COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Institucional

Sou Universitário: calouros foram recepcionados pela Unijuí com programação especial

                

Apreensivos, curiosos e empolgados. Com um misto de emoções e sensações, os calouros mostraram as caras no primeiro dia de aula na Unijuí, sendo recepcionados no evento Sou Universitário, que ocorreu nos quatro campi da Instituição, momento em que puderam conhecer um pouco mais da vida na Universidade. Os estudantes veteranos também iniciaram as atividades nesta quarta-feira, 26 de fevereiro, com atividades em sala de aula.

Na programação especial os estudantes tiveram contato com atrações culturais, bate-papo com professores e estudantes, conheceram as possibilidades de ensino, pesquisa e extensão, além de outras questões acadêmicas e de organização da Unijuí, bem como sobre a infraestrutura da Universidade. “Foi uma noite bastante especial, na qual marcamos a volta das aulas para todos os cursos de graduação, com uma programação especial aos ingressantes na Universidade. Procuramos acolher os calouros e mostrar a nossa estrutura, além de marcar como serão os próximos anos destes estudantes e sua trajetória na Instituição”, observou a Reitora Cátia Nehring.

Em cada um dos campi a Unijuí organizou uma programação específica, confira mais detalhes:

Santa Rosa

Os calouros foram recepcionados pelo Pró-reitor, Marcos Paulo Scherer, e pelo Vice-Reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, Fernando Jaime González, além do gerente-adjunto da Coordenadoria de Marketing, Rogério Hansen. Também bateram um papo com Letícia Castro de Oliveira, presidente do DCE no campus Santa Rosa e com o estudante de Gestão de Cooperativas, Jorge Medina. Na sequência assistiram a uma palestra do professor Luciano Zamberlan, do curso de Administração, que mostrou questões importantes da vida em uma universidade. A atração cultural ficou por conta da Cia. Cadagy, que brindou os calouros com diferentes linguagens artísticas, como música, dança, acrobacias, artes cênicas, lutas, artes circenses e malabares.

Ijuí

A saudação e recepção institucional foi realizada pela Reitora, professora Cátia Maria Nehring, e pelo palestrante, professor Matias Nunes Frizzo, que abordou a temática "Sou Universitário". O evento também contou com a presença de professores, coordenadores de curso e técnicos-administrativos. Na programação, ainda, a presidente do DCE dos campi Ijuí, Três Passos e Panambi, Bruna Gubiani, e a estudante do curso de Direito, Anna Carolina Mazzola, conversaram com os estudantes sobre a vida de estudante. A atração cultural da noite foi do Coral Unijuí, que apresentou músicas do seu repertório.

Panambi

O Pró-Reitor do campus, professor Nelson Thesing, e o Vice-Reitor de Administração, professor Dieter Siedenberg, deram as boas-vindas aos estudantes. Também foram apresentados os coordenadores dos cursos ofertados em Panambi, professor Ariosto Sparemberger, dos cursos de Gestão, e a coordenadora do curso de Engenharia Mecânica, professora Patrícia Carolina Pedrali. Logo após os calouros assistiram à palestra “Estudante: trilhando sua carreira profissional”, realizada pelo professor Daniel Baggio. A apresentação cultural da noite contou com a música de Alex Martins e Roberto Basílio.

Três Passos

Em Três Passos os estudantes foram saudados pela Vice-Reitora de Graduação, Fabiana Fachinetto, pelo Gerente de Marketing da Universidade, Giancarlo Bottega, e pelos diretores do Campus, Sandra Otonelli e Emerson da Cruz. A palestra inaugural tratou do tema Filosofia de Vida, realizada por Rudinei da Rosa, Licenciado em Filosofia e Bacharel em Teologia. Além desta discussão, os estudantes ouviram falas da coordenadora do curso de Direito, Márcia Oliveira, e das estudantes Alana Maísa Machado e Júlia Kerber Alves. Luis Guilherme Fleck e Rafael Zanini animaram a noite com boa música.


