Mestrado e Doutorado

Estudo de egressa da Unijuí é publicado na revista Acta Paulista de Enfermagem

Foi publicado na revista Acta Paulista de Enfermagem, de autoria de Sandra Dal Pai, egressa do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado em Atenção Integral à Saúde, o estudo que objetivou analisar a confiabilidade e validade das propriedades psicométricas da versão brasileira do instrumento para Pesquisa sobre Cultura de Segurança do Paciente para Atenção Primária à Saúde. O estudo foi realizado com  profissionais da equipe multiprofissional de um município do noroeste do estado do Rio Grande do Sul/ Brasil.

A versão do questionário Pesquisa sobre Cultura de Segurança do Paciente para Atenção Primária à Saúde apresentou propriedades psicométricas válidas e confiáveis. Avaliar as propriedades psicométricas, representa avaliar se o conjunto de variáveis do instrumento de fato, mensura o que foi projetado para medir com outras populações. Ainda a cultura de segurança do paciente mensurada na APS, foi positiva na maior parte dos domínios do instrumento, excetuando-se para o domínio Pressão e ritmo de trabalho. Este estudo traz resultados referentes a cultura de segurança na APS, o que ainda é uma lacuna no Brasil.

Trata-se de um estudo de caráter inédito no Brasil, configurando-se como ponto de partida para futuras investigações que podem ser realizadas em outras regiões brasileiras. Ainda, os resultados do estudo foram apresentados e discutidos pela Mestre em Atenção Integral à Saúde Sandra Dal Pai aos participantes do estudo e gestores daquele município, com objetivo de promover a aplicação dos resultados na prática, o que pode impactar de maneira positiva nos serviços de saúde.

A continuidade desse estudo está em andamento no Grupo em Pesquisa Cuidado Gestão e Educação em Enfermagem e Saúde da Unijuí. O estudo, orientado pela professora Drª. Adriane Kolankiewicz, é parte das ações da linha de pesquisa do Mestrado em Atenção Integral à Saúde “Processos Saúde-Doença-Cuidado” e contou com o apoio do pesquisador Manuel Portela Romero do Complexo Hospitalar Universitário de Santiago da Compostela, da Espanha. O estudo está disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-21002019000600642&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

 

 


Desafios da pesquisa no Brasil é tema de Seminário na Unijuí

              

Durante a programação do Seminário Temático do Programa de Pós-Graduação em Atenção Integral à Saúde, o Centro de Eventos da Unijuí foi sede da palestra “Desafios de Ser um Pesquisador no Brasil”, com o médico coordenador do Centro de Alta Complexidade em Oncologia Clínica (CACON), do Hospital de Caridade de Ijuí, Fábio André Franke. Presidente da Aliança Pesquisa Clínica Brasil e Vice-Presidente da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica, Franke trouxe para a Universidade a importância do debate sobre os desafios da pesquisa no Brasil.

Fábio falou sobre a realidade brasileira, em que 94% dos atendimentos ocorrem por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). Além disso, destacou a relação entre a produção de medicamentos de iniciativa privada e universidades, observando que parcerias e investimentos em tecnologia são uma das pautas mais urgentes a serem estruturadas. “Capacitar indivíduos e instituições para um melhor atendimento aos pacientes, em um país importador de tecnologias, reverter o quadro de mortalidade do câncer e solução para o alto custo de medicamentos”, acrescenta.

“Divisor de Águas: frente a uma crise, o que você faz? Você se apequena, você foge, ou você enfrenta e tenta crescer?” questionou o palestrante ao comentar sobre o ensaio clínico sobre Imunoterapia associada a pós Radioterapia para Câncer de Próstata. Sobre os desafios, ele comentou a relação dos transportes, infraestrutura, qualificação de equipe, espaço físico adequado, profissionais assistenciais capacitados, apoio das instituições, entre outros fatores.

Sobre o Centro de Pesquisa Clínica, o médico contou que o número de 170 estudos de pesquisa publicados caracteriza a região de Ijuí como o centro de maior número de pesquisas no Brasil em oncologia. “Atualmente vários outros centros do país visitam o HCI para compreender o modelo de protocolo trabalhado através de Capacitação da Sociedade Brasileira de Oncologia”.

“A motivação para continuar é poder retribuir para o país tudo isso que a pesquisa trouxe de bom para mim. Que vários outros centros de pesquisa possam ser formados e possamos transformar o Brasil em um celeiro de pesquisa e descobertas de coisas novas para a potencial melhora na vida das pessoas”. Esta foi a mensagem deixada por Fábio.

