Mestrado e Doutorado

Inscrições abertas para Estudante Eventual no Mestrado e no Doutorado em Educação nas Ciências

            

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação nas Ciências - Mestrado e Doutorado da Unijuí informa que estão abertas, até o dia 27 de julho, as inscrições para Estudantes Eventuais, graduados, para cursar componentes curriculares do nos cursos.

Para se inscrever,  é preciso realiza o preenchimento da ficha de inscrição, que está disponível na Secretaria do Programa e no site https://www.unijui.edu.br/estude/mestrado-e-doutorado/educacao-nas-ciencias, na aba (processo seletivo e matrícula).  Esse documento deve ser entregue na Secretaria do Programa presencialmente, no Campus Ijuí.

Documentos necessários para matrícula:

Para egressos formados na Unijuí, serão utilizados os documentos já arquivados na pasta da Graduação. Documentos faltantes serão solicitados posteriormente, via cadastro de pendências no portal do estudante.

Caso o candidato tenha alterado seu nome (após o último vínculo com a Instituição) deverá entregar os seguintes documentos atualizados:

 • Cópia da Certidão de Nascimento ou Casamento;

• Cópia do Cadastro de Pessoas Físicas - CPF;

• Cópia da Carteira de Identidade.

Para candidato graduado em outra IES:

• Cópia da Carteira de Identidade;

• Cópia do Cadastro de Pessoas Físicas - CPF;

• Cópia Certidão de Nascimento, Casamento ou Divórcio;

• Cópia autenticada do Diploma de Graduação (na ausência, apresentação de cópia simples acompanhada do original).

 Para estudantes graduados no exterior é necessário:

 Cópia autenticada do Diploma de Graduação apostilado ou autenticado em representação consular brasileira no país de origem de expedição do documento;

• Original ou cópia autenticada do Histórico Escolar de Graduação. Para estudantes graduados no exterior: cópia autenticada do Histórico de Graduação apostilado ou autenticado em representação consular brasileira no país de origem de expedição do documento.

A divulgação dos resultados estará disponível no site do Programa, a partir do dia 29 de julho. A efetivação das matrículas devem ser realizadas no dia 31 de julho, nos turnos da manhã e tarde, na Secretaria Acadêmica da Unijuí. O início das aulas está previsto para o dia 10 de agosto.

Mais informações com a Secretaria do Programa, pelo telefone (55) 3332-0417 ou pelo email poseduca@unijui.edu.br.


Conversa Temática abre debate sobre "A morte de Foucault e A morte em Foucault"

O Programa de Pós Graduação Stricto Sensu em Educação nas Ciências da Unijuí e o grupo de pesquisa Paidotribas - Educação, Corpo e Cultura (PPGEC Unijuí) realizaram nesta sexta-feira, dia 13 de março de 2020, uma conversa temática intitulada “A morte de Foucault e a morte em Foucault” ministrada pelo Prof. Dr. Santiago Pich, que atua no Programa de Pós-Graduação em Educação da UFSC.

O evento contou com a presença de Mestrandos, Doutorandos, Pós-Doutorandos, egressos e professores da Unijuí e da Unibalsas (Maranhão - Minter e Dinter) tendo como tema central a vida e a obra do filósofo francês Michel Foucault (1926 - 1984), dando ênfase em especial aos últimos anos de sua trajetória.

O palestrante Prof.Dr. Santiago Pich abriu sua fala, contextualizando a morte de Foucault e sua conjuntura social traçando a partir disso um paralelo entre o filósofo Francês e Sócrates, cuja influência é perceptível em suas últimas escritas dedicadas principalmente a falar dos corpos, da vida errante, da normatividade e da concepção de morte enquanto libertação e busca pela verdade, deixando grandes reflexões acerca da existência humana. 


Doutoranda da Unijuí realiza estágio sanduíche de doutoramento na Universidade de Lisboa

Entre os dias 06 de janeiro de 2020 e 02 de fevereiro de 2020, a doutoranda Caroline Daiane Raduns, do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação nas Ciências, realizou um estágio de doutorado sanduíche na Universidade de Lisboa – Lisboa/Portugal. Caroline tem como orientadora a professora Dra. Helena Copetti Callai, da Linha de Pesquisa 3.

