COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Ensino

Pós-Graduação em Gestão Bancária e Negócios teve início

             

Na noite desta sexta-feira teve início a Pós-Graduação em Gestão Bancária e Negócios, uma parceria entre a Unijuí e o Banrisul. A proposta atende a demanda de organizações bancárias e de serviços da região e a necessidade de qualificação profissional em nível de especialização para egressos que desejam trabalhar na área financeira, como em bancos e outras instituições do ramo.

A aula inaugural foi realizada por Lauro Haas e ocorreu no Centro de Eventos do Campus Ijuí. Participaram o gerente executivo da Unidade de Gestão de Pessoas do Banrisul, Márcio Kaiser, que também é gerente executivo da Universidade Corporativa do Banrisul, o superintendente regional, Vilmar Ritter e o gerente do Banrisul em Ijuí, Solano Robin. Pela Unijuí estiveram presentes a chefe do Departamento de Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação (DACEC), Euselia Paveglio Vieira, na oportunidade também representando a Reitoria e o coordenador do curso, professor Daniel Baggio.

O curso visa desenvolver uma visão global e integrada das atividades empresariais, capacitando o profissional para análise crítica e foco na criação de valor para a organização, principalmente em capital intelectual capaz de gerar e utilizar instrumentos que capacitem futuros gestores qualificados para o processo de decisão. Será ofertado na modalidade EaD, no ambiente virtual de aprendizagem da Unijuí, estruturado com recursos e ferramentas tecnológicas especialmente para os estudantes desta Universidade. As atividades realizadas a distância representam 70% da carga horária do total do curso e os demais 30% acontecem em encontros presenciais.


Formação Docente discute Metodologias da Problematização

 

Dois dias para docentes da Unijuí discutirem e debaterem as metodologias de ensino e aprendizagem. O Programa de Formação Continuada Docente reuniu dezenas de professores para uma conversa com a professora doutora Neusi Berbel, autora de livros sobre metodologias de problematização. A atividade formativa teve início na tarde desta terça-feira, 09, e segue nesta quarta-feira.

De acordo com a Neusi, Metodologias da Problematização, tema do mini curso ministrado aos professores, é uma metodologia de ensino apropriada para pesquisa, extensão universitária e outros formatos de formação. “A necessidade dessa complementação pedagógica constante se dá para que eles (docentes) possam aliar o conhecimento profundo na área que atuam profissionalmente com a parte do ensino, para que seja cada vez de maior qualidade” comenta a professora.

O Programa de Formação Continuada de Docentes desenvolve atividades durante o ano todo com professores do ensino superior da Unijuí. Para a professora Cristina Pozzobon, Vice-Reitora de Graduação da Unijuí, as atividades visam qualificar ainda mais as salas de aula. “Estamos falando de atividades que dão suporte ao fazer docente a partir desta capacitação, atualização e discussão de temáticas afeitas à metodologia, à avaliação e ao contexto da educação superior como um todo” salienta a professora.


Seminário de Formação reúne professores de escolas de Ijuí

O Seminário de Formação sobre Folclore Regional, Cultura Popular e Cultura Tradicional Gaúcha, do projeto Escola, Folclore e Cultura, ocorreu na manhã deste sábado, 6 de julho. O projeto é realizado pela Unijuí e Unijuí FM, com apoio da Coordenadoria Regional de Educação e da Secretaria Municipal de Educação. Na ocasião, professores de Educação Infantil, Anos Iniciais e Anos Finais de escolas públicas e privadas de Ijuí, receberam informações detalhadas sobre o cronograma de execução do projeto, e participaram de  estudo e formação continuada, com as professoras do Departamento de Humanidades e Educação da Unijuí, cursos de Pedagogia e Letras, respectivamente, Lídia Alebrandt e Taíse Possani.

                 

As escolas também receberam CD com conteúdos folclóricos, produzido pela Unijuí FM com apoio das professoras envolvidas no projeto, com 50 áudios abrangendo as temáticas do folclore regional – subdividida em lendas, contos e tradições – e das culturas populares e tradicionais gaúchas – entre elas, a linguagem, ditados, as danças, músicas, poesias jogos e brincadeiras. Este material editado em áudio, com locução, sons e efeitos, será utilizado em sala de aula, possibilitando a exploração do imaginário dos alunos, a aprendizagem dos conceitos e conteúdos, complementando os estudos sobre o folclore. 