Laís Dahmer, estudante de Jornalismo da Unijuí

Sobre o Mestrado

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção Integral à Saúde é um projeto interinstitucional com característica interdisciplinar, em associação ampla entre a Universidade de Cruz Alta (Unicruz) e a Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Unijuí).  O Programa dedica-se à pesquisa e à produção de conhecimento no campo da saúde, com ênfase em duas linhas: Processos saúde-doença-cuidado e Processos químicos e biológicos em saúde.

O Programa está com edital de seleção aberto para a turma 2020 do Mestrado. As inscrições podem ser feitas até 11 de novembro de 2019. Para se inscrever é necessário acessar a página do programa em ppgais@unijui.edu.br.


Programa de Pós-Graduação em Direito realiza rodas de chimarrão para dialogar e esclarecer dúvidas sobre ingresso


O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Direitos Humanos (PPGDH) da Unijuí realizou nos dias 26 de setembro e 11 de outubro rodas de chimarrão com os interessados em participar do processo seletivo para os cursos de Mestrado e Doutorado – turmas 2020. As atividades aconteceram respectivamente nos campi de Ijuí e Santa Rosa, oportunizando por meio de ambiente informal da roda de chimarrão o acolhimento propício ao esclarecimento de dúvidas quanto ao funcionamento dos Cursos e modalidades de ingresso.

As atividades, abertas a toda a comunidade, contaram com a presença de professores, mestrandos e doutorandos do Programa que foram consultados para relatar as experiências vividas durante o percurso formativo. Os editais de seleção para os cursos de Mestrado e Doutorado em Direitos Humanos já estão disponíveis no Portal Unijuí.


Trabalho do Mestrado em Atenção Integral à Saúde é premiado em evento internacional

                  

Nos dias 26 e 27 de setembro de 2019, a docente do corpo permanente do Programa de Pós-Graduação Strictu Sensu Mestrado em Atenção Integral à Saúde, Dra. Adriane Kolankiewicz, participou do Seminário Internacional de Pesquisa de Métodos Mistos, realizado na Universidade Federal de Santa Catarina, em Florianópolis. A docente apresentou um trabalho que é fruto da dissertação da mestre Daiane Fernanda Brigo e teve a co-orientação da professora Dra. Elisiane Lorenzini. Trata-se de um estudo com métodos mistos e utilizou os princípios do diálogo deliberativo como estratégia de translação do conhecimento, que, integrado nas pesquisas em saúde, pode gerar dados valiosos e aumentar a aplicabilidade das evidências científicas na prática. O trabalho foi avaliado de forma escrita, de maneira cega e no momento da apresentação oral foi avaliado por pesquisadores referências no método. O trabalho obteve o Prêmio Melhor Trabalho - 20 Lugar.

Para a professora, o evento contribuiu muito, pois oportunizou assistir e fazer debates com palestrantes internacionais e nacionais que utilizam o método, bem como fortalecer parcerias de pesquisa. Destaca que o método é pouco usado no Brasil. "A utilização de métodos mistos é uma tendência crescente na pesquisa em saúde como uma alternativa para a investigação de fenômenos complexos relacionados ao cuidado e à saúde humana. Para tanto, no Seminário foi possível aprofundar as discussões acerca da utilização do método, bem como divulgar trabalhos que estão sendo desenvolvidos utilizando os métodos mistos como abordagem metodológica", salienta.

                 

Seleção

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção Integral à Saúde, uma associação entre a Universidade de Cruz Alta – UNICRUZ e a Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ, torna público que estarão abertas as inscrições para o provimento de vagas para alunos especiais no Curso de Mestrado em Atenção Integral à Saúde, 2º semestre de 2019 (Bloco IV).

A inscrição deve ser encaminhada pelo e-mail ppgais@unijui.edu.br até o dia 09 de outubro de 2019, através de preenchimento do formulário em anexo. A matrícula deve ser feita de forma presencial na Secretária Acadêmica da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - Rua do Comércio, 3000 - Bairro Universitário - Ijuí – RS, entre os dias 07 a 09 de outubro de 2019, das 8h às 11h e das 13:30h às 17h.

