadas de participação no desenvolvimento da região e comunidade, o Museu presta homenagem em forma de convite para comunidade, oportunizando a visitação das seguintes mostras: Exposição de Longa Duração, que retrata a vida na região desde os povos originários aos imigrantes; Exposição temporária Território é Vida, que busca incentivar o debate sobre a atual situação dos povos indígenas no país; e a mais recente instalada no espaço Ijuí Hoje, a mostra coletiva “Arte & Poesia”, construída por artistas locais. 

O Coral da Unijuí estará presente na programação deste domingo no Museu. Com mais de 26 anos de história, o Coral se confunde com a história cultural da região levando a alegria da música. O grupo é formado por alunos, professores, funcionários, ex-alunos da Instituição, além de membros da comunidade.

Semana dos Museus - O evento deste domingo integra a programação da Semana Nacional dos Museus, organizada pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). A semana existe desde 1977, e teve seu pontapé este ano, na segunda-feira, dia 16, se estendendo até domingo.  O tema abordado em 2022 é o poder dos museus. “O Poder dos Museus está presente em suas ações de pesquisa, preservação, conservação, educação, comunicação, ação cultural, gestão, inovação tecnológica, cumprimento de suas funções sociais e criação de repertórios para o futuro. Os museus são construtores do futuro e por isso são poderosos”, informou, em nota, o Ibram. Para a programação deste ano, há 877 museus participantes e 2.587 eventos cadastrados. Ao todo, estão inscritas 379 cidades de 26 estados.