Sala de aula - Na formação, foi lançada a próxima etapa do projeto: a realização de atividades nas escolas,  contemplando três níveis de educação básica. São elas: 

1) Artistas Mirins (Educação Infantil): resgate de artefatos e/ou personagens de lendas do folclore gaúcho, por meio da realização de atividades envolvendo instalações, artes plásticas, ilustrações, etc. A escola organizará uma mostra dos trabalhos, ocasião em que a Rádio Unijuí FM se fará presente para acompanhar a socialização dos saberes, registrar em fotos, áudios e vídeos e entrevistar as crianças a respeito de suas produções. 

2) Pequenos Jornalistas (Anos Iniciais): resgate da cultura popular, brincadeiras, ditados, músicas, poesias a partir da pesquisa histórica, bibliográfica e, também, a partir de entrevistas com detentores da memória e do saber do povo (pais, avós, bisavós, professores). O trabalho será finalizado com a narração oral da pesquisa, em momento de socialização com a Unijuí FM, numa imitação de cabine radiofônica, em que serão locutores por um dia, transmitindo as informações da pesquisa. 

c) Jovens Escritores (contemplando alunos dos Anos Finais): prevê a pesquisa sobre termos e expressões idiomáticas do gaúcho, tanto os utilizados no passado, quanto os atuais termos que marcam os dialetos do Rio Grande do Sul. Cada turma poderá contribuir com a pesquisa de até 10 verbetes, os quais serão utilizados para a elaboração do “Dicionário de Falares do Gaúcho”. As turmas poderão também criar ilustrações para alguns dos verbetes produzidos.

Encerramento - Ainda dentro do projeto será realizado um evento denominado Folclore no Campus, num domingo, aberto para as comunidades escolares e comunidade em geral, a fim de socializar os resultados do trabalho, em espaço aberto do Campus da Unijuí. Na ocasião haverá Mostra de Trabalhos, apresentações culturais, cinema ao ar livre e distribuição do Dicionário de Falares do Gaúcho.

O projeto - ‘Escola, Folclore e Cultura - Conhecimento e preservação dos saberes, tradições e manifestações culturais do gaúcho” é um projeto cultural que objetiva promover o estudo e o resgate do folclore regional e das culturas populares e tradicionais do Estado em escolas de Ensino Fundamental de Ijuí, públicas e privadas, nas três etapas da Educação Básica.

A iniciativa contempla, para além do Seminário e do trabalho em sala de aula, a distribuição de obras para os estudos; a disponibilização de CD com 50 conteúdos em áudio sobre as temáticas, levando o rádio para a sala de aula; e a realização do evento Folclore no Campus, com atrações culturais, participação de alunos, Mostra dos Artistas Mirins, cabine radiofônica dos Pequenos Jornalistas e distribuição do Dicionário de Falares do Gaúcho elaborado pelos Jovens Escritores.

As escolas participantes também serão contempladas com as coleções Mato Encantando, Prendas e Peões e Dicionário de Falares do Gaúcho, conforme o nível de ensino.

O projeto é uma realização da Rádio Educativa Unijuí FM e da Unijuí, e financiado pela Secretaria de Cultura do RS por meio do Pró-Cultura RS.


EFA realiza Rapel na Ponte de Ferro do Itaí

              

Os estudantes do nono ano da EFA, acompanhados pelos professores Gilmar Walker, Eduarda Virginia Burckardt e Carla Dal Molin, foram, na última sexta feira, 05/07, até a ponte de ferro do Itaí contemplar seu entorno como uma opção de lazer, uma vez que a turma está realizando pesquisas sobre vivências na Natureza em Pontos Turísticos de Ijuí para as Jornadas de Pesquisa da Escola – EFA pela cultura – revitalizar e construir.