Unijuí recebe os estudantes de Graduação nesta quarta-feira para o início das aulas

                    

Volta às aulas ou início da trajetória em um curso de Graduação. Na quarta-feira, dia 26 de fevereiro, os estudantes da Unijuí vão iniciar um novo ano letivo, em atividades nos quatro Campi: Ijuí, Santa Rosa, Panambi e Três Passos. Os calouros serão recepcionados com uma programação especial, momento em que terão o primeiro contato com os principais aspectos da vida universitária, enquanto os veteranos iniciam diretamente as aulas.

Segundo a Vice-Reitora de Graduação, professora Fabiana Fachinetto, a Unijuí está preparada para receber os estudantes dos cursos de Graduação e com grande expectativa. “Vamos apresentar a Universidade aos calouros, em termos de estrutura e do que significa estar em uma Universidade, que além do ensino, proporciona pesquisa, extensão, cultura e internacionalização, com intercâmbios para outros países ou por meio da convivência com estudantes de outras nacionalidades que estudam aqui no Brasil”, observa. Ainda de acordo com a professora, os professores e técnicos-administrativos da Instituição também passaram por formações e atividades de preparação para o início das atividades em 2020.

Iniciam as atividades nesta quarta-feira os estudantes da maioria dos cursos de Graduação Presencial da Universidade, pois os estudantes da modalidade EaD e também os estudantes de Medicina já iniciaram as atividades no dia 17 de fevereiro.


Startup incubada na Criatec concorre a investimento em Programa de Aceleração

                

A Agextec, incubada na Incubadora de empresas de Inovação Tecnológica da Unijuí, a Criatec, está entre as 12 melhores Startups do Agronegócio em uma Programa de Aceleração de Startups, concorrendo a investimentos da Aceleradora Ventiur. O fundo de investimentos conta com a participação de agricultores e produtores dos mais variados setores do agro.

A AgexTec oferece ferramentas digitais capazes de aumentar a assertividade do planejamento agrícola. A partir de um software desenvolvido pela Next Season Systems (Nebraska, EUA), fruto de parte da pesquisa de Doutorado de Cesar, o sistema concentra os últimos avanços da pesquisa agrometeorológica, e, por meio de um aplicativo, avalia as características das lavouras e apresenta sugestões de manejo de fácil entendimento, revertendo os desperdícios em maior rentabilidade para os produtores. A empresa é especializada no monitoramento da evolução de lavouras, condições do tempo, diagnóstico dos solos, modelagem agrícola e programação de algoritmos capazes de reduzir os desperdícios e aumentar a eficiência da agricultura.

Segundo Cesar Augusto Fensterseifer, sócio-diretor da empresa, muitos produtores têm prejuízos pela dificuldade de acesso à tecnologia e falta informações das lavouras.  “Queremos, por meio de uma rede de estações meteorológicas, cruzar as informações registradas pelos equipamentos e realizar o monitoramento da ferrugem asiática e, com base nas temperaturas e umidade relativa do ar, traduzir na forma de um semáforo para o agricultor as condições ótimas de aplicação: Spray na cor vermelha piscando no celular, não aplicar; spray amarelo pode aplicar, mas com eficiência reduzida; e o spray verde piscando indica condições ótimas para aplicação. O agricultor não precisa entender ou traduzir os efeitos dessas variáveis e a atualização acontece a cada 5 minutos”, explica o sócio-diretor da AgexTec, Dr. Cesar Fensterseifer.


Novos professores recebem formação sobre Políticas Institucionais da Universidade

                

Nos dias 12, 13 e 19 de fevereiro de 2020 a Vice-Reitoria de Graduação e a Vice-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão juntamente com o Núcleo de Apoio Pedagógico Institucional-NAPI, recepcionaram os novos professores que ingressaram na Instituição. 

