COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Coronavirus

Estudo sugere que o distanciamento social insuficiente pode estar relacionado com o rápido aumento de casos de covid-19 em Ijuí

             

Um estudo da Unijuí, por meio do Mestrado em Atenção Integral à Saúde, relacionando a adesão ao distanciamento social e a rotina diária da população de Ijuí com a evolução no número de casos de covid-19, sugere que as medidas de prevenção realizadas nos meses de abril e maio podem ter sido insuficientes para evitar o aumento na transmissão do coronavírus na cidade. O estudo demonstra que o distanciamento social estava em torno de 66% no início de abril, sendo diminuído para aproximadamente 50% no final do mês de maio, coincidindo com o aumento de cerca de três vezes no número de casos em Ijuí (entre 24/5 e 7/6), alcançando os 100 casos no dia 21/06, duas semanas antes do previsto (05/07) considerando uma estimativa de crescimento rápido (exponencial) de casos na cidade.

O estudo sugere que a implementação de medidas de prevenção que promovam  uma diminuição de 50% na taxa de transmissão do coronavírus nos próximos 15 dias, pode ter um importante efeito na redução do número de pessoas expostas ao vírus. Com a redução da taxa de transmissão, a proporção da população exposta poderá reduzir para 20% em um cenário no qual 80% da população de Ijuí poderá estar exposta ao vírus caso nenhuma medida for tomada. Consequentemente, esta redução na exposição terá impacto direto na diminuição no número de infectados, hospitalizações e mortes, evitando ou atenuando a sobrecarga no sistema de saúde público e privado. Assim, os autores reiteram a importância do cumprimento das medidas de prevenção recomendadas pelos decretos municipal e estadual. 

Os dados utilizados para esta análise foram obtidos a partir dos resultados da pesquisa epidemiológica sobre o coronavírus (EPICOVID19-RS) realizada quinzenalmente pela Unijuí em parceria com a Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Os resultados correspondem ao comportamento social informado de 1.750 moradores de diferentes bairros de Ijuí, de todas as idades. O estudo epidemiológico em Ijuí, que tem como coordenadora local a professora do Programa de Pós-Graduação em Atenção Integral à Saúde, Evelise Moraes Berlezi, terá mais quatro rodadas previstas, sendo a próxima já no final de semana (dias 27 e 28 de junho). 

O artigo intitulado “Insufficient social distancing may be related to a future COVID-19 outbreak in Ijuí-Brazil: Predictions of further social interventions.” (tradução aproximada: distanciamento social insuficiente pode estar relacionado a um futuro surto de casos de COVID-19 em Ijuí-Brasil: Predições sobre intervencões sociais adicionais.) está divulgado no modo online, no link  https://www.medrxiv.org/content/10.1101/2020.06.22.20132910v1. Os autores optaram pela divulgação no modelo pré-print (divulgado mesmo antes da revisão científica de especialistas), considerando a urgência na divulgação dos resultados, a fim de contribuir como alerta à população acerca da importância e relevância dos cuidados necessários, como o distanciamento social, higienização e uso de máscara, que devem ser tomados neste momento em que a transmissão do coronavírus na cidade está em pleno crescimento. Além disso, embora com base em dados locais, o estudo pode gerar generalizações que podem ser consideradas para outras cidades e subsidiar medidas de políticas públicas e uma melhor compreensão entre os níveis de adesão necessários de distanciamento social para conter a pandemia. 

Os autores destacam, ainda, que este tipo de estudo só pode ser realizado devido a participação cuidadosa e eficiente da equipe de voluntários da pesquisa EPICOVID19-RS em Ijuí, composta principalmente de estudantes dos diferentes cursos da área da saúde e biológicas da Unijuí (Biologia, Biomedicina, Estética, Farmácia, Fisioterapia, Medicina e Nutrição) e alunos do Mestrado em Atenção Integral à Saúde (Programa em associação entre a Unijuí e Unicruz), assim como pela ampla divulgação de informações sobre os casos de covid-19 do município de Ijuí.