O grande objetivo da doutoranda foi conhecer os conceitos metodológicos e as ações do Projeto Nós Propomos!, idealizado no Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, IGOT, coordenado pelo Professor Doutor Sérgio Claudino Loureiro Nunes, da Universidade de Lisboa. Para isso, participou de ações, palestras, aulas, reuniões e eventos acadêmicos. Um exemplo foi a visita à Escola Secundária de Santo António da Charneca, na cidade de Barreira/Portugal, para o início das atividades projeto Nós Propomos! nessa escola.

Outro momento importante foi a participação na 2ª Plenária Nós Propomos Cascais, em Estoril. Um evento que reuniu mais de 800 estudantes, visando a apresentação de projetos por eles elaborados, com o objetivo de atender as demandas locais, e com isso melhorar a qualidade de vida.

 

Caroline, Prof. Sergio e Paula Policarpo (Técnica Superiora na Câmara Municipal de Loures) na 2ª Plenária Nós Propomos Cascais, em Estoril- janeiro 2020.

Caroline também realizou uma palestra com o tema: “Energia Amiga e Meninas que Engenham o Futuro: Construir a Sustentabilidade Energética através de Projetos Escolares”. Esse evento aconteceu no IGOT, e teve como principal objetivo compartilhar suas experiências na área de projetos de extensão.

O doutorado sanduíche também resultou em um artigo com o título: “A extensão universitária e a contribuição da engenharia no exercício da cidadania: uma abordagem a partir de projetos sobre energia elétrica”. Esse artigo fará parte do livro Geografia e Educação. Uma perspectiva luso-brasileira, dos autores S. Claudino, R. Coscurão e Adilson T. Silva.

Caroline traz como principal contribuição do doutorado sanduíche, o rompimento da barreira do ambiente da universidade, que se concretiza na vivência de diferentes hábitos, culturas e valores. Essa compreensão desenvolve um caráter crítico e engrandece os estudos, principalmente a tese. Também estimula um olhar respeitoso às diferentes formas de organização de sociedade.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Educação nas Ciências: aula inaugural discute a pesquisa na educação

 

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação nas Ciências da Unijuí, realizou, nesta segunda-feira, 02, a Aula Inaugural dos cursos Mestrado e Doutorado, Minter e Dinter Interinstitucional. A atividade contou com a participação da Coordenadora do Programa, professora Eva Teresinha de Oliveira Boff, e da professora Neusa Maria John Scheid, egressa do Programa.

A palestra “A pesquisa na educação: formação, interação e atuação” foi ministrada pela professora Neusa, logo após a fala inicial da coordenadora do Programa. Eva Teresinha de Oliveira Boff desejou boas-vindas aos estudantes e lembrou da data que marcou os 25 anos do curso na Universidade, 1º de março de 1995. A recepção aos estudantes contou ainda com a participação da Reitora da Unijuí, professora Cátia Maria Nehring. 

A atividade foi transmitida ao vivo para os estudantes do Programa Minter e Dinter da Unibalsas, no Maranhão. O Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências da Unijuí promove ainda o Seminário Temático com a fala do professor Cênio Back Weyh sobre “A pesquisa em educação na perspectiva da educação popular”, às 8h30 desta terça-feira, 03 de março, no Centro de Eventos da Unijuí. E, à tarde, a fala do professor Sidinei Pithan da Silva sobre “A pesquisa em educação na contemporaneidade: novas questões, velhos dilemas”.  

 

 


Seja Estudante Eventual no Programa de Mestrado e Doutorado em Educação nas Ciências

                   

Estão abertas as inscrições para quem deseja ser Estudante Eventual no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação nas Ciências – Mestrado e Doutorado da Unijuí. O período para efetivação é até 24 de fevereiro, na página do Programa (na aba processo seletivo), mediante o preenchimento de ficha de inscrição e entrega de documentos. A lista dos selecionados estará disponível a partir do dia 28 de fevereiro e poderá ser encontrada no Portal da Universidade.

As matriculas estão previstas para o dia dois de março, nos turnos da manhã e tarde, na Secretaria Acadêmica da Unijuí. Para os egressos da Unijuí serão utilizados os documentos já arquivados na pasta da Graduação. Documentos faltantes serão solicitados posteriormente, caso o (a) candidato (a) tenha alterado seu nome após o último vínculo com a instituição, deverá apresentar os seguintes documentos: Cópia da Certidão de Nascimento ou Casamento; Cópia do Cadastro de Pessoas Físicas - CPF; Cópia da Carteira de Identidade. Em casos em que o candidato tenha formação em outra Instituição de Ensino Superior, os documentos necessários para a matrícula são: Cópia da Carteira de Identidade; Cópia do Cadastro de Pessoas Físicas - CPF; Cópia Certidão de Nascimento, Casamento ou Divórcio; Cópia autenticada do Diploma de Graduação (na ausência, apresentação de cópia simples acompanhada do original).

