Mestrado e Doutorado

Mestranda em Educação nas Ciências participa de curso na Universidade do Texas

                    

Na foto acima, a mestranda em Educação nas Ciências Jamile (ao centro) com colegas que realizaram o curso.

A mestranda em Educação nas Ciências do PPGEC da Unijuí, Jamile Tábata Balestrin Konageski, orientanda da professora Dra. Maria Cristina Pansera de Araújo, fez parte do grupo de 17 professores de Língua Inglesa do estado do RS aprovados para participar do Programa de Desenvolvimento Profissional para Professores de Língua Inglesa (PDPI), com bolsa concedida pela Capes/ Fulbright, na Universidade do Texas em Austin, EUA.

O programa teve duração de 6 semanas e ocorreu entre os meses de janeiro e fevereiro de 2018. O programa buscou capacitar professores de língua inglesa da educação básica em efetivo exercício nas redes públicas de ensino e estreitar as relações bilaterais entre os dois países. Dentre os objetivos específicos, buscou-se fortalecer o domínio das quatro habilidades linguísticas – compreender, falar, ler e escrever em inglês; compartilhar com os professores as metodologias de ensino, aprendizagem e avaliação para ampliar a participação do aluno em sala de aula, e, estimular parcerias com universidades e professores americanos, visando futuros intercâmbios de professores e de alunos entre os dois países.

Segundo Jamile “a participação no Programa foi fundamental para qualificar a escrita dissertação. “Pude aprofundar os aspectos teóricos e práticos de minha pesquisa, relacionados às metodologias de ensino de Língua Inglesa e desenvolvimento de currículo integrado”. Jamile pertence à linha de pesquisa de Currículo e Formação de Professores, do Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências e ao GIPEC (Grupo Interdepartamental de Pesquisa sobre Educação em Ciências) da Unijuí”, observa.


Processo Seletivo para Aluno Especial na Pós-Graduação em Educação nas Ciências

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação nas Ciências, Mestrado e Doutorado, está com inscrições abertas para o processo seletivo de Aluno Especial, graduados, até o dia 28 de fevereiro.

Os candidatos devem realizar a inscrição na Secretaria do Programa com o preenchimento da ficha de inscrição, cópia do Histórico Escolar de Graduação, cópia do Diploma de Graduação e Curriculum vitae, modelo Lattes.

A divulgação da lista dos selecionados estará disponível no Portal da Unijuí, na página do Programa, no dia 02 de março. As aulas terão início no dia 12 de março. 


Egressa do Doutorado em Educação nas Ciências lança livro a partir da sua Tese

A egressa da segunda turma de 2011 do curso de Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências da UNIJUÍ, Jaqueline Ritter, lançou o livro de sua autoria ‘Recontextualização de Políticas Públicas em Práticas Educacionais: Novos sentidos para a formação de competências básicas’, no mês de novembro de 2017, na FURG.

O livro é resultado da sua tese, que teve a orientação do professor doutor Otavio Aloisio Maldaner. Jaqueline Ritter atua como docente na Universidade Federal do Rio Grande – FURG.


Estágio de Doutorado Sanduíche: o relato de estudante colombiano na Unijuí

                  

No marco do convênio acadêmico internacional da Universidad Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUI) e a Universidad Pedagógica Nacional de Colombia (UPN), o estudante de doutorado Andrés Julián Carreño Díaz, que está desenvolvendo a tese denominada “El Desarrollo Profesional del Profesor de Ciencias desde la Reflexión sobre Naturaleza de la Ciencia” e pertenece a linha de pesquisa EducaDiverso da UPN, realizou seu estágio de estudos, de 23 de outubro a 15 de dezembro de 2017, com a orientação da professora Doutora Maria Cristina Pansera de Araújo, da linha de pesquisa Curriculo e Formação Docente do PPGEC e do GIPEC (Grupo Interdepartamental de Pesquisa sobre Educação em Ciências) UNIJUI.  

O objetivo principal do estágio é contribuir com os processos acadêmicos do programa de formação em Ciências das universidades, por meio do intercâmbio de experiências e investigações desenvolvidas pelos grupos de pesquisa, que continua aperfeiçoando a tese de doutorado em desenvolvimento.

Entre as principais ações realizadas no estágio, ele destaca: participação em seminários do programa; apresentação e discussão do trabalho de tese; participação nas aulas de Epistemologia e EducaçãoII; discussão de diferentes temáticas e intercambio de metodologías de investigação e sistemas de processamento de informação como el Atlas.ti.