O objetivo foi apresentar aos docentes elementos constitutivos das Políticas Institucionais relacionadas ao Ensino de Graduação, Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura, conhecer os Núcleos de Apoio Pedagógico Institucional e os diversos setores acadêmicos que podem auxiliar na organização cotidiana do trabalho docente, bem como a interação destas à cultura organizacional.

Na programação do dia 12 de fevereiro foram tematizados pela Prof. Fabiana Fachinetto as Políticas e Diretrizes do Ensino de Graduação. No dia 13 de fevereiro os Setores de Apoio Institucional: Recursos Humanos, Secretaria Acadêmica, Central de Atendimento, Procuradora Institucional - Comissão Própria de Avaliação (CPA) Núcleo de Educação a Distância (NEaD), Núcleo de Acompanhamento e Acessibilidade Institucional (NAAI), Biblioteca (BUMOM). 

E finalmente no dia 19 de fevereiro o Vice-Reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão - Profº Fernando Jaime González, explicitou as Políticas de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão. Também participaram deste momento a Agência de Inovação Tecnológica - AGIT a Unidade de Educação Continuada - UEC e o Escritório de de Relações Internacionais. 


Laboratório de Engenharia Civil da Unijuí realiza investimento de mais de 54 mil para aquisição de software

Ferramenta vai permitir que o Laboratório aumente os serviços ofertados.

 

O Laboratório de Engenharia Civil da Unijuí (LEC), além de ser um espaço de aprendizagem para estudantes da graduação, realiza serviços para a comunidade externa. São cerca de 100 serviços ofertados para construtoras, prefeituras e fábricas durante o ano todo. Em 2020 esses dados devem aumentar.

A aquisição do software "TESC versão 5" permitirá ao Laboratório qualificar ainda mais a análise de dados dos ensaios realizados e aumentar a capacidade de demanda. O software consiste em um aplicativo para a realização de ensaios em prensa de ensaio, para operação em ambiente Windows 7 / 8 / 10 compatível com as prensas da marca Emic.

O software possui precisão de cálculos comprovada por meio de mais de duas mil cópias em operação nos mais renomados laboratórios. Além disso, tem um banco de dados com coletânea de parâmetros de ensaios exigidos pela maioria das normas e procedimentos aplicados ao controle de qualidade e pesquisa de materiais.

De acordo com o responsável técnico do Laboratório, Luiz Irineu Donato, a aquisição foi realizada com recursos próprios, cerca de R$ 54 mil, e é fundamental. “Além de estarmos com um software atualizado, a nossa confiabilidade nos resultados será ainda maior”, comenta Luiz.

O Laboratório de Engenharia Civil passará a utilizar o software a partir da segunda metade de março. Para isso, Luiz explica que passará por um momento formativo, que o qualificará para a utilização do programa. Os equipamentos comandados pelo programa representam cerca de 90% dos serviços realizados pelo LEC.


Unijuí acompanha o sorteio de bolsas de Pós-Graduação, realizado pela Prefeitura de Ijuí

O sorteio de bolsas de estudo para funcionários municipais é uma das contrapartidas para implantação do curso de Medicina em Ijuí.

Nesta quinta-feira, 20 de fevereiro, a prefeitura de Ijuí, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), realizou o sorteio de dez bolsas de Pós-Graduação ofertadas pela Unijuí. As bolsas, que irão contemplar servidores da rede municipal de saúde, são de gratuidade total, sendo ofertadas como forma de contrapartida à implantação do curso de Medicina em Ijuí.

O sorteio tem também como objetivo especializar profissionais, qualificando ainda mais o serviço público. As vagas sorteadas são para quatro cursos, entre eles: Oncologia e Gestão e Atenção Farmacêutica, com inscrições abertas no momento, além de Enfermagem Obstétrica e Saúde Mental, que serão ofertados no segundo semestre.


Unijuí apoia e beneficia diferentes modalidades esportivas na região

Com o objetivo de incentivar e fortalecer a prática de esportes no município de Ijuí e região, a Unijuí apoia e é parceira de diversas modalidades esportivas que estão crescendo constantemente no noroeste do estado. Confira os grupos apoiados pela Unijuí.