O valor de uma disciplina é de R$ 1.500,00, podendo ser parcelado em duas vezes (com cartão ou cheque). O início das aulas ocorre a partir do dia nove de março. Demais informações podem ser obtidas na Secretaria do Programa, pelo telefone (55) 3332-0417 ou pelo e-mail: poseduca@unijui.edu.br.


Integrantes de PPGEC participam de ações de internacionalização na Europa

             

Em outubro e novembro deste ano (2019), foram desenvolvidas, pelo Grupo de pesquisa EMGCS, atividades acadêmicas na Europa, no contexto da internacionalização do PPGEC. A viagem teve a coordenação da professora Helena Copetti Callai e da pós-doutoranda Claudia Ilgenfritz Toso, que teve como tarefa de organização do plano e dos roteiros e contatos da viagem, fez as traduções do material que foi apresentado nos eventos e publicado em revista italiana, bem como realizou trabalhos de tradutora nos eventos da Itália.

Participaram alunos de doutorado, pós-doutorado e egressos do Programa que permanecem ligados ao Grupo, (inclusive da UFFS - Campus Chapecó e Cerro Largo). Foram realizadas atividades acadêmicas na Espanha e na Itália, com uma programação envolvendo participação em eventos, visitas técnicas, trabalhos de pesquisa, entrevistas e trabalhos de campo (estes em uma especificidade característica dos eventos de Geografia, sempre orientados por especialistas nos temas).

As ações, que se situam em grande parte no contexto de projeto de pesquisa apoiado pela FAPERGS, no edital de Pesquisador Gaúcho, foram realizadas na Itália, na Università di Bologna – UNIBÒ/It. e na Universidad de Santiago de Compostela, na Espanha, onde foram apresentados trabalhos que são resultados de pesquisa realizados pelo grupo nos anos de 2018 e 2019.

Na Universidad de Santiago de Compostela, no IX Congreso Ibérico de Didáctica de la Geografía - La reconfiguración del medio rural en la sociedad de la información - Nuevos desafíos en la educación geográfica www.ixcongresoibericodgeo.com, realizado nos campus de Santiago de Compostela e de Lugo, foram apresentados 6 trabalhos que estão no livro publicado pelo evento: La reconfiguración del médio rural en la sociedad de la información - nuevos desafios en la educación geográfica. Editora Andavira/Spaña.   A professora Helena, que faz parte do comitê de avaliação do evento, participou também de atividades acadêmicas com os colegas daquela universidade, com a discussão de pesquisas, organização de material de dois livros a serem publicados ainda neste ano, um deles aqui no Brasil, no qual três professores pesquisadores da USC têm artigo e outro a ser publicado na Galícia, com dois artigos do grupo de pesquisa EMGCS da Unijuí. Também foram realizadas entrevistas com docentes pesquisadores espanhóis e portugueses acerca dos temas de pesquisa singulares dos membros do grupo.

Em Bologna, Itália na UNIBÒ, o grupo participou de um conjunto de atividades programadas na XVI edição da Festa Internazionale della Storia 2019. Destaca-se o Passamano per San Luca, atividade que envolve a população local e visitantes e se caracteriza por ser um dos eventos mais significativo e esperados, que acontece há dezesseis anos e no qual as pessoas se unem para reviver a memória e representar como o Pórtico que leva à Basílica de San Luca foi construído. Em 17 de outubro de 1677 foram passados, de mão em mão, os materiais para a referida construção. https://site.unibo.it/festadellastoria/it/passamano-per-san-luca. Outro evento significativo é a premiaçãointernazionale "il portico d'oro - Jacques Le Goff", que, neste ano, foi concedido ao Diretor da National Geographic Itália, Marco Cattaneo, o qual relatou, em seu discurso, o percurso percorrido pela revista e suas contribuições com imagens e como fonte de pesquisa histórica, https://site.unibo.it/festadellastoria/it/premi/premio-le-goff1.

