COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Institucional

Campanha de Pós-Graduação é lançada na Unijuí

Em um mercado cada vez mais competitivo, são as suas escolhas que irão definir o sucesso da sua carreira e o seu futuro. Um currículo competitivo abre portas para as oportunidades e a Unijuí oferece a você uma excelente estrutura para a sua qualificação profissional.

Nesta semana, a Unijuí lançou a campanha da Pós-Graduação Lato Sensu 2019, com a oferta de mais de 20 cursos de especialização e mais de 100 cursos de qualificação profissional. Além dessas ofertas, há também os cursos de aprimoramento e de residência. Há ofertas nas áreas de gestão e negócios, jurídica, saúde, agronomia e veterinária, exatas e engenharias, e humanidades e educação. As inscrições estão abertas em unijui.edu.br/pos.

De acordo com Graciele Zardin, gerente da Unidade de Educação Continuada da Unijuí, as ofertas impactam na formação do profissional e no mercado de trabalho. “A Instituição busca intensamente por diferenciais que expressem credibilidade em conhecimento e inovação, que constituam as ofertas desta Universidade, e que gerem impacto na formação de profissionais que atendam as expectativas e se destaquem no mercado de trabalho”, comenta.

Para facilitar o acesso desses profissionais aos cursos, a Unijuí dispõe de possibilidades de parcelamento e descontos para egressos e empresas conveniadas.

Com 60 anos de história, a Universidade já graduou mais de 40 mil profissionais, sendo 10 mil pós-graduados, ofertando uma estrutura formada por 490 ambientes de ensino, professores especializados e mais de 200 laboratórios organizados com estrutura e tecnologia de última geração. Crie a sua próxima oportunidade. Está em suas mãos o poder de decisão.

Confira os cursos ofertados:

Área da Gestão e Negócios

Controladoria e Gestão Empresarial

Finanças e Mercado de Capitais

Gestão de Cooperativas

Marketing e Comunicação Digital

Controladoria e Finanças

Coaching e Gerenciamento de Pessoas

Gestão de Pessoas – EaD

Gestão de Varejo

Marketing – EaD

Área Jurídica

Justiça Restaurativa e Mediação

Área da Saúde

Hematologia Laboratorial

Enfermagem em Centro Cirúrgico, Recuperação Pós-Anestésica e Centro de Material e Esterilização

Fisioterapia em Terapia Intensiva

Geriatria e Gerontologia

Nutrição Clínica: metabologia e terapia nutricional

Estética e Saúde

Oncologia

Reabilitação Neurofuncional

Área de Agronomia e Veterinária

Clínica de Bovinos de Leite

Clínica Cirúrgica de Pequenos Animais

Ecofisiologia da Produção Vegetal

Licenciamento Ambiental

Área de Exatas e Engenharias

Matemática para Educação Básica: Práticas de Ensino e Tecnologias Digitais

Engenharia de Avaliação e Perícias – EaD

Tecnologias para Unidades Armazenadores de Grãos e Sementes

Área de Humanidades e Educação

Docência nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental: Alfabetização e Letramento

Processos de Ensino e Aprendizagem de Leitura e Escrita


Empreendedorismo e superação marca última noite do Conexões Empreendedoras

              

Com objetivo de inspirar, qualificar e motivar as pessoas para a cultura empreendedora por meio de atividades de capacitação palestras e conexões, a Agência de Inovação e Tecnologia (Agit), por intermédio da Incubadora de Empresas de Inovação Tecnológica – Criatec, realizou o Conexões Empreendedoras. O evento contou com uma programação intensa, onde, em dois dias, acadêmicos, empreendedores e comunidade em geral tiveram a oportunidade de participar de oficinas e palestras para qualificação e fomento do espírito empreendedor.

