Pensamento latino-americano e direitos humanos são debatidos na Unijuí

O evento, promovido pelo Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Direito, está com inscrições abertas

O I Seminário sobre Pensamento Latino-Americano e Direitos Humanos iniciou na tarde de quarta-feira, 9 de junho, em formato online. Promovido pelo Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Direito (PPGD) – Mestrado e Doutorado em Direitos Humanos da Unijuí, o evento constitui-se como um marco no fomento e na consolidação da interlocução da instituição com universidades da América Latina. A solenidade de abertura contou com a participação dos professores Maiquel Ângelo Dezordi Wermuth, coordenador do PPGD; Fernando Jaime González, vice-reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão; André Leonado Copetti Santos e Daniel Rubens Cenci, organizadores do evento.

A conferência intitulada “A luta decolonial dos povos indígenas por direitos humanos”, ministrada pelo doutor Tiago Botelho da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), abriu o ciclo de palestras. A partir da retomada histórica dos tratados internacionais de direitos humanos, o professor elencou as referências aos povos indígenas e o contraste com a realidade brasileira. Com uma visão crítica e fundamentada, o conferencista afirmou que a construção de direitos humanos para a população indígena não se sustenta em uma perspectiva individualista, mas, sim, coletivista. Os povos indígenas, na visão dele, constroem diariamente os seus direitos humanos, não estando estes limitados, com efeito, ao Direito e às suas instituições.

As próximas palestras são: “A nova constituinte/constituição popular chilena”, com o doutor Fernando Estenssoro (USACH – Chile), no dia 10 de junho; “Ideias descoloniais de um ‘bom governo’ para a América Latina: o que temos a aprender com Poma de Ayala?”, com a doutora Fernanda Bragatto (Unisinos – Brasil), no dia 16 de junho; “Os impactos da sociedade de consumo na sociedade atual e os desafios para o socioambientalismo”, com a doutora Cleide Calgaro (UCS – Brasil), no dia 23 de junho; “Genocidio y los delitos de lesa humanidad”, com o doutor Manuel Moreira (UNAM – Argentina), no dia 24 de junho; “Pensamento descolonial, direitos humanos e constitucionalismo latino-americano”, com o doutor João Paulo Allan Teixeira (UNICAP – Brasil), no dia 30 de junho; “O pensamento criminológico latino-americano”, com o doutor Salo de Carvalho (UFRJ – Brasil), no dia 1º de julho; e “O processo constituinte e Constituição no Equador: os direitos da natureza na Constituição atual”, com o doutor Luis Sanipatin (UPEC – Equador), no dia 8 de julho.

As transmissões ocorrem pelo canal do Programa de Pós-Graduação em Direito no YouTube. Todas as conferências iniciam às 16h. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas neste link.


Compartilhe!