Bolsas

Uma bolsa de estudo é um auxílio financeiro fornecido aos estudantes, destinado ao pagamento de mensalidades ou ainda para o incentivo à realização de pesquisas.

Confira abaixo os tipos de bolsa que a Unijuí oferece, além disso, fique sempre atento aos editais para saber mais informações sobre elas e participar dos processos seletivos:

 

Programa de Educação Tutorial (PET)

O que é?

O PET é desenvolvido por grupos de estudantes, com tutoria de um docente, organizados a partir de formações em nível de graduação, orientado pelo princípio da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão e da educação tutorial. Visa não apenas proporcionar uma gama nova e diversificada de conhecimento acadêmico, mas assume a responsabilidade de contribuir para sua melhor qualificação como pessoa humana e como membro da sociedade.


Para quem é?

Alunos de graduação interessados em participar, com disponibilidade mínima de 20h semanais, sem vínculo empregatício, e que não recebem nenhum outro tipo de bolsa. Ao bolsista de graduação é permitida a permanência até a conclusão da sua graduação, desde que obedecidas as normas do Programa.


Como participar?

A seleção de bolsistas se dá por inscrições via edital, por análise de currículo acadêmico e disponibilidade de tempo. Acompanhe os programas institucionais:

  • PET Economia - está em funcionamento na UNIJUÍ desde 1996, possui atualmente seis alunos bolsistas. Tutor: Professor Dilson Trenepohl.
  • PET Engenharia Civil - está em funcionamento na UNIJUÍ desde 2006, possui atualmente doze alunos bolsistas. Tutor: Professor Diorges Carlos Lopes.
  • PET Biologia - está em funcionamento na UNIJUÍ desde 2009, possui atualmente doze alunos bolsistas. Tutora: Professora Vidica Bianchi.

Para mais informações acesse o portal do PET no Ministério da Educação

Fique atento aos editais publicados.




Programa de Residência Pedagógica

O que é?

O Programa de Residência Pedagógica é uma das ações que integram a Política Nacional de Formação de Professores.
A Residência Pedagógica, articulada aos demais programas da Capes compõem a Política Nacional, tem como premissas básicas o entendimento de que a formação de professores nos cursos de licenciatura deve assegurar aos seus egressos, habilidades e competências que lhes permitam realizar um ensino de qualidade nas escolas de educação básica.


Para quem é?

O programa concede bolsas para alunos de cursos de licenciatura participantes da Residência Pedagógica desenvolvido por Instituições de Educação Superior (IES) em parceria com escolas de educação básica da rede pública de ensino.
Tem por objetivo induzir o aperfeiçoamento da formação prática nos cursos de licenciatura, promovendo a imersão do licenciando na escola de educação básica, a partir da segunda metade de seu curso.
Essa imersão deve contemplar, entre outras atividades, regência de sala de aula e intervenção pedagógica, acompanhadas por um professor da escola com experiência na área de ensino do licenciando e orientada por um docente da sua Instituição Formadora.
Além das bolsas aos alunos, são concedidas bolsas de Preceptor para professores de escolas públicas de educação básica que supervisionam, no mínimo, oito bolsistas da licenciatura.


Como participar?

As Instituições de Educação Superior interessadas em participar do Programa de Residência Pedagógica apresentam à Capes seus projetos de Residência conforme os editais de seleção publicados.
As instituições aprovadas pela Capes recebem cotas de bolsas e recursos de custeio e capital para o desenvolvimento das atividades do projeto.
Os bolsistas do Programa de Residência Pedagógica são escolhidos por meio de seleções promovidas por cada IES.
Clique nos links a seguir para saber mais sobre a bolsa:http://www.capes.gov.br/educacao-basica/programa-residencia-pedagogica




Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid)

O que é?

O Pibid é uma iniciativa para o aperfeiçoamento e a valorização da formação de professores para a educação básica.


Para quem é?