A última noite de evento, no entanto, buscou inspirar os participantes por meio de cases de superação dentro do empreendedorismo. Quem abriu a noite com sua história foi o secretário de assistência social e cidadania do município de Santo Ângelo, Lauri Juliani. Cadeirante desde criança, após uma poliomielite, ele compartilhou sobre a sua busca empreendedora desde muito cedo, quando começou a trabalhar com vendas de porta em porta, superando todas as dificuldades impostas pela profissão e por sua condição física. “Não devemos desistir frente aos obstáculos que a vida nos dá. Cada desafio imposto é uma oportunidade de fazermos melhor, de nos tornarmos melhor”, comenta. Complementando essa ideia de que a motivação é essencial para empreender, a psicóloga Mariele Roberta Schalanski destacou que o medo de errar não pode ser considerado um motivo para desistir. “Precisamos nos concentrar em histórias de inspiração, focarmos no que amamos e buscar formas de nos reinventarmos todos os dias. Empreender é um ato de coragem que vale à pena”, frisou.

A última noite do evento ainda foi marcada pela graduação da empresa incubada pela Criatec Lavoro Design Integrado. Os sócios Marcel Meller e Alessandro Zangirolami dos Santos receberam o certificado de graduação e mostraram um pouco de sua trajetória enquanto empresa incubada e também falaram sobre os planos para o futuro.

O evento Conexões Empreendedoras foi uma realização da Unijuí, Agit e Criatec, com apoio do Sebrae RS e Governo do Estado do Rio Grande do Sul.


Feira de Carreiras oportunizou o contato entre profissionais e empresas na Unijuí

                    

Com o objetivo de conectar empresas e profissionais dos mais variados segmentos em um momento de troca de informações, apresentação das empresas e suas culturas, divulgação de vagas e oportunidades, a Unijuí realizou, nesta terça-feira, “A Feira de Carreiras 2018”.

No evento, os participantes puderam participar de capacitações, palestras e geração de negócios, além da construção de networking. A Feira conectou profissionais das diferentes áreas com empresas de toda a região. Os participantes participaram de processos seletivos, ao mesmo tempo em que as empresas puderam identificar futuros talentos. Diversas empresas estiveram no evento, entre elas: Sicredi, C-Vale, John Deere, HCI, Focking, Kepler Weber, Bruning, Saur, empresas de recursos humanos, entre outras iniciativas.

“Acreditamos que é importante a Universidade oportunizar estas experiências e conexões sobre carreira e desenvolvimento dos participantes, aproximando as realidades individuais, acadêmicas e profissionais”, salientou a Vice-Reitora de Graduação da Unijuí, professora Cristina Pozzobon.

                         

Um dos destaques da programação foi a palestra de Flávia Gamonar, que falou sobre carreira, empreendedorismo e inovação em uma época de mudanças rápidas, no Salão de Atos Argemiro Jacob Brum. A palestrante é Instrutora oficial LinkedIn Learning, doutoranda em Mídia e Tecnologia, professora na pós-graduação da ESPM, palestrante, LinkedIn Top Voices, ganhadora do Prêmio Digitalks content marketing 2017 e top 3 em 2018 e apresentadora de um quadro sobre redes sociais e carreira no Record News. Ela também é autora do livro “Me dê seu crachá, eu te acompanho até a porta: uma conversa sobre carreira, do você está demitido, ao pedi demissão”.

Flávia contou a sua trajetória profissional e como se tornou Instrutora Oficial do LinkedIn, além de dar algumas dicas e fazer observações sobre gerenciamento de carreira. Ela relatou, entre outras histórias, que ficou um período desempregada e, logo após se recolocar no mercado, passou a escrever no LinkedIn textos sobre mercado de trabalho e carreira profissional. “Descobri ali que eu tinha voz, que gostava de compartilhar com as pessoas. Também descobri o poder do conteúdo: quando a gente é relevante e útil para as pessoas”, contou. Por conta da sua atuação na rede, passou a se dedicar à produção de conteúdo para marcas e a ser contratada pelo próprio LinkedIn. “Às vezes a gente demora para descobrir no que é bom”, complementou.

Durante a Feira também ocorreu o lançamento das próximas ofertas de Pós-Graduação da Unijuí, realizada em conjunto com a Unidade de Educação Continuada da Universidade.

