Desenvolvimento

Corede Noroeste Colonial organiza debate sobre as perspectivas socioeconômicas em razão da pandemia de covid-19

          

Na próxima segunda-feira, dia 22, às 17h, será realizado debate, promovido pelo Corede Noroeste Colonial, com a participação do secretário de Governança e Gestão Estratégica do Rio Grande do Sul, Claudio Leite Gastal, tratando sobre as questões socioeconômicas durante e pós a pandemia de Covid-19. Quem irá mediar o diálogo é o presidente do Corede, professor Nelson Thesing e o ex-presidente e agora coordenador do Programa de Mestrado e Doutorado em Desenvolvimento da Unijuí, professor Sérgio Allebrandt.

O debate será aberto para toda comunidade e tem como objetivo discutir sobre os desequilíbrios sociais, o estudo, o planejamento e o acompanhamento das ações públicas da região, em prol do desenvolvimento. Desta forma, todos os ouvintes e toda a comunidade regional possa pensar, em conjunto com o secretário, com as administrações municipais e com as organizações locais, algumas ações que possam minimizar não só os impactos da pandemia, mas também garantir uma visão a curto e médio prazo, de ações que possam desenvolver a comunidade.

O presidente do Corede, Nelson Thesing, comenta os principais desafios que serão debatidos: “a primeira questão que se coloca, afinal, é: o que o estado do Rio Grande do Sul vai ter de instrumento para auxiliar o desenvolvimento? Que tipo de acesso das políticas públicas pode contar com o apoio do governo federal? Que tipo de dialogo nós vamos estabelecer com nossas administrações municipais e com nossa comunidade? Esse é o primeiro desafio. O segundo desafio que se coloca, é o que efetivamente cada área, cada setor nós podemos começar a trabalhar nas próximas semanas?”, questiona o presidente.

O debate vai ocorrer pela ferramenta Google Meet, pelo link de acesso: meet.google.com/ore-mapp-nsv. E também será transmitido ao vivo pelo Facebook do Corede Noroeste Colonial.


Poder Executivo e Unijuí realizam reunião sobre o Parque da Pedreira

                 
  

A quinta-feira, 27 de fevereiro, foi marcada por duas importantes reuniões referente ao Parque da Pedreira.  O primeiro momento foi realizado na sala de Mestrado da Unijuí entre membros do Projeto de Gestão Social e Cidadania e da administração municipal que estão á frente das obras e ações do parque. Esse encontro teve por objetivo debater estratégias para a gestão social e ambiental do projeto com atividades voltadas à comunidade.

Na reunião, a engenheira química do município Joice de Oliveira, apresentou o projeto do parque, suas metas, investimentos e o andamento das obras até o momento. 

Dando continuidade ao debate, mais um encontro aconteceu no turno da tarde no gabinete do prefeito municipal Valdir Heck. Na oportunidade, foi exposto pelo coordenador do projeto Gestão Social e Cidadania, Sérgio Allebrandt, a necessidade da criação de um comitê gestor para a efetivação das atividades no parque após sua conclusão. O prefeito Valdir Heck também destacou que “o protagonista do projeto  é o Executivo, mas é preciso criar uma rede de apoio com a universidade e outros segmentos para o êxito  das ações sociais e recreativas junto ao parque, pensando projetos de forma global ”.

A entrega do Parque da Pedreira está prevista para o mês de maio ou início de junho e o Executivo tem criado alternativas para a celeridade das obras que  contemplam paisagismo, churrasqueiras,  quadras esportivas, playground infantil, entre outros.

           


Programa em Desenvolvimento Regional realiza Aula Inaugural do primeiro semestre de 2020

                  

Na segunda-feira, 02 de março, o Programa de Mestrado e Doutorado em Desenvolvimento Regional da Unijuí realizou a Aula Inaugural do primeiro semestre. A recepção iniciou no turno da manhã, na Sala A8/9 com a participação das turmas iniciantes e docentes. Na oportunidade, o professor Sérgio Luís Allebrandt, coordenador do Programa, fez a fala e dentre a programação da recepção, realizou a apresentação de discentes e docentes, detalhou a estrutura e funcionamento do PPGDR, além de esclarecer dúvidas.

História e Proposta do Programa

O PPGDR/UNIJUÍ é um programa interdisciplinar na área de Planejamento Urbano e Regional da CAPES, criado em 2002, com o Curso de Mestrado em Desenvolvimento, Gestão e Cidadania, alterado em 2005 para Mestrado em Desenvolvimento e a partir de 2016 Mestrado em Desenvolvimento Regional, ofertando sua 19ª turma para 2020, já tendo formado neste período mais de 370 Mestres.