            


Secretário de Governança e Gestão Estratégica do Estado debate perspectivas socioeconômicas em evento do Corede Noroeste Colonial

              

Nesta segunda-feira, dia 22, o Corede Noroeste Colonial promoveu debate sobre as perspectivas socioeconômicas em razão da pandemia de covid-19, contando com a participação do secretário de Governança e Gestão Estratégica do Rio Grande do Sul, Claudio Leite Gastal, O diálogo foi mediado pelo presidente do Corede, professor Nelson Thesing e pelo ex-presidente e agora coordenador do Programa de Mestrado e Doutorado em Desenvolvimento da Unijuí, professor Sérgio Allebrandt.

Transmitido abertamente para toda a região, o objetivo foi discutir sobre os desequilíbrios sociais, o estudo, o planejamento e o acompanhamento das ações públicas da região, em prol do desenvolvimento, além de projetar ações que possam minimizar, não só os impactos da pandemia, mas também garantir uma visão a curto e médio prazo, de ações que possam desenvolver a comunidade.

O presidente do Corede, Nelson Thesing, comenta os principais desafios que se colocam neste contexto: “a primeira questão que se coloca, afinal, é: o que o estado do Rio Grande do Sul vai ter de instrumento para auxiliar o desenvolvimento? Que tipo de acesso das políticas públicas pode contar com o apoio do governo federal? Que tipo de diálogo nós vamos estabelecer com nossas administrações municipais e com nossa comunidade? Esse é o primeiro desafio. O segundo desafio que se coloca, é o que efetivamente cada área, cada setor nós podemos começar a trabalhar nas próximas semanas?”, questiona.

Confira o debate na íntegra:

           


NOTA AOS ESTUDANTES E PROFESSORES DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL DA UNIJUÍ

Considerando a Portaria MEC nº 544/2020, publicada no dia 17/06/2020, que autorizou a substituição das disciplinas presenciais por atividades online até 31 de dezembro de 2020, bem como o Plano de Distanciamento Controlado implantado no Estado do Rio Grande do Sul, autorizando o retorno ao presencial apenas dos estágios e das atividades práticas de laboratório de pesquisa e ensino, vimos informar aos estudantes da Unijuí o que segue:

 

  1. A Portaria MEC nº 544/2020, ao autorizar a substituição das disciplinas presenciais por atividades online até 31 de dezembro de 2020, ressaltou que essa é uma opção da instituição de ensino. Neste sentido, reafirmamos que nossa real expectativa é de retornarmos à presencialidade de todas as atividades dos cursos de graduação tão logo o Governo do Estado do Rio Grande do Sul permita, o qual semanalmente está reavaliando a política de enfrentamento ao COVID-19 e atualizando as normativas e protocolos. De qualquer maneira, as atividades acadêmicas do 2º semestre começam no dia 03 de agosto, conforme previsto nos calendários institucionais;

  2. O Governo do Estado do Rio Grande do Sul autorizou o retorno presencial imediato tão somente dos estágios e das atividades práticas de laboratório de ensino e pesquisa, exigindo o cumprimento de uma série de medidas preventivas. Diante disso, a Universidade está organizando o retorno exclusivamente destas atividades, a partir da avaliação e definição da coordenação e Núcleo Docente Estruturante de cada curso de graduação.

  3. Cada curso de graduação está construindo o cronograma de retorno e de recuperação das atividades práticas presenciais e de estágio, o que acontecerá a partir do dia 24 de junho de 2020, priorizando o retorno gradual e escalonado ao presencial das turmas que têm estudantes formandos nos 1º e 2º semestres deste ano e somente daquelescursos que possuem a necessidade de realizar tal atividade neste momento.

  4. Alguns cursos irão recuperar as atividades práticas e estágios somente em meados de agosto, considerando especialmente o cenário de redução ou agravamento da pandemia e os critérios estabelecidos no Plano de Distanciamento Controlado. Isso será comunicado a cada turma.