O evento Viva la stória VIVA. Le scuole si raccontano. Esperienze di didattica della stória, tra conoscenza, tutela e valorizzazione, teve a participação de alunos de diferentes escolas da região e etapas da educação básica italiana apresentando atividades e projetos desenvolvidos sobre a história, o patrimônio, a memória, e a sua importância no processo de construção do conhecimento e do sentimento de identidade e de pertencimento. “Este evento significou à nós a possibilidade de conhecer ações das escolas e como elas se envolvem com o fazer cotidiano considerando a história que as constitui. Havia a presença, além dos estudantes, dos professores e equipes das escolas e de familiares das crianças e jovens”, observa a professora Helena.

No Seminário: La città e sue storie: vivere la città nella sua tradizione e memoria (https://site.unibo.it/festadellastoria/it/agenda/la-citta-e-sue-storie-vivere-la-citta-nella-sua-tradizione-e-memoria-seminario), foram apresentados, pelos membros do Grupo EMGCS/UNIJÍ, oito trabalhos, resultados de pesquisas desenvolvidas no ano de 2018 e 2019, por meio de teses, de experiências de estágio sanduíche e Pós-doutorado, material que está compondo o livro do grupo de pesquisa deste ano de 2019.  

Nos dias 6 e 7 de novembro, noConvegno Internazionale Orizzonti della Didattica della Storia, a pós-doutoranda Cláudia Ilgenfritz Toso e a doutoranda Alana Rigo Deon representaram o Grupo na Tavola Rotonda: Narrare la storia com o trabalho: Didattica della Storia, costruzione della conoscenza e cittadinanza: il caso di PNLD - Piano Nazionale di Manuale Didattico in Brasile (com publicação na Rivista open access “Didattica della storia. Journal of Didactis of History”, da qual a professora Helena é membro do Conselho editorial (https://dipast.wixsite.com/orizzontididattica).

Na Espanha e na Itália também foram realizadas entrevistas com pesquisadores espanhóis, portugueses e italianos e com professores da educação básica.  E, no contexto de atividades acadêmicas, foram programadas novas ações: de intercâmbios futuros, planejamento de produção de material paradidático para alunos de graduação e para a escola básica, com a organização do material dos trabalhos de campo realizados nos dois países, além de artigos a serem encaminhados para publicação.

“As experiências de internacionalização desenvolvidas pelo Grupo EMGCS faz com que sejam abertos novos olhares para o nosso fazer cotidiano, assim como permitem contatos para continuidade dos trabalhos acadêmicos e realização de estágios, de visitas técnicas, de com pesquisas conjuntas que geram produção científica. Acreditamos que isso potencia a formação e qualificação dos profissionais envolvidos no PPGEC bem como aos egressos na continuidade do seu fazer acadêmico em suas respectivas instituições”, salienta a professora Helena Copetti Callai.


Estudantes do Paraná visitam a Unijuí e o Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências

Nos dias 30 e 31 de outubro, a Unijuí recebeu a visita de duas turmas do Curso de Licenciatura Interdisciplinar em Educação do Campo: Ciências Sociais e Humanas, da UFFS Campus Laranjeiras do Sul/PR. As turmas realizaram viagem de estudos para a região noroeste do Rio Grande do Sul. A viagem integrou temas e conteúdos dos componentes curriculares de História, Geografia e TCC I.

Durante a atividade visitaram também o Museu Municipal Dr. José Olavo Machado, a catedral Angelopolitana e o Memorial da Coluna Prestes, na cidade de Santo Ângelo, e o Sítio Arqueológico de São Miguel Arcanjo, em São Miguel das Missões.

Durante a visita na Unijuí os estudantes conversaram com o professor Walter Frantz sobre a importância do cooperativismo e a importância da economia de base primária no noroeste gaúcho. A conversa aconteceu no prédio do Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências da Unijuí.

A viagem foi organizada pelos professores Líria Andrioli, Fábio Zeneratti, Fábio Pontarolo e Roberto A. Finatto. O professor Wagner Fiuza também participou da atividade. De acordo com a egressa da Unijuí, Líria: "É uma emoção retornar à Universidade que me acolheu e foi decisiva no meu processo formativo. A Unijuí está presente em todas as minhas ações, seja pela vida acadêmica ou pessoal. Hoje, trazer os alunos aqui e poder compartilhar com eles um pouco da minha história e do conhecimento proporcionado pela instituição, só reforça o caminho da pesquisa em educação popular e com os movimentos sociais".

 


Unijuí participa da 39º Reunião Nacional da ANPED

                  

O Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências da Unijuí esteve representado pela Coordenação, Professores, Alunos, Egressos e Secretária na 39º Reunião Nacional da ANPEd, realizada na Universidade Federal Fluminense, em Niterói/RJ, no período de 18 a 24 de outubro.