A partir de 2016, passou a ofertar o curso de Doutorado em Desenvolvimento Regional, com a oferta da 5ª turma para 2020.

O Programa e seus Cursos são credenciados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), com conceito 4 na avaliação quadrienal 2013/2016.

Tem por objetivo a geração de conhecimento e de produção científica a partir da pesquisa, visando à formação e ao aprimoramento de docentes e outros profissionais para o exercício de atividades de pesquisa, extensão, ensino, assessoria e consultoria, qualificados para atuação na área das Ciências Sociais Aplicadas, em organizações públicas, privadas e da sociedade civil, tendo a interdisciplinaridade como referência metodológica e como temática os diversos aspectos que envolvem planejamento, gestão e inovação, na perspectiva da sustentabilidade do desenvolvimento regional. Busca a compreensão das dinâmicas de desenvolvimento por meio da reflexão crítica e da busca de alternativas de intervenção nos processos de desenvolvimento de territórios socialmente construídos. Participa de forma crítica e reflexiva no desenvolvimento regional, valorizando o exercício da cidadania, a promoção do bem-comum e da qualidade de vida, com respeito à diversidade sociocultural dos territórios.

 


Inscrições abertas para o Mestrado e Doutorado em Desenvolvimento Regional da Unijuí

Estão abertas as inscrições para o Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional, Mestrado e Doutorado, da Unijuí. Os candidatos têm até o dia 04 de fevereiro para realizar a inscrição no curso de Mestrado e até o dia 31 de julho para realizar a inscrição no curso de Doutorado. São 5 vagas para o Mestrado e 3 vagas para o Doutorado.

A inscrição deve ser feita na página do Programa, no Portal da Unijuí. Documentos exigidos para confirmação da inscrição: a) Cópia do diploma de graduação; b) Uma fotografia 3 x 4, recente; c) Currículo Lattes documentado (anexar cópias digitalizadas dos documentos solicitados na Tabela do Anexo 1).

O edital complementar dos processos seletivos e todas as informações sobre as duas ofertas estão disponíveis na página do Programa.

Saiba mais sobre o Programa

O PPGDR/UNIJUÍ é um programa interdisciplinar na área de Planejamento Urbano e Regional da CAPES, criado em 2002, com o Curso de Mestrado em Desenvolvimento, Gestão e Cidadania, alterado em 2005 para Mestrado em Desenvolvimento e a partir de 2016 Mestrado em Desenvolvimento Regional, ofertando sua 19ª turma para 2020, já tendo formado neste período mais de 370 Mestres.

A partir de 2016, passou a ofertar o curso de Doutorado em Desenvolvimento Regional, com a oferta da 5ª turma para 2020.

O Programa e seus Cursos são credenciados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), com conceito 4 na avaliação quadrienal 2013/2016.

Tem por objetivo a geração de conhecimento e de produção científica a partir da pesquisa, visando à formação e ao aprimoramento de docentes e outros profissionais para o exercício de atividades de pesquisa, extensão, ensino, assessoria e consultoria, qualificados para atuação na área das Ciências Sociais Aplicadas, em organizações públicas, privadas e da sociedade civil, tendo a interdisciplinaridade como referência metodológica e como temática os diversos aspectos que envolvem planejamento, gestão e inovação, na perspectiva da sustentabilidade do desenvolvimento regional. Busca a compreensão das dinâmicas de desenvolvimento por meio da reflexão crítica e da busca de alternativas de intervenção nos processos de desenvolvimento de territórios socialmente construídos. Participa de forma crítica e reflexiva no desenvolvimento regional, valorizando o exercício da cidadania, a promoção do bem-comum e da qualidade de vida, com respeito à diversidade sociocultural dos territórios.


Mestrado e Doutorado: saiba mais sobre o Programa em Desenvolvimento Regional

O Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional - Mestrado e Doutorado, tende a envolver graduados e mestres em áreas que tenham alguma relação com a temática do desenvolvimento regional socioeconômico, ambiental, cultural, local, territorial. Como, por exemplo, os cursos de Administração, Economia, Ciências Contábeis, Gestão Pública, Ciências Políticas, Sociologia, Direito, Psicologia, Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Sistemas de Informação, Serviço Social, Arquitetura e Urbanismo, Design, História, Geografia, Agronomia, Nutrição, entre outros. 