Edital completo em www.unijui.edu.br/ppgais 


Mestrado em Atenção Integral à Saúde irá ofertar 22 vagas

Serão ofertadas 22 vagas. As inscrições podem ser realizadas de 02 de setembro a 11 de novembro de 2019

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção Integral à Saúde publicou edital de seleção para a turma 2020 do Mestrado. As inscrições têm início no dia 02 de setembro. Para se inscrever é necessário acessar a página do programa, preencher as informações e entregar os seguintes documentos na Secretaria do Mestrado:

a)  Requerimento de Inscrição (disponível na página do programa); b) Uma fotografia 3x4; c) Intenção de projeto de pesquisa, d) Cópia do Diploma universitário ou atestado de conclusão de curso de graduação ou de provável formando; e) Cópia do Histórico Escolar da Graduação; f) Currículo modelo Lattes/CNPq, acompanhado de documentação comprobatória; g) Recibo de pagamento da taxa de inscrição.

A prova de seleção será realizada dia 30 de novembro de 2019 e as entrevista com os candidatos nos dias 04 e 05 de dezembro de 2019.

O edital completo, juntamente com o Material de Apoio para a Prova, está disponível na página do Programa, no Portal da Unijuí.

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção Integral à Saúde é um projeto interinstitucional com característica interdisciplinar, em associação ampla entre a Universidade de Cruz Alta (Unicruz) e a Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Unijuí).  O Programa dedica-se à pesquisa e à produção de conhecimento no campo da saúde, com ênfase em duas linhas: Processos saúde-doença-cuidado e Processos químicos e biológicos em saúde.

Mais informações pelo e-mail ppgais@unijui.edu.br ou pelo telefone (55) 3332.0522.


Projeto realizado entre Unijuí e NutriMais Saúde Animal é apresentado em evento

Os principais resultados do estudo desenvolvido pela Unijuí, em parceria com a empresa NutriMais Saúde Animal, que avalia o produto + Leite, começaram a ser apresentados nesta segunda-feira, dia 18 de janeiro, para franqueados. Até esta terça-feira, 300 franqueados participarão do evento de socialização dos dados, que acontece de forma virtual.

De acordo com a professora Denize Rosa de Fraga, doutora em Bovinocultura de Leite, o estudo é desenvolvido por meio de uma pesquisa de mestrado, cuja etapa de campo já foi concluída. A execução do projeto está sob responsabilidade da educadora, que trabalha ao lado do professor Felipe Libardoni, orientador da mestranda em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade da Unijuí, Franciele Zborovski. Além disso, o projeto envolveu a participação de sete bolsistas, financiados pela empresa.

“Essa parceria foi desenvolvida por meio de um edital, aberto pelo Programa de Mestrado para o desenvolvimento de pesquisas na área de nutrição de bovinos. Essa empresa se credenciou, foi aprovada e, a partir disso, o projeto foi desenvolvido”, explicou Denize, lembrando que o trabalho em campo ocorreu no início de 2020 e perdurou por seis meses. Os resultados, que estão sendo divulgados, são apenas parte da pesquisa.

Um dos dados apresentados mostra que o produto + Leite é eficaz no controle da Contagem de Células Somáticas (CCS) das vacas, havendo significativa redução. Foi possível perceber, ainda, um aumento da produção de leite, sem que houvesse qualquer alteração na composição, ou seja, qualquer problema de acidose. Em relação ao perfil de ácidos graxos do leite, que tem relação com a saúde humana, o produto melhorou a nutrição dos animais e, consequentemente, produziu um leite com melhor qualidade para o consumidor final.

“Daqui para frente, realizaremos a sistematização dos dados para publicação dos resultados em revista científica de impacto internacional”, reforçou a professora Denize.


Inscrições abertas para o Mestrado em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade

Até o dia 12 de fevereiro, permanecem abertas as inscrições para o curso de Mestrado do Programa de Pós-graduação em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade da Unijuí. Interessados podem realizar a inscrição na página do programa, disponível no endereço www.unijui.edu.br/ppgsas.

Contando com a oferta de até oito vagas, o curso possui duas linhas de pesquisa: na primeira, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, busca-se apreender o processo de desenvolvimento a partir do espaço natural e do histórico de ocupação e uso. Nesta linha, investigam-se as ações humanas sobre os sistemas naturais e produtivos, com base no manejo, conservação, transformação e manutenção dos ecossistemas, e há a proposição de diretrizes e estratégias voltadas ao desenvolvimento sustentável.

Na segunda linha de pesquisa, Qualidade Ambiental em Sistemas Produtivos, busca-se o aprofundamento científico na construção de processos inovadores voltados à prevenção e solução de problemas socioambientais. Considera-se, ainda, a geração de conhecimento para o desenvolvimento de tecnologias que assegurem a qualidade ambiental e a promoção do desenvolvimento sustentável.