Mini-Talks

Durante toda a tarde também foram realizados diversos “Mini-Talks”, sobre assuntos variados. Confira:

Incubação de empresas: Transformando conhecimento em negócios de sucesso (Maria Odete Palharini/João Fernando Weber/Charles Czyzeski - CRIATEC)

Habilidade social como fator de sucesso profissional (Karin Feistel - Kaminhos Consultoria e

O que é compliance? (Alessandro Bonamigo Heck)

Empreendedorismo: um mundo de oportunidades (Rodrigo Schiavo - SEBRAE/RS)

Você é protagonista da sua Carreira? (Roberto Pinheiro de Matos - SICREDI)

Programas de Trainee (Bruning Tecnometal)

Dicção, desinibição e oratória (Everson Dornelles - RBSTV)

Entrevista de Emprego (Thaise Enriconi Sarreta e Jéssica Batista - Thés Gestão de Pessoas)

Gestão do tempo com foco em produtividade (Leonice Parnoff - L&V Consultoria) -

O Desenvolvimento de competências comportamentais como fator de empregabilidade (Elemar Antônio Lenz - CIEE-RS) - 

Programas de Estágio (JOHN DEERE) - 

Organização e Apresentação do Currículo (Tatiana Giovelli - Vital Gestão Humana)


Fórum de Economia Solidária debate atual cenário para o setor

                     

A economia solidária é um modelo crescente no país, no entanto, ainda busca maior reconhecimento pela comunidade. Para auxiliar nessa discussão, a Agência de Inovação e Tecnologia da Unijuí (Agit), por meio da Incubadora de Economia Solidária, Desenvolvimento e Tecnologia Social (Itecsol), promoveram, na última semana, o Fórum de Economia Solidária, com objetivo de promover questionamentos para o desenvolvimento desse modelo na região.

Para o membro da Executiva do Fórum Brasileiro de Economia Solidária e da coordenação da Associação Brasileira de Pesquisadores de Economia Solidária, e também palestrante do evento, Gilmar Gomes, o movimento da Economia Solidária no Rio Grande do Sul vive um momento importante: “Nós temos que fazer com que cada uma dessas pessoas compreenda que a economia solidária só vai avançar se tiver união. Pode parecer uma bobagem ou uma palavra clichê, mas ela é muito importante porque a economia solidária é uma economia colaborativa, ela precisa que todos compreendam que é preciso ter um objetivo comum”, afirma.

Gomes frisou ainda que eventos como o Fórum de Economia Solidária promovido em Ijuí, mobilizam a população para esse cenário. “Ao meu ver, ela [economia solidária] ficou muito dependente das políticas públicas do governo anterior e, talvez, agora vá enfrentar dificuldades de se reconhecer e viver às próprias custas. Estamos vendo uma desmobilização do Fórum Gaúcho. E ele é a expressão de vários fóruns municipais, portanto, se tem uma crise ou uma percepção de que está frágil é preciso reforçar o trabalho nos municípios. Todo momento de crise é uma possibilidade”, conclui.          


Saiba mais sobre a Economia Solidária

Com objetivo de fomentar a economia por meio do incentivo aos pequenos produtores locais foi que nasceu a ideia da economia solidária. Esse modelo, nada mais é, que uma forma de vender sua ideia ou produto por meio da cooperação, buscando o fortalecimento do grupo e pensando no bem comum. Nesse contexto, a economia solidária vem ganhando força nos últimos anos e se apresenta como uma alternativa inovadora de geração de trabalho e renda, mas, sobretudo, de inclusão social, pois compreende uma diversidade de práticas econômicas e sociais que visam um comércio justo e o consumo solidário.

 Por Giuli Ana Izolan, acadêmica de Jornalismo. 


Unijuí recebe Fórum de discussões sobre modernização de instalações elétricas nas escolas

               

A Unijuí recebeu, nesta terça-feira, 20, o “2º Fórum de Discussões: desafios da modernização para o atendimento energético e sua eficientização em estabelecimentos de ensino do RS”, promovido pela Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão do Estado e Unijuí.