A abertura contou com a palestra: Educação Pública e Pesquisa: ataques, lutas e resistências, pelo Prof. Dr. Boaventura de Sousa Santos, da Universidade de Coimbra/de Portugal.

A Coordenadora, Profª Eva Teresinha de Oliveira Boff, participou de reunião do FORPRED (Fórum de Coordenadores dos Programas de Pós-Graduação em Educação), nos dias 19 e 20/10, com intensa programação acerca das políticas da pós-graduação brasileira e avaliação quadrienal, pela CAPES. Os debates foram conduzidos pelo Coordenador da área de Educação, Prof. Dr. Robert Evan Verhine e Vice-Coordenador, Prof.  Dr. Ângelo Ricardo de Souza, sob a coordenação do Prof. Dr. João Batista Carvalho Nunes, coordenador do FORPRED. Também houve a participação da Profª. Drª. Andrea Barbosa Gouveia – Presidente da ANPED.

O professor José Pedro Boufleuer participou como coordenador do Grupo de Trabalho Filosofia da Educação, tendo a seu encargo a organização das sessões de apresentação de trabalhos e demais atividades do GT durante os dias da Reunião. O professor Boufleuer é sócio e participante da ANPEd há mais de 25 anos, tendo sido um dos propositores da criação do GT Filosofia da Educação em 1993. 

A professora Maria Simone Schwengber apresentou o trabalho intitulado: O uso de hashtags no Instagram como nova política de produção da posição de mulheres como esportistas, no Grupo de Trabalho: Gênero, Sexualidade e Educação, de sua autoria e da orientanda Caterine Brachtvogel.

O pós-doutorando e coordenador do Minter e Dinter, pela Unibalsas, Fábio Roberto Pillatt, apresentou o trabalho com o tema: Quinze Anos de SINAES: Conquistas e Expectativas, no Grupo de Trabalho de Políticas de educação superior. Ele também lançou dois livros de sua autoria durante o evento, que são eles: O Sinaes e seus caminhos de regulação e de emancipação: o impacto do Sistema Nacional de Avaliação no desenvolvimento da educação superior brasileira; A Pesquisa e a Iniciação Científica no Sul do Maranhão.

A doutoranda do PPGEC, Sirlei Rigodanzo, participou do GT16, Educação e Comunicação, o qual teve o trabalho encomendado: Em Tempos de Bolhas, Robôs, Algoritmos e Notícias Falsas: Como resistir e existir na interface Educação e Comunicação?   Segundo a doutoranda “ Foi uma semana intensa com diversos trabalhos apresentados e sistematizados no GT16 os quais perpassaram os eixos que englobam a educação e as tecnologias.

A professora Hedi Maria Luft e Profa. Inês Sostisso, egressa do mestrado em Educação nas Ciências, proferiram a palestra “Tempo é Vida”, dentro da Programação do III ENSEC (Encontro Nacional das(os) Secretárias(os) dos Programas de Pós-Graduação).

A Secretária do Programa, Carmen Antunes, participou do III Encontro Nacional das(os) Secretárias(os) dos Programas de Pós-Graduação – ENSEC, no período de 20 a 24/10. Dentre os palestrantes do III ENSEC, além das professoras Hedi e Inês, destacam-se: Profª. Drª. Andrea Barbosa Gouveia – Presidente da ANPED (UFPR); Prof. Dr. Lucidio Bianchetti  (UFSC); Prof. Dr. Ângelo Ricardo de Souza – Coordenador Adjunto da Área de Educação da CAPES (UFP); Prof. Dr. Robert Evan Verhine – Coordenador da Área de Educação da CAPES (UFBA); Prof. Dr. Marcos Marques de Oliveira – Vice-Coordenador PPG em Educação da UFF; Prof. Dr. Jefferson Mainardes (UEPG); Prof. Dr. João Batista Carvalho Nunes – Coordenador Nacional do FORPREd/ANPED (UECE); Silvia Adriana da Silva Soares – Secretária da Pós-Graduação da UNILASALLE; Daniela Leandro Eufrazio – Secretária PPGE/Unisul.  Ainda, a Profª Drª Eva Boff, Coordenadora do PPGEC, palestrou para o ENSEC, com o tema: As dificuldades dos PPG's nota 3, 4 e 5 frente as mudanças de avaliação da CAPES. Para Carmen “ o evento foi enriquecedor, pois os palestrantes contribuíram com temas relevantes para a atuação das(os) secretárias(os), como:  o processo de avaliação dos PPGEs, momento atual, desafios, perspectivas; organização dos tempos na Secretaria dos PPGEs; assinatura da minuta que oficializa a participação do ENSEC nos próximos eventos da ANPED; oficina do SUCUPIRA; socialização de dissertação que trata da atuação das(os) Secretárias(os) dos PPGEs; dentre outras reflexões e aprendizados que foi possível durante o evento, sobretudo, com a socialização das práticas de cada Programa, a partir da roda de conversas, com secretárias(os) de Programas de toda a região do Brasil. Carmen também apresentou durante o evento os dois projetos de extensão criados por ela e demais secretárias do PPGEC, com apoio da Coordenação e coordenados por bolsistas CAPEs, CNPq, FAPERGS e UNIJUÍ, que dão visibilidade às produções dos discentes e egressos do Programa. A Secretária Carmen Antunes também integra a Comissão Organizadora do III ENSEC.