  5. A comunicação aos estudantes com indicação de quais turmas com atividades práticas e estágios retornarão imediatamente ou no decorrer do segundo semestre, assim como do dia e do turno de cada atividade, será realizada a partir da secretaria de cada curso de graduação.

  6. Ratificamos nosso compromisso em cumprir a carga horária de estágios e de atividades práticas de todas as disciplinas ofertadas neste 1º semestre de 2020, com o uso de meios e tecnologias digitais e informação/ comunicação ou de forma presencial. Neste sentido, informamos que o MEC delegou à universidade a avaliação e decisão das substituições cabíveis, sendo que é o que estamos fazendo a partir das Diretrizes Curriculares Nacionais de cada curso de graduação.

  7. Quanto ao programa de bônus concedido na rematrícula para o 2º semestre (Resolução Conselho Diretor da FIDENE nº 03/2020), salientamos que foi levado em consideração a economia da universidade projetada até o mês de setembro, mesmo ratificando nossa expectativa de retornar presencialmente em meados de agosto.

 

Por fim, conclamamos a todos para individualmente seguir em frente e coletivamente perseverarmos no esforço rigoroso e comprometido com as medidas de segurança e distanciamento em nossos municípios. Sigamos firmes e continuamos à disposição de todos por meio dos nossos canais de comunicação para apoiá-los nas dificuldades encontradas. Os espaços da universidade continuam vazios, mas esperamos que possamos voltar a nos rever e compartilhá-los o mais breve possível. Lembrem, não podemos abandonar nossos sonhos; vamos enfrentar os desafios que nos fortalecem.


Universidades promovem o evento Enfrentamento à Covid-19: horizontes da Educação

Evento vai discutir os principais pontos de atenção nas áreas epidemiológica, pedagógica e jurídica

 

   

         

Nos últimos meses, escolas e instituições de ensino superior vêm se desdobrando para que a educação não pare durante a pandemia. E se a nova rotina mudou a forma de educar, é importante refletir sobre como será o novo futuro educacional. Pensando nisso, Crub, Abiee, Abruc, Abruem, Acafe, Andifes, Anec, Anup,  Comung e Forcom vão promover o Enfrentamento à Covid-19: horizontes da Educação.

Será uma série de webinars para levar informações atualizadas e novas perspectivas que vão ajudar reitores, dirigentes de instituições de ensino, diretores de escola, coordenadores, professores e corpo jurídico a se preparem para a volta à presencialidade. O evento ocorre de 22 a 24 de junho, com a participação de nomes nacionais e internacionais, e vai discutir os principais pontos de atenção nas áreas epidemiológica, pedagógica e jurídica.

As inscrições são gratuitas. Para mais informações e participar do evento, acesse o nosso site: https://bit.ly/Horizontes_Educacao


Unijuí publica resoluções acadêmicas em razão da pandemia de Coronavírus

          

Confira portarias que regulamentam atividades acadêmicas da FIDENE/UNIJUÍ enquanto durar a pandemia da covid-19:

Resolução AUTORIZA “ad referendum” da plenária do CONSU, em caráter excepcional, a substituição das aulas presenciais em andamento no primeiro semestre de2020, por aulas que utilizem meios e tecnologias digitais por um período de trinta dias, atendendo ao disposto da Portaria MEC nº 343 e também visando primar pelo cumprimento do calendário acadêmico sem prejuízos aos estudantes, professores e técnicos-administrativos e de apoio durante a pandemia do novo coronavírus - COVID-19 instalado no país. Leia o documento clicando aqui.

Outra resolução do o Consu autoriza, de forma extraordinária, enquanto perdurar a pandemia COVID-19, aplicar a sistematização para as disciplinas na modalidade presencial e a distância de modo online. Confira na íntegra a resolução

Além disso, a Vice-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão também regulamenta aulas, atividades, bancas e outras situações. Clique aqui para ler o despacho na íntegra.