De acordo com a professora Caroline Raduns, do Departamento de Ciências Exatas e Engenharias da Unijuí (DCEEng), o evento vem ao encontro da meta de disseminação dos resultados do Termo de Cooperação entre Unijuí e o Governo do Estado, que visa modernizar as instalações elétricas das escolas estaduais.

“É um momento importante, para compartilharmos resultados com outras universidades que também fazem parte deste projeto. Também podemos socializar com os diretores para demonstrar o trabalho e garantir que futuramente instalações elétricas e o uso de energia seja correto”, comenta a professora.

O coordenador regional da 36ª CRE, Cláudio da Cruz de Souza, presente no evento, destacou a importância da parceria com a Unijuí, em especial para a realização deste projeto. “É uma grande demanda, pelo fato de nós termos prédios muito antigos. Percebemos que a demanda de energia não estava compatível com a rede de energia elétrica”, comenta.

A palestra da manhã foi ministrada pela secretária adjunta de Planejamento, Governança e Gestão do Estado e diretora do Departamento de Monitoramento de Resultados, Melissa Custódio, que falou sobre as parcerias da Secretaria com as Universidades.


Feira de Carreiras conectará empresas e profissionais nesta terça-feira

                           

Nesta terça-feira, dia 20 de novembro, nos turnos da tarde e da noite, será realizada a Feira de Carreiras 2018, evento que conectará empresas e profissionais dos mais variados segmentos em um momento de troca de informações, apresentação das empresas e suas culturas, divulgação de vagas e oportunidades.

A Universidade vai proporcionar capacitações, palestras e geração de negócios, além da construção de networking. Um dos destaques é a palestra com a instrutora oficial do Linkedin, Flávia Gamonar, que vai falar sobre carreira, empreendedorismo e inovação em uma época de mudanças rápidas. A palestra acontece a partir das 19h30, no Salão de Atos da Argemiro Jacob Brum.

A Feira vai conectar profissionais das diferentes áreas com empresas de toda a região. Os participantes poderão participar de processos seletivos, ao mesmo tempo em que as empresas poderão identificar futuros talentos. Diversas empresas estão confirmadas para o evento, entre elas: Sicredi, C-Vale, John Deere, HCI, Focking, Kepler Weber, Bruning, Saur, empresas de recursos humanos, entre outras iniciativas.

“Acreditamos que é importante a Universidade oportunizar este momento, estas experiências e conexões sobre carreira e desenvolvimento dos participantes, aproximando as realidades individuais, acadêmicas e profissionais”, salienta a Vice-Reitora de Graduação da Unijuí, professora Cristina Pozzobon.

Para circular pela Feira não há custo e também não é preciso fazer inscrição, basta ir até o prédio da Biblioteca do campus Ijuí e participar das atividades. É necessário fazer inscrição apenas para participar da palestra principal, o que pode ser feito no site do evento: unijui.edu.br/eventos.


Residência Multiprofissional está com as inscrições abertas

A Unijuí juntamente com a Prefeitura Municipal de Santa Rosa, por meio da Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa (FUMSSAR), está com as inscrições abertas até o dia 02 de dezembro, para a nova turma do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família.

O curso em nível de Pós-graduação Lato Sensu forma profissionais para atuarem preferencialmente na atenção básica da saúde, oferece bolsas de estudo financiadas pelo Ministério da Saúde para profissionais de sete áreas da saúde.

As 11 vagas ofertadas são para os profissionais das áreas de: Enfermagem (4); Farmácia (1); Nutrição (1); Odontologia (2); Psicologia (1); Serviço Social (1) e Educação Física - Bacharelado (1).

O Programa exige dedicação de 60 horas semanais em Atividades de Formação e Atividades de Ensino em Serviços desenvolvidas nas Unidades e Serviços de Saúde de Santa Rosa. Totaliza 5.760 horas, nos turnos manhã, tarde e noite, de segunda a sábado durante os dois anos de programa. Os interessados deverão realizar sua inscrição no Portal da Unijuí.


