Destaques do Mestrado e Doutorado - Unijuí

Mestrado (MINTER) Interinstitucional em Desenvolvimento Regional

"Políticas de atenção à saúde" é tema da primeira defesa do Mestrado Interinstitucional em Desenvolvimento Regional

O Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional (PPGDR) da Unijuí realiza sua primeira experiência em Mestrado Interinstitucional (Minter), com a Faculdade Única, de Ipatinga - MG. A primeira defesa da turma foi realizada pelo estudante Leonardo Coelho Ribeiro, da cidade de Niterói - RJ. Sua dissertação “Um estudo sobre as políticas de atenção à saúde e adoecimento dos servidores públicos do Judiciário Federal”, teve como orientador o professor Pedro Luís Büttenbender e, na banca também estiveram o professor Nelson José Thesing e o professor da Universidade Federal do Pampa, Sander Barcelos Retamoso.

A primeira banca foi realizada online e contou com a presença do coordenador do PPGDR da Unijuí, professor Sérgio Luís Allebrandt e da coordenadora local do Minter pela Faculdade Única, professora Nathane Silva Resende. Em função da pandemia, todas as disciplinas, concluídas em dezembro de 2021, foram realizadas online. O prazo final para a  realização das bancas de defesa é março de 2023.

O professor Sérgio destaca que a primeira turma Minter ofertada pelo PPGDR contribuiu para qualificar ainda mais o Programa, pois várias disciplinas foram realizadas com a participação de estudantes da 20ª turma regular do Mestrado. “Isso enriqueceu a troca de vivências, conhecimentos e saberes de estudantes de diferentes regiões do nosso país. Neste sentido, pode-se afirmar que o formato de aulas online ou híbrido permitiram a realização de novas experiências de ensino e aprendizagem, que deixam resultados extremamente positivos”, afirma o coordenador do PPGDR da Unijuí.

Já para a professora Nathane, além do conhecimento científico aprimorado pelos discentes, a experiência do Minter se torna ainda mais valiosa, pelo viés cultural. “A troca de experiências e os relatos de situações cotidianas permitiram aos estudantes de todo o país e professores, aprimorar ainda mais os conhecimentos e discutir soluções que poderiam ser aplicadas em cada região, promovendo dessa forma o desenvolvimento. Prova disso são os projetos que foram e estão sendo desenvolvidos, em sua grande maioria, com o intuito de solucionar um problema local”, destaca a coordenadora local do Minter pela Faculdade Única.

Saiba mais sobre a temática da primeira defesa

Para a dissertação, Leonardo utilizou diversas pesquisas e levantamentos de sindicatos e da federação representativa dos trabalhadores do Poder Judiciário Federal. Esses materiais possuem informações sobre o processo organizacional, os problemas identificados nos processos de trabalho, o aumento de trabalho e diminuição de servidores, a falta e as principais queixas de saúde e as possíveis causas do adoecimento relacionado ao trabalho.  Também faz uma abordagem sobre a criação, desenvolvimento e eficácia da política nacional de atenção integral à saúde dos magistrados e servidores.

Segundo o estudante, a maior contribuição da pesquisa, é alertar e tornar público o processo de adoecimento dos servidores e como isso pode influenciar na entrega de serviços à comunidade. “Com a saúde de trabalhadores fragilizada, existe uma deficiência nos resultados da prestação jurisdicional à toda a sociedade. A pesquisa foi realizada de forma crítica e com objetivo subliminar de chamar a atenção desse problema. O objetivo  é a construção de políticas públicas mais efetivas e que ofereçam maior proteção aos trabalhadores do Judiciário Federal, minimizem os riscos e vulnerabilidades dessa cadeia produtiva” explica Leonardo.