O programa concede bolsas a alunos de licenciatura participantes de projetos de iniciação à docência desenvolvidos por Instituições de Educação Superior (IES) em parceria com escolas de educação básica da rede pública de ensino.

Os projetos devem promover a inserção dos estudantes no contexto das escolas públicas desde o início da sua formação acadêmica para que desenvolvam atividades didático-pedagógicas sob orientação de um docente da licenciatura e de um professor da escola.

Além das bolsas aos alunos, são concedidas bolsas de Supervisão para professores de escolas públicas de educação básica que supervisionam, no mínimo, cinco e, no máximo, dez bolsistas da licenciatura.


Como participar?

As Instituições de Educação Superior interessadas em participar do Pibid apresentam à Capes seus projetos de iniciação à docência conforme os editais de seleção publicados.

As instituições aprovadas pela Capes recebem cotas de bolsas e recursos de custeio e capital para o desenvolvimento das atividades do projeto.

Os bolsistas do Pibid são escolhidos por meio de seleções promovidas por cada IES.

Clique nos links a seguir para saber mais sobre cada tipo de bolsa: www.unijui.edu.br/pibid e www.capes.gov.br/educacao-basica/capespibid.


Programa universidade para todos (ProUni)

O que é?

O Programa Universidade para Todos (ProUni) é um programa do Ministério da Educação (MEC) que oferece bolsas de estudos em instituições de educação superior privadas - em cursos de graduação - a estudantes brasileiros que ainda não tenham o diploma de nível superior, sendo que é possível concorrer a bolsas de 100% ou 50%, de acordo com a renda familiar, e a oferta de bolsas em cada instituição de ensino.


Para quem é?

Ele é voltado aos alunos que cursaram o ensino médio na rede pública ou particular de ensino na condição de bolsistas integrais. Só poderá se candidatar ao processo seletivo do ProUni o estudante que tiver participado do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) do ano anterior e obtido o mínimo de 450 pontos na média das cinco notas obtidas nas provas do exame. As bolsas são distribuídas conforme as notas dos estudantes no Enem.


Como participar?

O candidato pode pesquisar as instituições e cursos participantes do programa no site do ProUni. Ao efetuar a inscrição, o estudante escolhe a modalidade de bolsa e até duas instituições de ensino superior, cursos e turnos dentre as opções disponíveis, de acordo com o seu perfil.

Encerrado o prazo de inscrição, o sistema do ProUni classifica os estudantes de acordo com as suas opções e as notas obtidas no Enem do ano anterior. Os candidatos pré-selecionados devem comparecer às instituições de ensino munidos dos documentos que comprovem as informações prestadas em sua ficha de inscrição. As instituições de ensino superior podem realizar um processo seletivo próprio para definir os beneficiados. Nesses casos, os estudantes serão informados com antecedência. Os candidatos aprovados serão incluídos no ProUni, com emissão do respectivo termo de concessão de bolsa.


Programa para incentivo ao esporte e a cultura

O que é?

São bolsas institucionais concedidas a alunos de cursos de graduação que participam de programas relacionados a cultura e esporte na Unijuí, como o Coral Unijuí e a Cia Cadagy Unijuí – Corpo em Movimento.


Para quem é?

Alunos interessados participar de atividades extracurriculares relacionadas a esporte e cultura, que gostam de se envolver em atividades de expressão artística, e com disponibilidade para ensaios e apresentações.


Como participar?

Novos integrantes para os grupos listados acima são selecionados anualmente via edital disponível neste link. Para saber mais sobre este processo seletivo acesse este link e fique atento aos editais.




Bolsas de iniciação científica e tecnológica

O que é?

É um incentivo individual destinado aos melhores alunos de graduação, com pesquisa vinculada a projetos desenvolvidos por docentes pesquisadores.

Clique nos links abaixo para saber mais sobre cada tipo de bolsa:


Acesse e confira o Guia de iniciação científica Unijuí.