Grupo de ciclismo Pindorama Bicicletas/Unijuí: a prática do ciclismo tem crescido muito nos últimos anos e, para contribuir com esse crescimento, a Unijuí auxilia com o patrocínio do grupo de ciclistas Pindorama Bicicletas/Unijuí. A equipe conta com pessoas de diferentes faixas etárias, que participam de diversos campeonatos de ciclismo pelo estado.

João Afonso Frantz, incentivador e apoiador da equipe, comenta os benefícios do apoio ao esporte: “o alto custo para a prática do ciclismo tem dificultado a participação dos atletas nas competições. Os apoios, além de auxiliar na manutenção das despesas decorrentes das participações nas competições, especialmente estaduais, servem também para incentivar outros jovens a iniciar uma prática esportiva, que auxilia na saúde e na sociabilidade”, destaca o apoiador. 

Os ciclistas da equipe, para o ano de 2020,  prometem muitos treinos e dedicação, esperam melhorar nas provas ou ao menos manter o bom desempenho do ano de 2019. 

Escolinha de Futebol GBM-Ijuí: a Escolinha de Futebol GBM busca formar atletas, promovendo a integração social, a participação e a motivação. A Escolinha também consegue, a partir dos patrocínios, promover a inclusão social, disponibilizando bolsas para alunos carentes.  O GBM-Ijuí conta com cerca de 100 atletas, de 05 a 15 anos, realizando treinos em Ijuí nas segundas-feiras e sábados e, recentemente, ampliou os treinamentos abrindo uma unidade na cidade de Panambi, contando com 30 alunos no local.

Luciano Metztorf, integrante da comissão técnica da Escolinha, comenta as conquistas da equipe a partir do apoio que recebe da Universidade: “com a parceria e o patrocínio da Unijuí, desenvolvemos durante o ano de 2019 atividades como treinamentos e participação em campeonatos e torneios em várias cidades do Rio Grande do Sul e Santa Catarina”. Sobre o planejamento para este ano, Luciano afirma: “para 2020 o GBM tem um planejamento muito bom, sendo que iniciou o ano participando da 1ª Copa Cidade Jardim na cidade de Três de Maio, ocasião em que sagrou-se campeão na categoria sub-11, e está projetando a participação em grandes torneios, sendo um deles de maior destaque, o campeonato estadual de futebol, dentre outros nas cidades de Ijuí, Coronel Barros, São José do Oeste/SC, Santo Augusto, Cruz Alta, Espumoso, Três de Maio, Catuípe, Júlio de Castilhos, Não-Me-Toque, Giruá, Três Coroas e Passo Fundo. Além disso, estaremos reforçando os convênios com as equipes do Juventude de Caxias do Sul, Grêmio e Internacional de Porto Alegre, com o encaminhamento de jogadores para treinamentos e testes nesses clubes”, acrescenta.

Esporte Clube Ijuí: o Esporte Clube Ijuí, equipe feminina de futebol, realiza todo o seu trabalho  de forma gratuita, não são cobradas mensalidades em nenhuma das suas categorias, realizando o sonho de diversas atletas do município.

Marli Lourenzon, participante da comissão técnica do Esporte Clube Ijuí, destaca a importância do apoio da Unijuí. “Para o Esporte Clube Ijuí  foi muito importante a parceria que foi feita com a Universidade, pois podemos dar continuidade ao nosso projeto de futebol feminino. A marca Unijuí nos confere bastante credibilidade e, para  2020, projetamos  voltarmos a jogar o estadual de futebol feminino e darmos sequência aos projetos sociais desenvolvidos pelo clube. Ainda procuramos disponibilizar material de passeio e arrecadar alimentos para os menos favorecidos. Todas as viagens para os jogos são sem custos para as atletas”, complementa Marli.