“Como resultados deste processo acadêmico, se realizaram em conjunto, dois artígos de investigação que serão submetidos a validação de dois eventos internacionais como o IV Congreso Latinoamericano de Investigación en Didáctica de las Ciencias Experimentales e o VI Seminario Iberoamericano CTSA, que acontecerão em 2018”, relata.


Educação nas Ciências seleciona Pós-Doutorando

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação nas Ciências – Mestrado e Doutorado – da Unijuí está com inscrições abertas para o processo seletivo de Pós-Doutorando no Programa. As inscrições seguem até o dia 26 de fevereiro de 2018.

A seleção para o estágio de Pós-Doutorado tem o objetivo de reforçar os grupos e linhas de pesquisa do Programa e promover a inserção de novos pesquisadores nos projetos desenvolvidos pelo mesmo.

As inscrições devem ser feitas pessoalmente na secretaria do Programa, por correio ou por SEDEX. O processo seletivo ocorrerá em duas etapas. A primeira consiste no parecer, emitido pelo supervisor indicado pelo candidato, sobre o projeto de pesquisa e o plano de trabalho, considerando-o apto ou não apto.

Na segunda etapa, se o projeto de pesquisa e o plano de trabalho forem considerados aptos, a comissão de avaliação fará a análise do Curriculum vitae e dos demais documentos do candidato.

O resultado da seleção acontece no dia 03 de março de 2018, no Portal da Unijuí. Outras informações podem ser obtidas no edital do processo seletivo, publicado na página do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação nas Ciências. 


Educação nas Ciências promove Seminário Temático

O Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências da Unijuí promove, nesta segunda, 20, e terça-feira, 21, o Seminário Temático Autoconhecimento e Desenvolvimento da Criatividade através de Imagens do Interior com a professora doutora Pilar Pérez Camarero, no Centro de Eventos da Unijuí.

O Seminário tem o objetivo de compreender o funcionamento do nosso mundo onírico, da psicologia cognitiva, da etnopsiquiatría e da focalização aproximando uma aplicação prática que seja útil na nossa vida diária, em processos de gerenciamento de sentido de vida, controle de emoções e relação entre nosso interior e contexto.

Pilar é docente do Departamento de Educação Artística, Plástica e Visual da UAM. Possuí Mestrado e Doutorado em Belas Artes pela Universidad Complutense de Madril, Expert em Educação Artística pela Universidad Complutense de Madrid e Pós-Graduada em Psicoanálisis Analítico pela Universidad Ramon Llul, de Barcelona.

No primeiro dia de Seminário os participantes debateram alguns conceitos chave para compreender o mecanismo do sonho, a psicologia das profundidades, o predador da psique, sonho e realidade, etnopsiquiatria e psicologia cognitiva.

O Seminário segue na terça-feira, 21, pela manhã, das 8h30min às 11h, sobre trabalho com sonho, método de Jacques Montangero. E a partir das 14h sobre amplificação de símbolos a seguir ou psicanálise analítica. Formas de criação de desenvolvimento pessoal.

 


Educação nas Ciências conquista conceito de excelência em avaliação da Capes

                  

Em 2017, o Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências, que oferta cursos de Mestrado e de Doutorado na Unijuí, alcançou, no mês de setembro, a nota 5 em avaliação da Comissão de Aperfeiçoamento de Pessoal do Nível Superior – CAPES, resultado considerado excelente. Em 2016, a nota do Programa foi 4. Os critérios de avaliação consideram cinco quesitos: proposta do programa, corpo docente, corpo discente, produção intelectual e inserção social. 

A Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências, Eva de Oliveira Boff, em entrevista, relata sobre a nova nota do Programa, conquistada na última avaliação da CAPES: 

- Qual a importância desta nota para o Programa?

A importância da nota se justifica em diversos aspectos, dentre eles: o reconhecimento externo da qualidade do trabalho desenvolvido por toda equipe; os recursos financeiros estão diretamente atrelados à nota do programa, portanto possibilita maior credibilidade dos órgãos de fomento à pesquisa para aprovação de projetos financiados; a possibilidade de ampliação do número de bolsas para os mestrandos e doutorandos; a ampliação do número de editais de fomento; possibilidade de ampliação da internacionalização/intercâmbios entre docentes e discentes; maior facilidade para estabelecer os convênios interinstitucionais em nível nacional e internacional.

Salienta-se que a manutenção de uma nota 5 exige ampliação da produção intelectual qualificada do Programa, o que permite almejar o alcance de outros patamares na formação dos sujeitos que constituem o PPGEC e no reconhecimento da seriedade das pesquisas desenvolvidas. 