O objetivo desse programa é buscar a compreensão das dinâmicas de desenvolvimento por meio da reflexão crítica e da busca de alternativas de intervenção nos processos de desenvolvimento de territórios socialmente construídos. Participa de forma crítica e reflexiva no desenvolvimento regional, valorizando o exercício da cidadania, a promoção do bem-comum e da qualidade de vida, com respeito à diversidade sociocultural dos territórios.

Roseli Krüger, doutoranda em Desenvolvimento Regional, destaca a importância do Programa em sua carreira “O Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento tem contribuído para minha formação profissional no sentido de aprimorar os meus conhecimentos, mediante a aplicação da ciência juntamente com as práticas, e também na parte acadêmica onde a gente pode atuar como professor, como orientador e também nos cursos de pós-graduação”, salientou.

As inscrições para o Programa vão até o dia 18 de novembro e devem ser feitas por meio do Portal da Unijuí, na página do programa: https://www.unijui.edu.br/estude/mestrado-e-doutorado/desenvolvimento.


Inscrições abertas para os cursos de Mestrado e Doutorado em Desenvolvimento Regional

Estão abertas as inscrições para o Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional – cursos de Mestrado e Doutorado. O período de inscrições está aberto até o dia 18 de novembro e deve ser feito pelo Portal da Unijuí, na página do Programa.

São oferecidas 20 vagas para o curso de Mestrado e 10 vagas para o curso de Doutorado. O processo seletivo para o curso de Mestrado envolve três etapas: Prova Escrita (peso 5,0), Análise do Currículo Lattes (peso 2,5) e Entrevista com a Banca Examinadora (peso 2,5). Para obter aprovação, a nota final do candidato deve ser igual ou superior a 6,0 (seis).

Para o curso de Doutorado o processo seletivo também envolve três etapas: Análise do Currículo Lattes (peso 5,0), Análise do Memorial Descritivo-Reflexivo (peso 2,5) e Entrevista com a Banca Examinadora (peso 2,5). Para obter aprovação, a nota final do candidato deve ser igual ou superior a 6,0 (seis).

Mais sobre o Programa

O Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional tem por objetivo a geração de conhecimento e de produção científica a partir da pesquisa, visando a formação e o aprimoramento de docentes e outros profissionais para o exercício de atividades de pesquisa, extensão, ensino, assessoria e consultoria, qualificados para atuação na área das Ciências Sociais Aplicadas, em organizações públicas, privadas e da sociedade civil, tendo a interdisciplinaridade como referência metodológica e como temática os diversos aspectos que envolvem planejamento, gestão e inovação, na perspectiva da sustentabilidade do desenvolvimento regional. Busca a compreensão das dinâmicas de desenvolvimento, por meio da reflexão crítica e da busca de alternativas de intervenção nos processos de desenvolvimento de territórios socialmente construídos. Participa de forma crítica e reflexiva no desenvolvimento regional, valorizando o exercício da cidadania, a promoção do bem-comum e da qualidade de vida, com respeito à diversidade sociocultural dos territórios.

 


Unijuí presta assessoria no entendimento da nota técnica que vai estabelecer piso do frete no país

O Programa de Mestrado e Doutorado em Desenvolvimento Regional está prestando assessoria técnica ao Sindicato dos Transportadores Autônomos de Ijuí para o embasamento das discussões com o Governo Federal.

                    

O Programa de Mestrado e Doutorado em Desenvolvimento Regional, por meio do professor Dilson Trennephol e seus orientandos, está prestando assessoria técnica ao Sindicato dos Transportadores Autônomos de Ijuí, considerando a demanda do presidente do Sindicato, Carlos Alberto Dahmer, para o embasamento das discussões com o Governo Federal em relação ao reconhecimento e composição da tabela de fretes no pais. O objetivo é prestar assessoria técnica para que os representantes sindicais tenham embasamento nas discussões sobre o processo de elaboração de um piso de frete, que será efetuado no mês de julho de 2019. O assunto está sendo debatido com o Governo Federal e pela categoria. 

Segundo o professor Dilson Trennephol, após contato da diretoria Sindical, está sendo prestada esta assessoria. “Está sendo usada uma metodologia, elaborada pela Esalq, que é uma escola superior da USP, a pedido da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), propondo uma forma de cálculo. Porém, é uma metodologia bastante complexa, com muitas nuances e especificidades”, observou em entrevista para a Unijuí FM.