O processo seletivo envolve duas etapas: análise do curriculum vitae ou lattes (peso 5,0), entrevista e discussão da intenção de pesquisa (peso 5,0). O resultado final da seleção será publicado no dia 19 de fevereiro, na página do programa. Mais informações podem ser consultadas pelo candidato junto à Secretaria do Programa, pelo telefone 3332-0420, ou ainda pelo e-mail ppgsas@unijui.edu.br.


Programa de Pós-graduação em Sistemas Ambientais realiza primeira defesa de mestrado

Na quarta-feira, dia 23 de dezembro, o Programa de Pós-Graduação em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade (PPGSAS) da Unijuí teve sua primeira dissertação defendida. A estudante Juliana Boniatti Libardoni Buratti apresentou os resultados de sua pesquisa, intitulada “Avaliação e preservação de recursos hídricos a partir do uso de indicadores e bioindicadores de qualidade ambiental”, a qual foi orientada pelas professoras Juliana Maria Fachinetto e Sandra Beatriz Vicenci Fernandes.

Tendo como tema central a qualidade da água, a pesquisa abordou questões e problemas socioambientais do município de Condor. A autora destacou a relevância do estudo, já que foi possível avaliar aspectos locais e, ainda, trabalhar a educação ambiental. “Escolhi este tema em razão da experiência profissional que tive, durante 12 anos, em consultoria técnica em licenciamento ambiental e, ainda, como professora da rede estadual de ensino”, explicou Juliana.

A dissertação esteve organizada em três capítulos, em formato de artigos científicos: o primeiro contemplou a avaliação e monitoramento da qualidade da água com parâmetros químicos, físicos e microbiológicos durante uma década, em áreas de influência direta de Central Geradora Hidrelétrica (CGH). Observou-se baixo impacto ambiental causado pelo empreendimento, estabilidade nos parâmetros avaliados e ausência de variação entre as coletas semestrais.

Já no artigo 2, foi realizado estudo da qualidade da água do Rio Raiz, a partir de indicadores químicos, físicos e microbiológicos, bem como de genotoxicidade pelo teste Allium cepa. O estudo demonstrou boa qualidade ambiental pelos parâmetros, no entanto, o bioindicador A. cepa evidenciou variações no índice mitótico (IM) e alterações celulares. O bioindicador identificou maiores danos e pode ser justificado pela maior sensibilidade do mesmo aos contaminantes ambientais presentes.

Por fim, o artigo 3 apresenta uma reflexão sobre as atividades desenvolvidas em programa de formação continuada de professores, que oportunizou momentos de reflexão e ressignificação das atividades pedagógicas, com palestras interativas e práticas com trilha ecológica. “O Programa me deixou aberta à tomada de decisões e verificação de problemas que existiam. Também foi possível constatar possíveis soluções”, destacou Juliana, lembrando que o resultado da pesquisa foi levado para o Município de Condor.

A dissertação foi aprovada pela banca, composta por profissionais especialistas na área do estudo, professor doutor Marcos Von Sperling, da Universidade Federal de Minas Gerais (Ufmg), e Eva Terezinha de Oliveira Boff, da Unijuí.

Para o Programa de Pós-graduação, a defesa representou um importante marco, pois foi uma longa caminhada desde a concepção do programa até a sua concretização. Segundo o coordenador do PPGSAS, professor José Antonio Gonzalez da Silva, é extremamente difícil a aprovação de um programa no Brasil atendendo o rigor e critérios de qualidade exigidos pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). “Isso mostra o quanto a Universidade vem atuando na formação de recursos humanos qualificados, em ciência e inovação, e está inserida nos processos de desenvolvimento desta região. Estamos muito felizes com esta conquista, tamanha a dimensão de possibilidades que um programa desta natureza pode alavancar na geração de conhecimento e de recursos humanos altamente qualificados. Destaco que a realização da primeira defesa de mestrado retrata a consolidação de um trabalho de muitos anos e envolveu muitas pessoas para que este fato se tornasse realidade”, comenta.

O Programa de Mestrado em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade desenvolve grandes pesquisas de interesse regional e nacional e promove a formação de um pesquisador diferenciado com visão sistêmica e multidisciplinar. 

As inscrições para o curso estão abertas. Interessados têm até o dia 12 de fevereiro para realizar a inscrição na página do programa, disponível no endereço www.unijui.edu.br/ppgsas.


Aberta mais uma etapa de inscrições para o Mestrado em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade

Prazo para inscrição encerra-se no dia 12 de fevereiro

Estão abertas as inscrições para o curso de Mestrado do Programa de Pós-graduação em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade da Unijuí. Interessados têm até o dia 12 de fevereiro para realizar a inscrição na página do programa, disponível no endereço www.unijui.edu.br/ppgsas.