Pensamento Computacional no Ensino Básico foi tema de Seminário

               

No dia 17 de outubro de 2019 aconteceu o “Seminário de Pensamento Computacional no Ensino Básico”, realizado no Centro de Eventos da Unijuí. Foi ministrado por Christian Puhlmann Brackmann, professor efetivo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha (IFFAR) na área da Computação, onde ocupa atualmente a função de Diretor de Tecnologia da Informação.

No turno da manhã o professor falou sobre o assunto principal, discorrendo inicialmente sobre seus estudos a respeito do Pensamento Computacional na Educação Básica de forma “desplugada”. Em seguida, explicou a relevância do tema e falou sobre sua pesquisa de doutorado. Também enfatizou seu trabalho e apoio às redes de ensino e escolas que considerem incluir os temas tecnologia e computação em suas propostas curriculares, visando práticas que ajudem a desenvolver nos alunos competências e habilidades relacionadas à tecnologia e à computação.

Na parte da tarde, o professor desenvolveu a oficina de “Pensamento Computacional Desplugado”, através de uma série de atividades e jogos elaborados por ele. Conduziu os participantes a compreenderem sua proposta de desenvolvimento desta “forma de pensar”, sem a utilização de computadores.

Em conjunto com a Sociedade Brasileira de Computação (SBC), o professor participou da elaboração da proposta pioneira de inclusão do Pensamento Computacional no currículo nacional junto ao Ministério da Educação (MEC), em 2015. Atualmente, é mantenedor do site www.computacional.com.br e executa projetos de pesquisa e extensão para desenvolvimento de material didático, disseminação e sensibilização do Pensamento Computacional com professores e gestores da rede de educação a nível regional, estadual, nacional e internacional no segmento público e privado. Recentemente, seu projeto foi reconhecido a nível nacional através do programa: Como Será?, da Rede Globo de Televisão (https://youtu.be/Bxg8QC93joo). Ele também é membro do CSTA (Computer Science Teacher Association).

O evento foi promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências, sendo coordenado pelo Vice-Reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão e Docente do PPGEC, Fernando Jaime González, bem como pela Coordenadora do PPGEC, Eva Teresinha Boff. Mestrandos, doutorandos, professores da UNIJUÍ e da Unibalsas (Maranhão - Minter e Dinter) participaram do seminário.


Para a formação de educadores: mestrado e doutorado em Educação nas Ciências

O Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências - Mestrado e Doutorado - tem como objetivo desenvolver pesquisas e produção de conhecimentos na área da educação, que contribuam para a formação de educadores. O Curso visa ainda o desenvolvimento de currículos e a gestão do sistema escolar, buscando investigar as formas de organização e os propósitos das instituições e das atividades educacionais inscritas nas sociedades contemporâneas, tais como os movimentos sociais e as organizações cooperativas. 

O projeto procura contemplar graduados em ensino superior, para o curso de Mestrado, e mestres, para o curso de Doutorado, todos com interesse na área de Educação. Maristela de Moraes, pós-doutoranda em Educação nas Ciências, descreve a sua experiência com o Programa: “o que mais me marcou aqui é ter a consciência de que um pesquisador precisa sim levar em consideração que a sua pesquisa tem que ter um cunho social. Nesse sentido, eu ressalto que o Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências teve uma contribuição muito grande na minha formação e me fez entender que ser pesquisador é levar em consideração o mundo da vida”.

As inscrições para o Programa vão até o dia 18 de novembro e podem ser feitas pelo Portal da Unijuí.