Na ocasião os estudantes conheceram a histórica ponte de ferro, onde passa a linha férrea. No local, com o auxílio do Curso de Educação Física da UNIJUÍ, em especial o professor Mauro Bertollo e os acadêmicos Pablo Reis e Alex Sandro Rodrigues, realizaram a prática do Rapel na cabeceira da ponte. A exploração da região se deu também com a prática de trilhas, quando contemplaram as belezas naturais deste ponto histórico de nosso município.

Para a professora Eduarda, esta ação foi fundamental para os alunos se desafiarem e vivenciarem possibilidades de lazer explorando o ambiente, pois todo o percurso da jornada de pesquisa esteve voltado para esse viés. Assim, foi possível visualizarem os conceitos trabalhamos em Matemática, Física, História, Geografia e Educação Física envolvendo a estrutura da ponte, sua história férrea e as possibilidades de esportes e revitalização nesse ambiente.


Estudantes do Campus Panambi realizam bate-papo com o supervisor de Recursos Humanos da Bruning Tecnometal

                   

Estudantes dos cursos de Administração e Ciências Contábeis da Unijuí - Campus Panambi, juntamente com os professores Remi Antônio Dama e Edi Branco da Silva, na disciplina de Empreendedorismo e Inovação, receberam a visita do Supervisor de Recursos Humanos Darlan Ribeiro Freitas da Empresa Bruning Tecnometal. 

Durante a conversa entre o facilitador e o grupo, foi apresentado o programa de oportunidades Bruning e o desenvolvimento de jovens talentos, aliado ao pensamento estratégico da organização. O Supervisor relatou também, sobre o plano de desenvolvimento técnico e comportamental que tem como objetivo a interação entre propósito de carreira e oportunidades na empresa. 

A partir do bate-papo, foi possível aliar os conhecimentos acadêmicos com a vivencia corporativa, bem como, a reflexão acerca das mudanças e inovações ocorridas nas tecnologias e nos procedimentos do trabalho, fator este, que a universidade sempre busca oferecer aos seus acadêmicos. 

A Unijui campus Panambi agradece a empresa Bruning Tecnometal, na pessoa do Sr. Darlan Ribeiro Freitas, por disponibilizar esta atividade enriquecedora que contribui na formação acadêmica e profissional de nossos alunos.


Lazer como prática cultural é tema de pesquisa na EFA

A Jornada de Pesquisa da EFA, que, nesta edição teve como tema "Cultura: Revitalizar e Construir", envolveu professoras, famílias, equipe diretiva, funcionários e as crianças das turmas da Educação Infantil e dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. As atividades culminaram com uma apresentação para toda a comunida escolar na última semana do mês de junho.

O tema de estudos neste primeiro semestre possibilitou a investigação de diferentes espaços urbanos, destinados ao lazer no munício de Ijuí, como as praças da República e a do “Bosque dos Capuchinhos”, no bairro onde se localiza a Escola. Também houve relatos sobre as praticas de lazer envolvendo as famílias das crianças e suas diferentes culturas, inclusive de Bogotá - Colômbia, local de origem de uma aluna da Educação Infantil (a família está morando temporariamente em nosso município, os pais cursam Doutorado na UNIJUÍ). Para o segundo semestre, está prevista uma proposta de revitalização e construção de espaços públicos e escolar, que inclui o arvorismo na EFA.

A coordenadora pedagógica Maristela Heck, destaca que a pesquisa proporcionou inúmeras reflexões e vivências sobre o lazer como prática cultural. Percebido pelo grupo de professores e estudantes, como elemento pedagógico de significação, manifestação da cultura e mobilizador de experiências inovadoras no sentido de concretizar ações transformadoras através das diferentes linguagens. Na próxima semana acontecerá a socialização dos Anos Finais e Médio, com temas que perpassam os espaços públicos/privados, usando abordagens culturais, de políticas públicas, pontos turísticos e sustentabilidade, diversidade cultural entre outros. 