Contando com a oferta de até oito vagas, o curso possui duas linhas de pesquisa: na primeira, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, busca-se apreender o processo de desenvolvimento a partir do espaço natural e do histórico de ocupação e uso. Nesta linha, investigam-se as ações humanas sobre os sistemas naturais e produtivos, com base no manejo, conservação, transformação e manutenção dos ecossistemas, e há a proposição de diretrizes e estratégias voltadas ao desenvolvimento sustentável.

Na segunda linha de pesquisa, Qualidade Ambiental em Sistemas Produtivos, busca-se o aprofundamento científico na construção de processos inovadores voltados à prevenção e solução de problemas socioambientais. Considera-se, ainda, a geração de conhecimento para o desenvolvimento de tecnologias que assegurem a qualidade ambiental e a promoção do desenvolvimento sustentável.

O processo seletivo envolve duas etapas: análise do curriculum vitae ou lattes (peso 5,0), entrevista e discussão da intenção de pesquisa (peso 5,0). O resultado final da seleção será publicado no dia 12 de fevereiro, na página do programa. Mais informações podem ser consultadas pelo candidato junto à Secretaria do Programa, pelo telefone 3332-0420, ou ainda pelo e-mail ppgsas@unijui.edu.br.


Últimos dias para se inscrever no Mestrado em sistemas Ambientais e Sustentabilidade

            

Até o dia 27 de novembro a Unijuí recebe inscrições para o Mestrado em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade. Confira na página do Programa todos os detalhes do edital e se inscreva.

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade da Unijuí, que oferta o curso de Mestrado, busca analisar e compreender as relações entre sistemas naturais e produtivos, abordando as dimensões ambientais, sociais, econômicas, culturais e produtivas, visando a geração de conhecimento para solucionar ou minimizar os impactos negativos gerados pelo desenvolvimento.

A proposta foi embasada numa longa e profícua discussão interdisciplinar realizada pelos seus docentes e pesquisadores, respaldada num considerável conjunto de estudos, pesquisas, experiências e produção científica com enfoque na sustentabilidade, oportunizando uma aprendizagem construída em vários campos do conhecimento na área socioambiental. Representa a oportunidade de promover avanços científicos, fomentando pesquisas a partir de uma visão sistêmica e interdisciplinar, impulsionando a prospectar a formação de uma massa crítica para atuação convergente às necessidades dos novos cenários, com forte ênfase na proteção ambiental, garantia da segurança alimentar e qualidade de vida das comunidades.

O fazer em ciência e inovação inclui a interação de diversas áreas do conhecimento, com pesquisas e ações que envolvem: produção mais sustentável de alimentos, redução de poluição, qualidade dos produtos, segurança alimentar,  estudo e controle de zoonoses/saúde pública, saúde e bem-estar, valoração ambiental, biodiversidade/transformação/recuperação/bioindicadores, redução de agrotóxicos, legislação e adequação ambiental, lixo, saneamento rural/urbano/uso de resíduos sólidos, qualidade do ar, solo e água, planejamento/análise de praças e jardins/ambiente público/conforto ambiental, materiais sustentáveis/ergonomia/instalações, processos mais limpos e cidades sustentáveis, estudos voltados a educação ambiental, entre outras.

Permite desenvolver grandes pesquisas de interesse regional e nacional e promove a formação de um pesquisador diferenciado com visão sistêmica e multidisciplinar. No curso de mestrado o público-alvo são os profissionais graduados nas áreas de Ciências Ambientais, Agrárias, Biológicas, da Saúde, Sociais, Química, Engenharias/Tecnológicas Aplicadas e/ou áreas correlatas.

Linhas de Pesquisa

Aulas remotas

A Unijuí optou por manter em 2021 a possibilidade de realização de aulas remotas nos cursos de Mestrado e Doutorado. Assim, as atividades acadêmicas dos cursos de pós-graduação stricto sensu da Unijuí, no decorrer do ano de 2021, poderão ser realizadas de forma remota ou presencial, respeitadas as orientações dos órgãos de saúde, em virtude da situação de pandemia do coronavírus (COVID-19). Em caso de retomada das aulas presenciais, o estudante poderá optar em realizar as atividades de forma presencial ou online, utilizando tecnologias de informação e comunicação. As aulas realizadas de forma remota serão síncronas, conforme cronograma do curso. A seleção também será realizada de forma remota.