Cheirinho de Bebê estreia neste sábado falando sobre a infância

O programa é uma produção da UNIJUÍ FM, DCVida e DHE da UNIJUÍ

                   

Chegando a sua terceira edição, o Cheirinho de Bebê no Ar pela UNIJUÍ FM estreia neste sábado, a partir das 9h30, com a temática da infância, abordando aspectos do desenvolvimento, descobertas do corpo, a importância dos cuidados, a função do brincar, o papel da escola e a questão das tecnologias nesta fase da vida. Participam do programa a Enfermeira Obstetra e Sanitarista, Mestre em Enfermagem, professora do DCVida/UNIJUÍ, Arlete Regina Roman; a Nutricionista, Mestre em Alimentos e Nutrição, professora do DCVida/UNIJUÍ, Karina Ribeiro Rios; e a Psicóloga Clínica, Mestre em Educação nas Ciências, Doutora em Educação e professora do DHE/UNIJUÍ, Ângela Maria Schneider Drügg.

A professora Arlete Roman destaca a importância de se discutir a infância a partir de nossas memórias e do olhar de quem está ao lado das crianças nesta fase. “É um tema que convoca, pois nos faz pensar a nossa infância, com quem a gente está todos os dias nesse reconhecimento cada vez maior que a sociedade e as pessoas precisam olhar para a infância como um tema importante, protegê-la, cuidá-la e vivê-la”, afirma.

A experiência das profissionais envolvidas na produção do programa é destacada pela professora Ângela Drügg. “A infância é um tema que me toma muito, toda minha vida profissional trabalhei com questões da infância. As temáticas vão permitir uma boa discussão, pois atravessam todas as preocupações de pais e educadores que lidam com as questões da criança”, explica.

Em 2016 a UNIJUÍ FM estreava a série falando sobre gestação e amamentação, sendo que no ano seguinte, a temática escolhida, como lembra a professora Karina Rios, foram as crianças dos mil dias, isto é, até os dois anos de idade. “Esta terceira edição já esta crescendo, estamos na infância e falar deste tema é sempre muito rico, poder lançar um olhar adequado e pertinente para a infância de hoje, para as crianças, jovens e pequenos que já estão crescendo. Queremos poder auxiliar de alguma forma por esse meio, essa ferramenta tão rica que é o rádio”, avalia.

O Cheirinho de Bebê vai ao ar todos os sábados, 9h30, até o dia 8 de dezembro, sendo disponibilizado na sequência em podcast.


Jogos Digitais: uma carreira em ascensão

                   

Uma das novidades em oferta neste Vestibular de Verão da Unijuí, é o curso de Jogos Digitais. O profissional da área desenvolve e cria os jogos eletrônicos para computadores, celulares, tablets e videogames, criando as regras dos jogos, os personagens, os cenários, animações e as condições para este ser jogado. 

A demanda por este "novo" profissional acompanha a tendência de crescimento do mercado de games no Brasil, afinal, quem não conhece ou interage com algum jogo? Nos últimos 4 anos, o número de desenvolvedores de jogos no país mais do que dobrou. Foi registrado um aumento de 133 para 276 novos desenvolvedores entre 2014 e 2018, segundo dados do Ministério da Cultura.

Segundo o coordenador do curso de Jogos Digitais da Unijuí, Prof. Edson Padoin, só no Rio Grande do Sul foram 24 empresas que passaram a fazer parte da Associação de Desenvolvedores de Jogos Digitais. “Hoje existem ainda poucos cursos de nível superior para desenvolvimento de jogos, e os que existem estão concentrados na região de Porto Alegre e no centro do estado. É um mercado em expansão necessitando de muitos profissionais com formação sólida e pautada na ética e responsabilidade social. Marcas da atuação da Unijuí”, salienta o professor.

Além disso, observa Padoin, a demanda por profissionais nessa área não acontece apenas devido aos grandes estúdios (produtoras), mas também pelo surgimento de médios e pequenos estúdios independentes, capazes de atender as demandas do mercado de forma mais dinâmica e inovadora, criando novos mercados e explorando novas possibilidades.

