Unijuí vai realizar pesquisa sobre a covid-19 em Coronel Bicaco com a parceria da gestão municipal

           

Imagem ilustrativa/Unijuí.

A Unijuí, por meio do Programa de Pós-Graduação em Atenção Integral à Saúde, irá realizar uma pesquisa em Coronel Bicaco, em parceria com o município, para acompanhar grupos vulneráveis à covid-19, quanto à saúde física e psíquica, além de avaliar o conhecimento da população sobre os assuntos relacionados ao coronavírus, com o objetivo de subsidiar ações estratégicas de educação e saúde na cidade. O estudo acontecerá a partir de convênio estabelecido com a Prefeitura.

Vão participar da pesquisa 367 residentes de Coronel Bicaco, selecionados em sorteio aleatório, realizado pelos coordenadores da pesquisa vinculados à Unijuí. O número de participantes foi definido por critérios metodológicos e científicos de pesquisa quantitativa, uma vez que a amostra representará a população do município. Nesta quinta e sexta-feira, os sorteados para participarem da pesquisa vão receber ligações para avaliar se atendem aos critérios necessários, sendo eles: sair diariamente de casa por motivo de trabalho e/ou apresentar doenças crônicas, como obesidade, diabetes tipo 2, cardiopatia, doenças respiratórias crônicas, doenças oncológicas ou depressão/transtornos psíquicos. 

Caso a pessoa se enquadre em um destes critérios e aceite participar do estudo, terá um horário agendado para realização do teste rápido para anticorpos e de um questionário sociodemográfico, nos dias 17 e 18 de setembro, na Escola Estadual de Ensino Fundamental Rui Barbosa. Nesse sentido, a Unijuí e o município de Coronel Bicaco reforçam a importância da participação e colaboração da população, visto que a partir dos resultados serão planejadas ações de enfrentamento ao coronavírus nos próximos meses na cidade. 

Os pacientes que testarem positivo receberão orientações quanto ao resultado do teste e as medidas de precaução e isolamento. Além disso, será coletada a primeira amostra de sangue para exames laboratoriais de casos positivos. A pesquisa, a partir dessa amostra probabilística, fará o rastreamento da prevalência de anticorpos contra o coronavírus, para o controle e identificação de casos assintomáticos.

 


Compartilhe!