Atenção Integral à Saúde

Inscrições abertas para aluno especial no Mestrado em Atenção Integral à Saúde - 2020

              

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção Integral à Saúde, uma  associação entre a Unijuí e a Unicruz, informa que estão abertas as inscrições para vagas de alunos especiais no Curso de Mestrado no 1º semestre de 2020. Durante o período de isolamento, devido à pandemia de coronavírus, as aulas irão ocorrer de forma online.

A inscrição deve ser encaminhada pelo e-mail ppgais@unijui.edu.br, até o dia 21 de maio de 2020, e os interessados devem realizar o preenchimento do Requerimento de Inscrição para Aluno Especial. A matrícula deve ser feita após o preenchimento do requerimento, de forma presencial, na Secretaria Acadêmica da Unijuí, Campus Ijuí, do dia 15 a 21 de maio, no turno da manhã das 8:00h até às 11:00h, ou no turno da tarde das 13:30h às 17:00h.

Confira todos os documentos necessários e outros detalhes do Edital na página do Programa.

Sobre o Mestrado

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção Integral à Saúde é um projeto interinstitucional com característica interdisciplinar, em associação ampla entre a Universidade de Cruz Alta (UNICRUZ) e a Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÍ). O Programa foi recomendado pela CAPES/MEC, em dezembro de 2013 e reconhecido pelo MEC, em setembro de 2014, para oferta de Mestrado Acadêmico, que teve início em maio de 2014. O Programa dedica-se à pesquisa e à produção de conhecimento no campo da Saúde, com ênfase em duas linhas: Processos saúde-doença-cuidado e Processos químicos e biológicos em saúde.


Participe da Pesquisa que mapeia o avanço do Coronavírus no Estado

             

A Unijuí está selecionando 25 pessoas para atuar como entrevistadores voluntários: 

Rodada 2: Treinamento dia 24 de abril de 2020 - Campo dias 25, 26 e 27 de abril de 2020.

Rodada 3: Treinamento dia 08 de maio de 2020 - Campo dias 09, 10 e 11 de maio de 2020.

Rodada 4: Treinamento dia 22 de maio de 2020 - Campo dias 23, 24 e 25 de maio de 2020. 

Perfil do entrevistador voluntário para o Estudo Covid-19

  • Ser ligado a área da saúde;
  • Não ser do grupo de risco (não ter nenhuma doença pré-existente);
  • Ter noções, ter tido aulas sobre procedimentos de segurança em condutas sanitárias. Se for possível, semestres mais avançados.
  • Ter veículo e carteira de habilitação;
  • Ter disponibilidade de horários durante os três dias do projeto (um de treinamento e dois de coleta).
  • Preferencialmente, ter nº de PIS
  • Preferencialmente, ter celular com sistema Android (celular que não seja IPhone). O celular deve ter memória livre pois irá fotografar os dez exames realizados em cada dia e baixar o APP da pesquisa.

Confira o Rizoma sobre o estudo

   

Sobre a Estudo:

  • O estudo é composto por quatro rodadas, um inquérito a cada 15 dias. (Rodada 1 realizada nos dias 11 e 12 de abril de 2020
  • Aplicará um questionário (via celular) e o teste. 
  • A ideia é que o mesmo entrevistador se mantenha em todas as rodadas e fale com a mesma comunidade sorteada (setor). 

O que o entrevistador irá receber de apoio

  • Todos os EPIs;
  • Treinamento para aplicação do questionário (que será aplicado pelo celular);
  • Treinamento para a realização do teste;
  • Treinamento para uso do EPI
  • Certificado da UFPel sobre a participação no projeto;
  • Ajuda de custo de R$ 100,00 para gasolina (para os dias de coleta).
  • Ajuda de custo de R$ 10,00 por questionário. Estimativa de 10 entrevistas dia, total de 20 entrevistas. Estimativa de uma ajuda de custo de R$ 200,00 por dois dias (será depositado nas contas pessoais após a conclusão do estudo).  

Preencha seus dados e marque quais rodadas poderá participar. Preferencialmente participar de todas as rodadas. 