Na Unijuí o profissional sairá apto para atuar no segmento de Jogos Digitais em empresas produtoras de jogos digitais; agências de publicidade; produtoras de vídeos de animação; veículos de comunicação; instituições educacionais, institutos e Centro de Pesquisa; assim como autônomo na produção de jogos digitais. “Também pode atuar na assessoria técnica de diversos setores que integrem ações entretenimento”, complementa.

O curso terá duração de três anos, com disciplinas de Design, Computação, Modelagem, Animação e Marketing. Saiba mais detalhes na página do curso.


Unijuí apresenta experiência inovadora no Ensino do Cooperativismo

A Unijuí participou do Encontro Estadual de Docentes do Cooperativismo, organizado pela Escoop-Sescoop/RS, com apoio das Universidades, no dia 08 de novembro em Bento Gonçalves.

Na oportunidade foi apresentada a experiência inovadora de ensino do cooperativismo, como resultado da adoção de práticas pedagógicas inovadoras na educação e formação em cooperativismo, através das ofertas na graduação e pós-graduação e integração com a pesquisa, com a adoção de metodologias ativas de aprendizagens. O caso foi apresentado pelo Professor Doutor Pedro Luís Büttenbender, Coordenador do MBA em Gestão de Cooperativas da Unijuí.

Na oportunidade Büttenbender, que é um dos referentes em cooperativismo na Unijuí, expôs a experiência a trajetória histórica da Universidade na educação cooperativa, destacando as experiências recentes de cooperação com o sistema cooperativo e oportunidades futuras de capacitação do sistema e o fortalecimento do cooperativismo e das Universidades. Ainda enfatizou a importância da rede internacional de professores e pesquisadores em cooperativismo na Região Missioneira do Brasil, Argentina e Paraguai, bem como as ofertas do Curso Superior e do MBA em Gestão de Cooperativas, ambos oferecidos em cooperação com o Sescoop/RS e as cooperativas da região, viabilizando um ambiente muito qualificado de aprendizagem, pois todos os acadêmicos possuem atuação profissional nas cooperativas, seja como funcionário ou como associado.

Além da Unijuí, outras instituições convidadas também apresentaram suas iniciativas, resultando num ambiente de troca de experiências, aproximação e capacitação dos docentes participantes.

XVIII Seminário Gaúcho de Cooperativismo

A Unijuí também participou do XVIII Seminário Gaúcho de Cooperativismo, realizado nos dias 08 e 09 de novembro, em Bento Gonçalves, promovido pelo Sescoop/RS. Na oportunidade ocorreram palestras sobre a importância do Cooperativismo, seus avanços e perspectivas futuras, inovações e desafios do fortalecimento do cooperativismo, apresentação de experiências exitosas na gestão de cooperativas e a apresentação e entrega das premiações dos vencedores do Prêmio Ocergs de Cooperativismo e o Troféu Padre Theodor Amstad.

Durante o evento estiveram representando a Universidade o Pró-Reitor do Campus Santa Rosa Ariosto Sparemberger, Coordenador do Curso Superior em Gestão de Cooperativas, Luciano Zamberlan, Coordenador do Curso de Pós-Graduação em Gestão de Cooperativas Pedro Luís Büttenbender, e professor do Dacec Adelar Francisco Baggio. O Evento também contou com a participação de vários egressos dos Cursos de Cooperativismo da Unijuí e outros cursos.

Para o professor Ariosto, “a participação ativa da Unijuí é a demonstração da importância dos laços de cooperação com o sistema cooperativo, e a confirmação de novas iniciativas que visam viabilizar ofertas dos cursos Superior em Gestão de Cooperativas, da Pós-Graduação e projetos pesquisa com a parceria e apoio do Sescoop/RS e das Cooperativas para o ano de 2019 no Campus Santa Rosa. O reconhecimento do sistema cooperativista às contribuições da universidade no ensino, na pesquisa e na extensão para a capacitação e qualificação de todo o sistema cooperativo” destaca o Pró-Reitor.

Crédito das Fotos: Assessoria de Imprensa Sescoop/RS