- O que esta nota significa?

Em primeiro lugar, uma nota 5 significa a nota máxima de um Programa de Pós-Graduação, considerado pela CAPES um conceito de excelência. Os conceitos 6 e 7 representam qualificação dos PPG que se destacam na internacionalização e no elevado fator de impacto das pesquisas em nível internacional. Significa o reconhecimento de um trabalho de excelência que se viabiliza pelo comprometimento, competência e seriedade de toda equipe envolvida no PPGEC: professores, estudantes, coordenação, secretaria, equipe da reitoria e vice-reitoria e demais setores de apoio, além de outros envolvidos de modo menos sistemático, porém não menos importante. 

- A conquista se deve a que fatores?

A conquista da nota 5 se deve em primeiro lugar ao comprometimento e seriedade do trabalho desenvolvido por todos os envolvidos no planejamento e cumprimento de metas estabelecidas pelo Programa, no Plano de Desenvolvimento Institucional, em que o PPGEC ousou projetar e fazer o esforço para qualificar o programa levando em conta os diversos itens que são considerados em um programa de qualidade, tais como: Proposta do Programa; Corpo Docente; Corpo Discente, Teses e Dissertações; Produção Intelectual; e Inserção Social. Todos estes itens de avaliação precisam mostrar coerência e unidade em termos de apresentação, organização e exposição dos dados, para que possa denotar a fidedignidade dos dados informados. 

- Quais os diferenciais do Programa?

Entre os diferenciais que podem ser destacados no PPGEC, está em primeiro lugar a preocupação com a qualidade na formação de mestres e doutores com capacidade de exercer uma profissão docente que contribua para a constituição de sujeitos críticos, com autonomia e, acima de tudo, verdadeiramente humanos, bem como desenvolver pesquisas de qualidade. Do mesmo modo valoriza-se: o estabelecimento de convênios nacionais e internacionais que tem possibilitado a interlocução com outros pesquisadores de referência na educação; a inserção do Programa de Estágio Sanduiche no Exterior por doutorandos; a ampliação da produção bibliográfica dos docentes e discentes; a qualidade das dissertações e teses dos discentes; a inclusão do programa de pós-doutorandos no quadriênio; a existência do periódico Contexto & Educação, com a participação de autores nacionais e internacionais; a infraestrutura composta por laboratórios, bibliotecas e espaço físico adequado do PPGEC para atender estudantes e professores; o cumprimento dos prazos para o término dos cursos pelos estudantes, dentre outros. 

Saiba mais sobre o Programa

O Programa busca desenvolver pesquisas e produção de conhecimentos na área da educação que contribuam para a formação de educadores, o desenvolvimento de currículos e a gestão do sistema escolar. Além disso, o Programa busca investigar as formas de organização e os propósitos das instituições e das atividades educacionais inscritas nas sociedades contemporâneas, tais como os movimentos sociais e as organizações cooperativas. O Programa é credenciado pela CAPES/MEC, desde 1995, para oferta de Mestrado Acadêmico e, desde 2009, para oferta de Doutorado.

Linhas de pesquisa

Currículo e formação de professores

Teorias pedagógicas e dimensões éticas e políticas da educação

Educação popular em movimentos e organizações sociais


Inscrições Prorrogadas para o Mestrado e Doutorado em Educação nas Ciências da Unijuí

As inscrições para o Processo Seletivo do Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências, Mestrado e Doutorado, foram prorrogadas até segunda-feira, dia 30 de outubro.

São 30 vagas para o Curso de Mestrado e 15 para o Curso de Doutorado e, para se inscrever, os candidatos devem acessar o Portal da Unijuí, no link Processo Seletivo. O edital também está disponível no site. 

As inscrições deverão ser feitas para as seguintes Linhas de Pesquisa: 1 – Currículo e formação de professores; 2 – Teorias pedagógicas e dimensões éticas e políticas da educação; 3 – Educação popular em movimentos e organizações sociais. A taxa de inscrição é de R$ 180,00 para o mestrado e R$ 260,00 para o doutorado.

O resultado do processo seletivo será divulgado até o dia 08 de dezembro.

O Programa é credenciado pela CAPES/MEC, desde 1995, para oferta de Mestrado Acadêmico e desde 2009, para oferta de Doutorado.

 


Professora e doutoranda da Pós-Graduação em Educação nas Ciências participam de evento internacional

A professora Maria Cristina Pansera de Araújo esteve no IX Encuentro Nacional de Experiencias en Enseñanza de la Biología y la Educación Ambiental y IV Congreso Nacional de Investigación en Enseñanza de la Biología, no mês de outubro, em Bogotá na Colômbia. A Unijuí foi instituição coorganizadora do evento.