Dúvidas pelo E-mail ppgais@unijui.edu.br

Formulário para inscrição: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfi11uv5SY7461ZBl3oeAZjAVn7M-gloHFLgelO4Daas-CebA/viewform?vc=0&c=0&w=1


Ciência Explica Covid-19: acesse o site com informações científicas sobre a pandemia

            

O Mestrado em Atenção Integral à Saúde colocou no ar um site para tratar do assunto: a página Ciência Explica Covid-19 (clique neste link e confira) foi criada para estimular a divulgação científica para a comunidade. Especificamente, a intenção é levar a informação científica que está sendo gerada sobre o coronavírus para a comunidade em geral, por meio de uma linguagem simples que seja capaz de "traduzir" os complexos estudos nas diferentes áreas do conhecimento em informação compreensível. Ainda, com este processo de comunicação, o site tem como objetivo esclarecer para a comunidade a necessidade e a processualidade da geração de conhecimento pela ciência, sobretudo na pandemia causada pelo coronavírus. 

O site é uma iniciativa da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Unijuí), administrado pelo Programa de Pós-Graduação em Atenção Integral à Saúde (PPGAIS) vinculado ao Departamento de Ciências da Vida (DCVida). O trabalho é conduzido pelo grupo de editores da Revista Contexto & Saúde (RCS). Neste site serão divulgados textos, vídeos, áudios e comentários feitos por professores, alunos e egressos do PPGAIS, assim como de colaboradores (Professores, pesquisadores e estudantes desta e de outras Instituições e profissionais de saúde) interessados em colaborar com esta rede de informações.

Para participar, encaminhe seu material para ppgais@unijui.edu.br informando seu nome completo, instituição ou profissão e o link do artigo que está comentado para a comunidade. O material gerado será divulgado na página indicando o autor responsável pela matéria, assim como será informado a fonte científica (artigo) que está sendo comunicada para a comunidade.

 


Estudo descreve que a radiação infra-vermelha longa é eficaz como tratamento na cicatrização da úlcera venosa

                   

Estudos in vitro mostravam a proliferação celular e o aumento da microcirculação nos tecidos expostos a radiação infra-vermelha longa (cFIR), com aumento dos níveis de óxido nítrico. Diversos usos terapêuticos já tinham sido propostos com esta tecnologia, como no tratamento da fibromialgia, dismenorreia, osteoartrite e insuficiência cardíaca. Porém, ainda não havia evidências para a úlcera venosa.

A úlcera venosa representa o estágio mais avançado da insuficiência venosa crônica. É um importante problema de saúde pública e tem um impacto significativo na qualidade de vida dos pacientes devido a dor crônica, incapacidade de trabalhar, necessidade de hospitalização e acompanhamento ambulatorial frequente. Os tratamentos para as úlceras venosas buscam auxiliar no processo de cicatrização. Desta forma, a hipótese deste estudo é que a radiação infra-vermelha longa poderia ter um potencial adjuvante no tratamento da úlcera venosa para membros inferiores, mas ainda não havia comprovação científica.

O estudo de autoria da enfermeira e mestre Gerli Elenise Gehrke Herr, egressa do Programa de Pós-Graduação em Atenção Integral à Saúde, verificou que a radiação infra-vermelha longa (cFIR) é eficaz como tratamento na cicatrização da úlcera venosa. Este tratamento reduziu o tamanho da úlcera e o escore total de cicatrização em 15, 30 e 90 dias de tratamento e melhorou o tipo de tecido da úlcera aos 60 dias.

O estudo foi orientado pela fisioterapeuta e professora Dra. Eliane Roseli Winkelmann, integrante do corpo docente do Programa, em parceria com o fisioterapeuta professor Dr. Daniel Fernandes Martins, integrante do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde da Universidade do Sul de Santa Catarina (Palhoça, SC). Também contou com o apoio de vários pesquisadores, dentre eles o médico Fábio Goulart da Silva, professor do Curso de Medicina e também egresso do mestrado em Atenção Integral à Saúde.

O estudo está publicado como “Effects of the use of bioceramic wraps in patients with lower limb venous ulcers: A randomized double-blind placebo-controlled trial”, na revista “Journal of Integrative Medicine” e está disponível em:  https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/31818694

                

Foto: arquivo pessoal dos autores do estudo/divulgação.


Mestrado em Atenção Integral à Saúde realizou prova do Processo Seletivo

No último sábado, 43 candidatos realizaram a prova do processo seletivo do Programa de Pós-Graduação Mestrado em Atenção Integral à Saúde. Eles concorrem a 22 vagas disponíveis para ingresso na primeira turma de 2020.

A segunda etapa do processo acontece no dia 05 de dezembro com entrevista dos mesmos. A divulgação dos aprovados e suplentes está prevista para o dia 06 de dezembro. O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção Integral à Saúde – Mestrado - contempla profissionais com formação superior em saúde ou áreas afins.