Educação Continuada: Unijuí oferta um conjunto de cursos e formações profissionais

                 
 

Em um mercado cada vez mais competitivo, são as escolhas que irão definir o sucesso de uma carreira. Um currículo competitivo abre portas para as oportunidades e a Unijuí oferece uma excelente estrutura para a sua qualificação profissional. Proporcionando formação continuada, a Universidade deu início, na sexta-feira (28) e sábado (29), a um conjunto de cursos de Especialização, de Qualificação em diversas áreas e também está inserida em Ciclo de Palestras da Unimed. Confira mais detalhes sobre os cursos:

Especialização em Clínica de Pequenos Animais: Na última década o campo da cirurgia de pequenos animais passou por um grande avanço, com a modernização de procedimentos, muitos adaptados de práticas da medicina humana, equipamentos e instalações. Hoje procedimentos cirúrgicos quase impensados no passado se tornam corriqueiros, garantindo mais saúde e bem-estar para cães e gatos. É essencial que o cirurgião veterinário se especialize para obter conhecimento sobre as novidades no setor e poder tratar os animais de maneira mais eficiente possível. Proporcionar aos estudantes capacitação profissional através do aprofundamento dos conhecimentos teóricos e da imersão em sessões práticas relativas às diversas especialidades que se congregam no exercício diário da medicina veterinária voltada para a prática clínico-cirúrgica em Pequenos Animais.

Ciclo de palestras Unimed Noroeste/RS: “Qualificação em Governança Cooperativa para Lideranças, Conselheiros e Dirigentes de Unimeds”, que teve início neste sábado, 29. O primeiro dia de palestras teve uma exposição sobre a “Estrutura de poder e processo decisório em cooperativas”, tema ministrado pelo professor Jorge Oneide Sausen, que atua como consultor de empresas. A execução do Ciclo de Palestras também conta com o envolvimento do professor Adelar Baggio. O curso é composto por sete encontros, com palestras sempre aos sábados, nos períodos da manhã e da tarde, totalizando 14 módulos. Participam profissionais das Unimeds Noroeste/RS, Erechim, Santa Maria/RS, Região da Fronteira-RS, Planalto Central/RS, Alegrete e Alto Uruguai/RS, alcançando mais de 80 alunos. A capacitação é fruto de parceria entre Sescoop/RS, a Federação Unimed/RS e a Unijuí.

Formação de Instrutor de Transito: Curso para formação de instrutores para atuação em Centros de Formação de Condutores (CFCs), com qualidade para formar e educar os futuros motoristas para uma direção defensiva. Capacita profissionais para a área de educação e segurança de trânsito, no processo de habilitação de condutores com formação teórica e prática de direção de veículos.

Curso de Qualificação em Liberação Miofascial: O curso de liberação miofascial tem como objetivo detalhar todos os processos que envolvem a fáscia, tais como: características gerais, mobilização e liberação. Detalhar as técnicas práticas, incluindo o raciocínio clínico bem como exemplificar sua aplicação clínica.


Parque de exposições vira tema de pesquisa na EFA

                    

O oitavo ano da EFA está desenvolvendo uma pesquisa sobre os povos que colonizaram as cidades de Ijuí e de Oberá, na Argentina, uma vez que ambas as cidades possuem uma certa similaridade em suas festas culturais, que surgiram devido a diversidade étnica destas cidades. A proposta de trabalho, segundo professor de Geografia, Gilmar Walker, é relacionar o processo de formação e colonização destas cidades, histórico dos parques que cediam as manifestações culturais, fortalecendo o vínculo latino-americano.

O professor conta que, como primeira tarefa, foi estudado diversos conceitos relacionados aos aspectos demográficos, como população, migrações, formação étnica da população brasileira, entre outros. Posteriormente a turma estudou conceitos referentes a formação do espaço territorial e ainda fatores culturais como gastronomia, vestuários e idiomas, para então, começar a parte prática do trabalho.

A primeira etapa, que ocorreu in loco, foi um tour de observação pelo Parque de exposições Wanderley Burmann, com o objetivo de analisar cada uma das casas étnicas que estão ali instaladas, realizando registros fotográficos de diferentes ângulos, para posterior análise. 

Segundo o professor Gilmar, esta atividade é uma programação visando à Jornada de Pesquisa deste ano, bem como contempla o plano de Estudos de Geografia, Espanhol e Pesquisa, como um projeto maior que terá ainda uma viagem de estudos à Oberá/Argentina, onde também será visitado o Parque local.