Serão realizadas, no decorrer das próximas semanas, uma série de audiência públicas a nível nacional. Após este processo, se chegará a uma resolução – o piso de frete - que deverá virar norma federal. “Para se ter uma ideia da complexidade que é fazer um estudo para estabelecer uma tabela assim, se leva em conta, no que diz respeito aos caminhoneiros, a organização em território nacional, com nuances em cada região, se leva em conta o tipo de carga, trajeto, condição das estradas, entre outros fatores”, complementa o professor. 

Segundo o presidente do Sindicato dos Transportadores Autônomos de Ijuí, Carlos Alberto Litti Dahmer, o trabalho da Universidade é fundamental para que a metodologia que está sendo proposta pela ANTT seja entendida. “É um estudo complexo, como é complexa toda a relação comercial do transporte. O trabalho da Unijuí vai nos embasar tecnicamente, para sabermos em que pontos atuar e buscar a melhoria sobre o preço mínimo de frete”, comenta.

Na tarde do próximo sábado, na sede do Sindicato, será realizado um encontro entre o Programa e a diretoria sindical para discutir o tema. E, para o mês de maio, estão agendadas Audiências Públicas para debater a proposta e também para a apresentação de sugestões de alteração e ajuste na metodologia, a cargo das representações Sindicais. 

                      

Professor Dilson em entrevista para a Unijuí FM


Últimos dias de inscrições para Aluno Especial do Mestrado e Doutorado em Desenvolvimento Regional

Até o dia 29 de abril o Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional da Unijuí está com inscrições abertas para o ingresso de Alunos Especiais, graduados ou mestres, em disciplinas do Programa no primeiro semestre de 2019.

O local para realizar a inscrição é na Secretaria do Programa, no Prédio Epsilon, no Campus Ijuí, em horário de expediente, das 8h às 11h30min e das 13h30min às 17h10min.

É necessário fazer a entrega dos seguintes documentos: curriculum vitae resumido com cópia dos comprovantes essenciais, requerimento de inscrição (formulário disponível na secretaria do curso), cópia do diploma de graduação ou de mestrado em áreas afins do Programa, uma (01) foto 3x4, recente.

A relação de disciplinas ofertadas, datas e informações sobre o processo seletivo estão disponíveis no edital publicado na página do Programa, no Portal da Unijuí.

 


Inscrições abertas para Alunos Especiais na Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional

O Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional da Unijuí está com inscrições abertas para o ingresso de Alunos Especiais, graduados ou mestres, em disciplinas do Programa no primeiro semestre de 2019.

As inscrições poderão ser feitas em dois períodos. De 22 de fevereiro até o dia 01 de março para interessados em ingressar nas disciplinas do 1º bimestre. E de 22 de fevereiro até 29 de abril para interessados em ingressar nas disciplinas do 2º bimestre.

O local para realizar a inscrição é na Secretaria do Programa, no Prédio Epsilon, no Campus Ijuí, em horário de expediente, das 8h às 11h30min e das 13h30min às 17h10min. É necessário fazer a entrega dos seguintes documentos: curriculum vitae resumido com cópia dos comprovantes essenciais, requerimento de inscrição (formulário disponível na secretaria do curso), cópia do diploma de graduação ou de mestrado em áreas afins do Programa, uma (01) foto 3x4, recente.

A relação de disciplinas ofertadas, datas e informações sobre o processo seletivo estão disponíveis no edital publicado na página do Programa, no Portal da Unijuí.

 

 


Inscrições abertas para o Mestrado e Doutorado em Desenvolvimento Regional

Estão abertas as inscrições para a seleção complementar dos cursos de Mestrado e Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional da Unijuí. O período de inscrições segue até o dia 07 de fevereiro e 08 de fevereiro, respectivamente, na página do Programa no Portal da Unijuí.

O processo seletivo envolve quatro etapas: Prova Escrita (peso 2,5), Análise do Pré-Projeto de Pesquisa (peso 2,5), Análise do Curriculum Vitae (peso 2,5) e Entrevista (peso 2,5). Para obter aprovação a nota final do candidato deve ser igual ou superior a 6,0 (seis).

Os cursos de Mestrado e de Doutorado em Desenvolvimento Regional têm o objetivo de instrumentalizar pesquisadores e profissionais capazes de entender e interferir criticamente no processo social e nos desafios do desenvolvimento regional, tendo a interdisciplinaridade como referência metodológica e os diversos aspectos que envolvem a questão do desenvolvimento territorial socialmente construído como temática de pesquisa.