O projeto interinstitucional tem característica interdisciplinar, o Curso é ofertado em associação ampla com a Universidade de Cruz Alta (Unicruz). O Programa possui ênfase em duas linhas, são elas: Processos saúde-doença-cuidado e Processos químicos e biológicos em saúde.  


Docente do Mestrado em Atenção Integral à Saúde participa de evento na Itália

A professora do Departamento de Ciências da Vida e do Mestrado em Atenção Integral à Saúde, Dra. Eliane Roseli Winkelmann, ministrou palestra intitulada: ”Cardiac rehabilitation in cardiac surgery: what we know? ”. O evento ocorreu na Universitá degli Studi di Ferrara, na cidade de Ferrara/Itália, no dia de 12 de novembro de 2019, sendo coordenado pelo prof. Dr. Fabio Manfredini, da Universitá degli Studi di Ferrara.

Na oportunidade foram compartilhadas as experiências e pesquisas científicas realizadas na UNIJUÍ com pesquisadores da Universitá degli Studi di Ferrara, e de outros centros de pesquisa, possibilitando possíveis cooperações entre grupos de pesquisas das instituições.

 


Mestrado em Atenção Integral à Saúde: inscrições abertas até 11 de novembro

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção Integral à Saúde - Mestrado, contempla profissionais com formação superior em saúde ou áreas afins. Sendo um projeto Interinstitucional com característica interdisciplinar, o Curso é ofertado em associação ampla com a Universidade de Cruz Alta (Unicruz). O Programa possui ênfase em duas linhas, são elas: Processos saúde-doença-cuidado e Processos químicos e biológicos em saúde. 

O Mestrado em Atenção Integral à Saúde foi recomendado pela Capes em 2013 e reconhecido pelo MEC em 2014. Caroline Rodrigues foi mestranda do Programa e ressalta a característica interdisciplinar da oferta: “O Mestrado em Atenção Integral à Saúde, primeiramente, é uma conquista pessoal e também profissional, é um Mestrado que agrega, que abre portas, que amplia conhecimentos. O Mestrado também possibilita compartilhar com diversos profissionais, cada um na sua área e com sua expertise, por ser interdisciplinar”. 

O Programa está com edital aberto para a turma de 2020. As inscrições podem ser feitas até o dia 11 de novembro, por meio do site do Programa.


Mestrado em Atenção Integral à Saúde realiza Painel Temático durante o Salão do Conhecimento

                  

O Programa de Pós-Graduação em Atenção Integral à Saúde (PPGAIS) realizou durante a tarde do dia 24 de outubro de 2019, Painel temático durante o Salão do Conhecimento da UNIJUÍ. Na oportunidade, docentes, discentes e egressos do curso de Mestrado em Atenção Integral à Saúde apresentaram projetos e resultados de pesquisa. A atividade consistiu em quatro blocos de apresentações, especificamente dos Grupos de Pesquisa da UNIJUÍ vinculados ao PPGAIS.

De início, a professora Dra. Mirna Stela Ludwig apresentou as investigações cientificas desenvolvidas pelo Grupo de Pesquisa de Fisiologia (GPeF). Após, as mestrandas Andrea Cristiani Beuren e Clarissa Chavez Ortiz Roberto falaram sobre a “Pesquisa em Fisiologia com modelos animais e em seres humanos”, apresentando seus projetos de mestrado.

Em seguida, as professoras Dra. Adriane Cristina Bernat Kolankiewicz e Dra. Eniva Miladi Fernandes Stumm relataram o histórico do Grupo de Pesquisa Cuidado, Gestão e Educação em Enfermagem e Saúde (GPCGES)As mestrandas Caroline Donini Rodrigues e Deise Juliana Rhoden apresentaram as pesquisas que estão em andamento sobre as “Demandas de Cuidado e Segurança do Paciente na Rede de Atenção à Saúde”.

Após breve intervalo, com sorteio de uma cafeteira, a professora Dra. Eliane Roseli Winkelmann apresentou as pesquisas em andamento do Grupo de Pesquisa em Atenção à Saúde (GPAS). Representando egressos do PPGAIS e do GPAS, os egressos Ieda Maria Pedroso Dorneles e Guilherme Galante Heuser explanaram sobre os resultados de suas pesquisas em Reabilitação e Diagnóstico realizadas durante o curso de mestrado.