Team Fagundes, equipe de jiu-Jitsu: a equipe de Jiu-Jitsu, além de participar de diversos campeonatos importantes em nível nacional e internacional, ainda atua dando aulas de Jiu-Jitsu para a comunidade de Ijuí.

Daniel Fagundes, responsável pelo Team Fagundes, comenta a importância da Unijuí no processo de crescimento da sua equipe e do esporte no município: “a melhor parte de tudo isso que está acontecendo é o número de competidores da nossa equipe crescendo a cada dia. Temos diversos campeões em campeonatos de nível estadual e, no ano passado, tivemos o prazer de subir em pódios importantes, como o do New York Open e do Brasília International Pro. Com certeza neste ano vamos em busca de mais resultados”, salienta o atleta.

Em 2020, o Team Fagundes irá participar de diversos campeonatos no Brasil, iniciando pelo South American Abu Dhabi Jiu-Jitsu Professional, em Gramado, no mês de fevereiro e, posteriormente, em abril, a equipe participará do Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu, além de estar confirmado no Abu Dhabi Grand Slam de Los Angeles, que acontece no final do ano.

 


Egressos de licenciatura da Unijuí se destacam em concurso na região

 

Imagem: reprodução internet

Três egressos do curso de licenciatura em Educação Física da Unijuí ocuparam os três primeiros lugares de concurso público para professor na região noroeste do Estado. O processo seletivo ainda deve revelar as colocações finais após a prova de títulos.

Júlia Stiebbe Callai, Ângela da Cruz e Diego Lorencena são os egressos aprovados. Para a Júlia, que se forma ainda neste mês, a bibliografia estudada durante a graduação na Unijuí foi fundamental para o seu bom desempenho.

“A bibliografia usada para a elaboração das questões eram, em sua maioria, autores que eu já havia lido durante o curso, por indicação dos professores ou até por terem sido estudados em aula. Portanto, no momento de estudar para a prova os assuntos não eram novos, mas apenas precisavam ser revisados. Dessa forma, sou bastante grata por ter tido bons professores na graduação, que buscavam nos sugerir leituras para além daquilo que eles conseguiriam dar conta no componente curricular”, comenta.

A Unijuí é uma Universidade com mais de 60 anos de tradição no ensino superior. É excelência acadêmica em todas as modalidades, seja ela presencial ou a distância.

Atualmente a Universidade oferta cinco cursos de licenciatura na modalidade presencial e a distância, essa última permite ao estudante a comodidade de estudar em qualquer horário, lugar e dispositivo, são eles: Educação Física, Pedagogia, Letras, História e Matemática.

Conheça os cursos ofertados pela Unijuí na modalidade presencial e a distância no Portal da Unijuí. As inscrições para o Vestibular Contínuo e Vestibular EAD estão abertas. Acesse www.unijui.edu.br/vestibular.  


Convênio com instituição de ensino do Senegal poderá efetivar intercâmbios de estudantes da Unijuí na África

O professor Roberto Carbonera, vinculado ao Curso de Agronomia e ao Mestrado em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade da Unijuí, esteve no Senegal, onde a renovação do convênio foi assinada.

 

Desde 2014 a Unijuí e o Instituto Superior de Ensino Tecnológico Aplicado (Iseta), localizado na cidade de Tambacounda, no Senegal, possuem um convênio de cooperação. O convênio já efetivou a vinda de três estudantes senegaleses ao Brasil, para estudar na Unijuí: Mamadou Boye Diallo, cursa o Mestrado em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade, já o acadêmico Amath Ndao e a acadêmica Aissatou Diouf, cursam Agronomia no campus Ijuí. Com a viagem do professor Roberto Carbonera, no começo do mês de fevereiro, o convênio foi renovado e a ideia agora é permitir que estudantes brasileiros também possam realizar estudos no país africano. 