A doutoranda em Educação nas Ciências, Eliane dos Santos Gonçalves, apresentou trabalho em coautoria com a colombiana Jenny Duarte, doutoranda da Colômbia que realizou passantia no PPGEC/UNIJUÍ, no início deste ano.

Maria Cristina participou da abertura, apresentou um painel durante o evento e participou de banca de qualificação de doutorado de Andrés Julián Carreño Díaz, sob orientação da professora doutora Rosa Nidia Tuay Sigua. 

Além dessas atividades, a professora realizou uma reunião de pesquisa com o professor doutor Edgar Valbuena Ussa (Universidade Pedagógica Nacional) e com a doutoranda Jenny Duarte. E, proferiu a palestra ‘As formas de incentivo à pesquisa no Brasil’, na Universidade Manuela Beltran, que foi o primeiro passo para iniciar as tratativas com vistas a assinatura de convênio internacional entre as duas IES. 


Mestrando em Educação nas Ciências é selecionado para o 10° Prêmio Professores do Brasil do MEC

Tailur Mousquer Martins, mestrando em Educação nas Ciências da Unijuí, foi selecionado pelo MEC para participar do 10º Prêmio Professores do Brasil. O resultado da fase regional, o qual o estudante foi selecionado, será divulgado no dia 31 de outubro. O projeto de Tailur, ‘Feirão do João’, é desenvolvido na Escola estadual de Ensino Médio João Przyczynski, na cidade de Guarani das Missões, pertencente a 14ª CRE.

O projeto, desenvolvido com alunos do Ensino Médio, tem como base a disciplina de Biologia. Teve início em 2014 com o objetivo de unir escola e comunidade, na qual os alunos se tornam protagonistas do trabalho que tem como princípios a educação ambiental, social, econômica e cultural.

Segundo Tailur estar na pós-graduação o incentivou a escrever práticas de sala de aula que muitas vezes ficam "escondidas" sem serem divulgadas “com isso podemos  incentivar a formação de outros projetos similares ou ainda motivar o desenvolvimento de novos projetos que possam contribuir, e talvez inovar, a educação brasileira”.

Confira o relato de Tailur Mousquer Martins, mestrando do Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências da Unijuí:

 “Tendo como referenciais os documentários Lixo Extraordinário, de Lucy Walker, surgiu a ideia de desenvolver o projeto batizado de Feirão do João, no qual os alunos, após a teoria de sustentabilidade e conservadorismo, saíram dentro do perímetro urbano do município de Guarani das Missões, solicitando materiais que não estavam mais sendo utilizados, ou que não seriam mais utilizados, e que a, curto ou longo prazo, seriam descartados na lixeira ou, pior, seriam abandonados em terrenos.

Assim, foram coletados diferentes tipos de materiais, desde roupas e calçados, como eletrodomésticos, móveis, brinquedos, livros, bijuterias, pneus, materiais de construção civil, entre tantos outros. Então, após a coleta, foi organizado a feira na escola, e posteriormente, num sábado a venda destes materiais coletados que antes foram limpos, organizados e consertados na medida do possível.

Como todo trabalho fora realizado pelos alunos, ficando a meu cargo organizar grupos e tarefas, todo o valor obtido nas vendas foi revertido para fins dos próprios alunos, sem ficar nada para qualquer professor ou escola. Esse valor, também, não é distribuído para os alunos diretamente, mas sim, coletivamente, para usufruir em viagens ou saídas de estudo, pois era difícil organizar algo sendo que muitos vêm de famílias de baixa renda, mas, com isso, conseguiriam, então, realizar algo proveitoso.

E fizeram: já foram duas vezes ao criadouro São Brás em Santa Maria, ao Museu de Ufologia e Evolução em Itaara, a cidade de Mata, cinema, participaram de eventos científicos que requeriam valores para inscrição ou deslocamento, entre outros. Assim como promover outros eventos, como ocorreu no ano de 2016, a Mostra Fotográfica na Casa de Cultura daquele município, tendo também exposição de fotografias pelo olhar do aluno, todas impressas em tamanho A4. Os valores obtidos em cada feira, que ocorre anualmente, vão de 4.000,00 a 6.000,00 reais. No facebook, encontra-se uma página com fotos: @feiraodojoao ou 4Feirão do João.

Concluindo, o trabalho resultou, agora, nesta premiação que está sendo muito significativa para todos os envolvidos e que, certamente, dará mais frutos não apenas na escola mas em toda a comunidade”.