No final da tarde, a professora Dra. Evelise Moraes Berlezi fez um relato das pesquisas do Grupo de Pesquisa em Envelhecimento Humano (Geron), e juntamente com as professoras Dra. Ligia Beatriz Bento Franz e a professora doutoranda pela PUC-RS Ana Paula Pillatt, realizaram o Lançamento do Livro “Fragilidade em Idosos: Causas e Determinantes”. Posteriormente as egressas do mestrado em Atenção Integral à Saúde, Vanessa Adelina Casali Bandeira e Lílian Corrêa Costa Beber, que participaram da elaboração de capítulos para o livro, falaram sobre seus respectivos capítulos.

Sobre o Mestrado.

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção Integral à Saúde é um projeto interinstitucional com característica interdisciplinar, em associação ampla entre a Universidade de Cruz Alta (Unicruz) e a Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Unijuí).  O Programa dedica-se à pesquisa e à produção de conhecimento no campo da saúde, com ênfase em duas linhas: Processos saúde-doença-cuidado e Processos químicos e biológicos em saúde.

O Programa está com edital de seleção aberto para a turma 2020 do Mestrado. As inscrições irão até 11 de novembro de 2019. Para se inscrever é necessário acessar a página do programa em https://www.unijui.edu.br/estude/mestrado-e-doutorado/atenco-integral-sade-850

Informações: email (ppgais@unijui.edu.br) ou telefone (55 3332-0522).


Estudo relaciona a dor de recém-nascidos com procedimentos em terapia intensiva

               

Estudo do Mestrado em Atenção Integral à Saúde da Unijuí, publicado na Revista Brazilian Journal Of Pain, em 2019, fruto da dissertação de mestrado da enfermeira Cibele Thomé da Cruz Rebelato, sob orientação da professora Drª Eniva Miladi Fernandes Stumm, investigou a relação da dor e dos níveis de cortisol livre com procedimentos terapêuticos instituídos em terapia intensiva em recém-nascidos prematuros.

A pesquisa foi realizada com 32 recém-nascidos prematuros submetidos à punção venosa, que foram avaliados quanto à dor e estresse relacionado à ventilação assistida, sedativos, corticoide no pré-natal, tipo de punção venosa, local e número de tentativas.

Os resultados da investigação sugerem que a exposição dos recém-nascidos a procedimentos invasivos é estressante, especialmente quando repetido várias vezes. A punção venosa repetida associada a procedimentos terapêuticos intensificou a dor e alterou os níveis de cortisol dos bebês, o que implica em estresse ao recém-nascido prematuro. Deste modo, o estudo concluiu que é necessário cuidado e manutenção das estratégias de capacitação da equipe que atua com recém-nascidos de alto risco em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN), expostos a procedimentos dolorosos. O estudo recomenda ainda que são necessárias novas abordagens com o intuito de avaliar, tratar e prevenir a dor destes, e desse modo, propor estratégias farmacológicas e não farmacológicas que reduzam o estresse do neonato.

A pesquisa completa pode ser conferida neste link.

Sobre o Mestrado

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção Integral à Saúde é um projeto interinstitucional com característica interdisciplinar, em associação ampla entre a Universidade de Cruz Alta (Unicruz) e a Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Unijuí).  O Programa dedica-se à pesquisa e à produção de conhecimento no campo da saúde, com ênfase em duas linhas: Processos saúde-doença-cuidado e Processos químicos e biológicos em saúde.

O Programa está com edital de seleção aberto para a turma 2020 do Mestrado. As inscrições até 11 de novembro de 2019. Para se inscrever é necessário acessar a página do programa em ppgais@unijui.edu.br.


Mestrado em Atenção Integral à Saúde realiza Seminário sobre Envelhecimento

Os mestrandos do Programa de Pós-Graduação em Atenção Integral à Saúde realizaram, nos dias 11 e 18 de julho, durante as aulas da disciplina de Senescência e Senilidade, Seminário sobre Envelhecimento. Na oportunidade foi proposto pelos docentes da disciplina, Dra. Evelise Moraes Berlezi, Dra. Mirna Stela Ludwig e Dr. Matias Nunes Frizo, atividade aos estudantes, também aberta ao público. As temáticas estudadas e apresentadas pelos mestrandos foram: Doença de Parkinson, Doença de Alzheimer, Depressão em idosos, Osteoporose e Doença Oncológica. Após cada apresentação foi proposta a discussão dos temas entre os professores, mestrandos e o público em geral. O seminário viabilizou a comunicação, troca de saberes e atualização científica essenciais para compreender adversidades e construir um entendimento perante o envelhecer.