De acordo com o professor, a ideia é trabalhar com a possibilidade de intercâmbios mais rápidos, não necessariamente para fazer o curso todo. “Os alunos de lá querem conhecer o Brasil e acredito que será possível a ida de nossos estudantes, pois a Iseta tem interesse em receber nossos acadêmicos. Além disso, queremos também quebrar esse tabu de olhar somente para a Europa, para a América do Norte ou para a Ásia. A África tem muita expectativa positiva em relação ao Brasil, eles enxergam o país como um modelo de desenvolvimento, percebem os avanços daqui e acreditam que a realidade deles se aproximam com a realidade brasileira”, ressalta Carbonera.

A viagem, de acordo com o professor, tinha três objetivos: participar da Conferência sobre “Desenvolvimento Agrícola Brasileiro, com ênfase à Agricultura Familiar” voltada para estudantes do Iseta e jovens de Tambacounda; renovar o convênio entre Unijuí e Iseta, que foi assinado pelo diretor do Instituto, Mamadou Boye Diallo, e já havia sido assinado pela Reitora da Unijuí, a professora Cátia Maria Nehring; e estabelecer um aprofundamento das relações com a região de Tambacounda e a região de Dacar, capital do Senegal. Para Carbonera, a realização da viagem foi muito produtiva e os objetivos foram cumpridos.

Ele explica que o Iseta é praticamente o único instituto superior de Tambacounda e, assim como Ijuí, a cidade tem quase 80 mil habitantes e também fica distante cerca de 400 km da sua capital, Dacar. “Lá existe uma perspectiva de desenvolvimento do ensino superior, em um movimento semelhante ao realizado pela Unijuí, buscando a qualificação profissional e evitando a migração massiva que aconteceu recentemente no país africano”, relata. 

Unijuí na África - A partir da experiência do curso de Agronomia com estudos da agricultura em municípios da região noroeste do Rio Grande do Sul, foi feita a proposta de realização de estudos semelhantes na cidade de Tambacounda. “Essas pesquisas são um diferencial do curso de Agronomia da Unijuí, então a ideia é levar isso para lá, envolvendo cerca de 10 pessoas da Universidade, entre professores e estudantes do mestrado e também da graduação, trabalhando em conjunto para fazer um diagnóstico mais aprofundado na região”, diz o professor. Segundo ele, a organização dos agricultores é diferente do que existe aqui: “lá o agricultor não tem a propriedade da área, a moradia acontece em vilas e não de forma individual como aqui. Temos então a expectativa de fazer esse estudo e comparar realmente como é a agricultura lá e aqui”.

Na agenda cumprida no Senegal, o professor esteve reunido com o prefeito de Tambacounda e também, na capital, Dacar, foram realizadas reuniões nos Ministérios de Formação Superior, da Agricultura, da Produção Pecuária e Horticultura, para além de uma reunião com o Embaixador do Brasil em Dacar. “O prefeito de Tambacounda demonstrou inclusive interesse em interagir com o município de Ijuí e farei contato com o prefeito Valdir Heck para viabilizar isso”, destaca Carbonera. 


Ação “Dia do Bem - Volta às aulas” é realizada pela Incubadora de Economia Solidária

 

Nesta terça-feira, 18, a Agência de Inovação e Tecnologia, por meio da Incubadora de Economia Solidária, Desenvolvimento e Tecnologia Social da Unijui, realizou a entrega de materiais escolares aos filhos dos catadores associados na Acata e na Arl6, associações que recebem a assessoria da Itecsol.

O objetivo da acão “Dia do Bem – Volta às aulas” é proporcionar um volta às aulas com dignidade e igualdade para estas crianças, incentivar a importância dos estudos para o desenvolvimento intelectual, social e futuramente econômico. Ao longo do ano essas crianças são acompanhadas pela incubadora durante as visitas, encontros e reuniões realizadas nos galpões de reciclagem.

A ação está na terceira edição e desde o início tem trazido resultados satisfatórios quanto a frequência escolar e a melhora do aprendizado das crianças. Neste ano contou com o apoio das empresas Nova Tech e Lojas Campeã, além de colaboradores da Agit. A ação beneficiou 23 crianças entre o nível fundamental e médio.