Gestores de escolas da 36ª Coordenadoria Regional de Educação visitaram estruturas de ensino da Universidade

                   

Nesta segunda-feira, 24, gestores de escolas estaduais vinculadas a 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), estiveram na Unijuí para realizar uma série de visitas em Laboratórios e estruturas de apoio de ensino das diversas áreas do conhecimento ofertados pela Universidade. A visita possibilitará aos professores conhecer a estrutura da Unijuí e, a partir desta, identificar possíveis integrações dos alunos às atividades da Universidade, tendo em vista a implementação da Nova Base Nacional Comum Curricular e do Referencial Gaúcho para o Novo Ensino Médio.

Nos próximos anos os alunos terão contato com a universidade a partir de atividades que estarão nos currículos da Escola. Eles poderão escolher a área que mais se identificam para desenvolver essas atividades. Serão 1200 horas (de um total de 3000 horas) destinadas para este formato.

Na abertura, os professores foram recepcionados pela Vice-Reitora de Graduação da Unijuí, professora Cristina Pozzobon. Também fez uma saudação, em nome da Coordenadoria, o coordenador da 36ª, professor Cláudio da Cruz de Souza. Na oportunidade, o gerente de Marketing da Universidade, Giancarlo Bottega, também fez uma apresentação sobre a Unijuí.

Segundo a Vice-Reitora Graduação, Cristina Pozzobon, este foi um importante momento de apresentação dos diferentes locais de ensino-aprendizagem utilizados pelos cursos de graduação para as diferentes formações profissionais ofertadas pela Unijuí e que poderão ser espaços para a realização de atividades práticas diferenciadas para os estudantes da rede pública de ensino, a partir de parcerias, projetos e convênios estabelecidos. “Foi uma alegria receber estes gestores e contribuir com a discussão e consequente implantação do Novo Ensino Médio na região Noroeste”, observou.


Paraguaios integram o MBA em gestão de cooperativas da Unijuí

O curso de pós-graduação da Unijuí MBA em Gestão de Cooperativas, que é oferecido em parceria com o Sescoop/RS e Cooperativas, está com a participação de cooperativistas do Paraguai. Fruto dos avanços da Internacionalização da Unijuí e da Cooperação com a Universidad Autónoma de Encarnación, Encarnación-Py (UNAE), está oportunizando a participação conjunta de brasileiros e paraguaios no curso de pós-graduação.

 O cooperativismo que é tema de atuação diferenciada da Unijuí, oportuniza ofertas de cursos Superior em Gestão de Cooperativas, Pós-Graduação em MBA em Gestão de Cooperativas, bem como, projetos de pesquisa com rede de cooperação internacional.

A estratégia da cooperação está viabilizando a oferta de demandas inovadoras e diferenciadas na área do cooperativismo e outras, que geram relevantes impactos na formação e qualificação de dirigentes e lideranças do sistema cooperativo, assim contribuindo com o fortalecimento gestão e governança com maiores competências para fazer frente aos desafios vivenciados pelas organizações cooperativas no presente e futuro

Os acadêmicos paraguaios são Liliana Martínez e Leandro Cristaldo, que atuam na região que se constitui no berço do cooperativismo latino-americano, território Missioneiro trinacional.

Para o coordenador do curso, Professor Pedro Büttenbender, “esta é uma oportunidade de fortalecer institucionalmente os laços históricos de integração e cooperação transfronteiriça abarcando também o espaço Universitário e cooperativista”.

Pedro também destaca que os desafios para o desenvolvimento futuro destas regiões de Fronteira passam pela maior capacidade de integração e de construção de agendas comuns de organização de investimento e de implementação de políticas de desenvolvimento. “Temas estratégicos e novos tem-se agregado a partir dos desafios da logística das energias das águas e do desenvolvimento das regiões mediterrâneas na América Latina”, conclui o professor.

O MBA em gestão de cooperativas oferecido pela Unijuí em sua 10ª edição, em parceria com o Sescoop/RS e Cooperativas da região.